Archive for 17 Julho, 2004

EINSTEIN (VI)

Durante a Segunda Guerra Mundial, perante a possibilidade de que a Alemanha construísse uma bomba atómica, foi persuadido pelos seus colegas a escrever uma carta ao presidente Franklin Roosevelt recomendando ser necessário criar um programa de pesquisas para prevenir a ameaça alemã.

Seis anos depois, em Julho de 1945, era detonada a primeira bomba atómica num teste num deserto dos Estados Unidos (no Novo México); viria a ser utilizada por duas vezes, no Japão, em Horoxima e Nagasáqui (a 6 e 9 de Agosto), matando cerca de 100 000 pessoas em cada cidade e ferindo outras tantas, para além de destruir cerca de 60 % das habitações.

Não obstante, em 1944, Einstein fizera um grande esforço para evitar a guerra, manuscrevendo toda a Teoria da Relatividade, que colocou a leilão, obtendo cerca de seis milhões de dólares; esse manuscrito encontra-se na Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos.

Einstein escreveu também nova carta ao presidente Roosevelt, para que não usasse a bomba atómica; contudo, o presidente viria a morrer repentinamente em Abril de 1945; o novo presidente, Harry S. Truman não atenderia o pedido de Einstein.

[1568]

17 Julho, 2004 at 9:54 pm

…27 DIAS – CHINA – GRANDE MURALHA / EXÉRCITO TERRACOTA

Originalmente criada no século VII A.C como fronteira territorial, a Grande Muralha da China foi completada durante a unificação da China pelo primeiro Imperador Oin Shi Huangdi (conquistador de 6 reinos rivais), cerca de 220 A.C., quando as fortalezas de cada cidade foram unificadas numa barreira. Visava deter as invasões mongóis.

Contudo, seria a dinastia Ming, já no séc. XIV que a reconstruiria, dando aos muros as características de que dispõem hoje, recorrendo pela primeira vez ao uso de tijolos, rasgando a China de Leste a Oeste, na sua parte Norte, tornando-a a maior estrutura militar do mundo

Cobre uma impressionante extensão de 6 000 km (embora cerca de 2/3 se encontrem em estado de degradação), sendo visível a partir do espaço; tem uma largura que varia entre 4,5 e 9 metros, sendo a altura média dos paredões de 7,5 metros. O local mais popular situa-se a norte de Pequim.
Está classificada, desde 1987, como Património Cultural da Humanidade.

O exército de terracota de Xi’an, que acompanharia o Imperador Oin Shi Huangdi após a vida, é também uma atracção obrigatória.

Os famosos cerca de 8 000 guerreiros de terracota (comandantes, arqueiros, cocheiros e respectivos cavalos em tamanho natural, soldados de infantaria e carros de combate) encontrados no mausoléu do rei da dinastia Qing – num complexo funerário com mais de 2 hectares, que demorou 37 anos a ser construído –, resultaram de uma das mais importantes descobertas arqueológicas do século XX.

Sobreviveram ao tempo durante cerca de 2 200 anos, constituindo o maior tesouro histórico da China, também classificado como Património Cultural da Humanidade pela UNESCO.

Há 1 ano no Memória Virtual – O debate sobre a blogosfera continua

[1567]

17 Julho, 2004 at 9:04 pm


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

  • RT @ConstancaSa: E a comunicação social, Paulo, tira as devidas consequências? Ou ele são todos iguais e nós somos os arautos dos boas prát… 8 hours ago
  • RT @MundoMaldini: Justo triunfo del Valencia. Por muchas cosas. Sobre todo premio a la paciencia por aguantar a Marcelino en el momento crí… 8 hours ago
  • RT @pedro_sales: @jcaetanodias errado. dois para sporting, um para benfica e hipótese de um destes clubes vencer ainda a supertaça 2018/19. 8 hours ago

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.