"TOMAR" NO JORNAL "O TEMPLÁRIO"

6 Julho, 2004 at 8:40 am 1 comentário

O jornal “O Templário” apresenta, na sua edição de 1 de Julho, a segunda parte do destaque sobre a “blogosfera regional de Tomar”, desta vez ocupado na íntegra com uma entrevista que muito me honra, a propósito do “Tomar“, a qual passo a transcrever na íntegra:

Quando surgiu o blogue http://tomar.blogs.sapo.pt/?

A ideia já “germinava” há algum tempo (na sequência do desenvolvimento de outro blogue que mantenho – “Memória Virtual“), mas “resolvi-me” finalmente a dar-lhe início no dia 1 de Março (de 2004), “comemorando” a data da fundação da nossa cidade.

Qual a estatística de visitantes?

Em pouco mais de 3 meses, o “Tomar” ultrapassou já as 4 000 “pageviews”, por cerca de 2 100 visitantes; oscilando entre os 20 e os 30 visitantes diários (com naturais quebras aos fim-de-semana). É uma “audiência” modesta, mas que me dá muita satisfação saber que vêm uma vez e “regressam”, traduzindo algum interesse ou curiosidade. Cada visitante traduz-se num importante incentivo.

Como define o seu blogue?

O “Tomar” é um blogue de carácter exclusivamente regional, tendo por objectivo prioritário divulgar o que de melhor existe no nosso concelho, algo da sua história, cultura, grandes figuras e riquezas arquitectónicas, a par do registo de acontecimentos relevantes para a cidade e restantes freguesias.

É dos poucos blogues assinados. Qual a sua opinião sobre os blogues anónimos?

Compreendo a existência de blogues anónimos, na medida em que são escritos, abordam temas e emitem opiniões de pessoas cuja envolvente profissional ou outra não “recomenda” a divulgação da identidade do autor. No meu caso pessoal, não senti a “necessidade” desse anonimato.

Algumas críticas que surgem nos blogues são anónimas. Não será um pouco cobarde criticar sem assumir a autoria da crítica? Este aspecto não potencia o risco da impunidade?

Esta é uma questão bastante complexa. “Eticamente”, seria tentado a apenas julgar aceitável que sejam emitidas críticas “anónimas” (num espaço aberto como é a “blogosfera”), desde que – e em particular no caso das críticas serem expressamente direccionadas a alguém em particular -, o visado pudesse ter a possibilidade de contrapor essas críticas (implicando preferencialmente que, nesse caso, soubesse a identidade de quem o critica). Mas há sempre a necessidade de considerar situações de excepção.

A internet veio criar um novo espaço de intervenção pública?

A “massa crítica” dos utilizadores da Internet em Portugal é ainda relativamente reduzida, embora se verifique um crescimento assinalável nos últimos anos. De qualquer forma, parece inegável que, em particular os blogues, vieram abrir uma nova “janela” de intervenção pública, dando espaço de intervenção a alguns (ainda poucos) milhares de portugueses. E mostrar que há muitas pessoas a escrever (muito) bem português e a ter a capacidade de argumentar e debater ideias, para além dos (relativamente fechados) circuitos tradicionais.

E, na sua opinião, qual o futuro dos jornais em suporte papel?

Na minha opinião, os jornais em papel terão ainda uma “longa vida”; pessoalmente, a palavra impressa exerce sobre mim um importante “poder de atracção”, para já insubstituível. A Internet é um veículo preferencial para “pequenos textos”, com regulares actualizações “online” (quase que substituindo o papel que coube à rádio durante décadas). Num âmbito mais vasto, não me parece que os blogues constituam qualquer tipo de ameaça aos jornais; são meios distintos que, mais do que “concorrentes”, poderão ser “complementares”.

Quais os sites ou blogs que aconselha?

Esta seria uma (muito) longa lista… Procurando seleccionar blogues de carácter mais “generalista” e abrangente, indicaria 10 blogues “nacionais” (http://abrupto.blogspot.com, http://aviz.blogspot.com, http://barnabe.weblog.com.pt, http://bde.weblog.com.pt, http://marretas.blogspot.com, http://www.bloguitica.blogspot.com, http://causa-nossa.blogspot.com, http://desblogueadordeconversa.blogspot.com, http://www.marsalgado.blogspot.com, e http://terrasdonunca.blogspot.com) e 3 blogues de cariz regional (www.thomar.blogspot.com, http://santacita.blogspot.com e http://www.tomar.blogspot.com).

Em termos mais pessoais, não poderia deixar de referir ainda alguns “amigos virtuais”, com blogues muito bons: http://adufe.weblog.com.pt, http://icosaedro.blogs.sapo.pt, http://innersmile.livejournal.com, http://100nada.weblog.com.pt e http://retorta.typepad.com/blog).

Outros comentários…

Queria aproveitar a ocasião para agradecer a atenção que “O Templário” tem dedicado aos blogues, em particular os mantidos por tomarenses. A divulgação que deles vai fazendo parece-me uma contribuição decisiva para o enriquecimento de uma perspectiva regional.

[1519]

Entry filed under: Pessoal.

EURO 2004 – A a Z (E) EURO 2004 – A a Z (F)

1 Comentário

  • 1. Nelson Santos  |  6 Julho, 2004 às 3:34 pm

    Eh pá, Leonel, andas a induzir as pessoas em erro…tá mal!

    De qualquer maneira, muito obrigado 🙂


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.


%d bloggers like this: