Posts filed under ‘Desporto’

Liga Conferência Europa – 1ª Jornada – Resultados e Classificações

Grupo A
Maccabi Tel-Aviv – Alashkert – 4-1
HJK Helsinki – LASK Linz – 0-2

1º Maccabi Tel-Aviv e LASK Linz, 3; 3º HJK Helsinki e Alashkert, 0

Grupo B
Anorthosis – Partizan – 0-2
Flora Tallinn – Gent – 0-1

1º Partizan e Gent, 3; 3.º Flora Tallinn e Anorthosis, 0

Grupo C
Roma – CSKA-Sofia – 5-1
Bodø/Glimt – Zorya Luhansk – 3-1

1º Roma e Bodø/Glimt, 3; 3º Zorya Luhansk e CSKA-Sofia, 0

Grupo D
Jablonec – CFR Cluj – 1-0
Randers – AZ Alkmaar – 2-2

1º Jablonec, 3; 2º AZ Alkmaar e Randers, 1; 4º CFR Cluj, 0

Grupo E
Maccabi Haifa – Feyenoord – 0-0
Slavia Praha – Union Berlin – 3-1

1º Slavia Praha, 3; 2º Feyenoord e Maccabi Haifa, 1; 4º Union Berlin, 0

Grupo F
Slovan Bratislava – København – 1-3
Lincoln Red Imps – PAOK – 0-2

1º København e PAOK, 3; 3º Slovan Bratislava e Lincoln Red Imps, 0

Grupo G
Mura Murska – Vitesse – 0-2
Rennes – Tottenham – 2-2

1º Vitesse, 3; 2º Rennes e Tottenham, 1; 4º Mura Murska, 0

Grupo H
Qarabağ – Basel – 0-0
Kairat Almaty – Omonia – 0-0

1º Basel, Kairat Almaty, Omonia e Qarabağ, 1

16 Setembro, 2021 at 10:45 pm Deixe um comentário

Liga Europa – 1ª Jornada – Resultados e Classificações

Grupo A
Brøndby – Sparta Praha – 0-0
Rangers – O. Lyon – 0-2

1º O. Lyon, 3; 2º Brøndby e Sparta Praha, 1; 4º Rangers, 0

Grupo B
Monaco – Sturm Graz – 1-0
PSV – Real Sociedad – 2-2

1º Monaco, 3; 2º PSV e Real Sociedad, 1; 4º Sturm Graz, 0

Grupo C
Leicester – Napoli – 2-2
Sp. Moskva – Legia Warsaw – 0-1

1º Legia Warsaw, 3; 2º Leicester e Napoli, 1; 4º Sp. Moskva, 0

Grupo D
Olympiakos – Antwerp – 2-1
E. Frankfurt – Fenerbahçe – 1-1

1º Olympiakos, 3; 2º E. Frankfurt e Fenerbahçe, 1; 4º Antwerp, 0

Grupo E
Galatasaray – Lazio – 1-0
Lok. Moskva – O. Marseille – 1-1

1º Galatasaray, 3; Lok. Moskva e O. Marseille, 1; 4º Lazio, 0

Grupo F
Crvena zvezda – Sp. Braga – 2-1
Midtjylland – Ludogorets – 1-1

1º Crvena zvezda, 3; 2º Ludogorets e Midtjylland, 1; 4º Sp. Braga, 0

Grupo G
B. Leverkusen – Ferencváros – 2-1
Betis – Celtic – 4-3

1º Betis e B. Leverkusen, 3; 3º Celtic e Ferencváros, 0

Grupo H
D. Zagreb – West Ham – 0-2
Rapid Wien – Genk – 0-1

1º West Ham e Genk, 3; 3º Rapid Wien e D. Zagreb, 0

16 Setembro, 2021 at 10:32 pm Deixe um comentário

Liga dos Campeões – 1ª Jornada – Resultados e Classificações

Grupo A
Brugge – Paris Saint-Germain – 1-1
Manchester City – RB Leipzig – 6-3

1º Manchester City, 3; 2º Brugge e Paris Saint-Germain, 1; 4º RB Leipzig, 0

Grupo B
Atlético Madrid – FC Porto – 0-0
Liverpool – AC Milan – 3-2

1º Liverpool, 3; 2º Atlético Madrid e FC Porto, 1; 4.º AC Milan, 0

Grupo C
Sporting – Ajax – 1-5
Beşiktaş – Borussia Dortmund – 1-2

1º Ajax e Borussia Dortmund, 3; 3º Beşiktaş e Sporting, 0

Grupo D
Sheriff Tiraspol – Shakhtar Donetsk – 2-0
Inter – Real Madrid – 0-1

1º Sheriff Tiraspol e Real Madrid, 3; 3º Inter e Shakhtar Donetsk, 0

Grupo E
Dynamo Kyiv – Benfica – 0-0
Barcelona – Bayern München – 0-3

1º Bayern München, 3; 2º Benfica e Dynamo Kyiv, 1; 4º Barcelona, 0

Grupo F
Young Boys – Manchester United – 2-1
Villarreal – Atalanta – 2-2

1º Young Boys, 3; 2º Atalanta e Villarreal, 1; 4º Manchester United, 0

Grupo G
Sevilla – Salzburg – 1-1
Lille – Wolfsburg – 0-0

1º Salzburg, Sevilla, Lille e Wolfsburg, 1

Grupo H
Chelsea – Zenit – 1-0
Malmö – Juventus – 0-3

1º Juventus e Chelsea, 3; 3º Zenit e Malmö, 0

15 Setembro, 2021 at 9:59 pm Deixe um comentário

Liga dos Campeões – 1ª Jornada (D. Kyiv – Benfica)

D. Kyiv – Denys Boyko, Tomasz Kędziora, Illia Zabarnyi, Oleksandr Syrota, Vitaliy Mykolenko, Viktor Tsyhankov (76m – Oleksandr Karavaev), Serhiy Sydorchuk, Mykola Shaparenko, Carlos de Peña (76m – Benjamin Verbič), Vitaliy Buyalskiy e Ilya Shkurin (59m – Denys Harmash)

BenficaBenfica – Odysseas Vlachodimos, Nicolás Otamendi, Jan Vertonghen, Felipe Silva “Morato”, Gilberto Moraes (59m – Valentino Lazaro), João Mário (85m – Adel Taarabt), Julian Weigl, Alejandro “Álex” Grimaldo, Rafael “Rafa” Silva (90m – Luís Fernandes “Pizzi”), Everton Soares (59m – Nemanja Radonjić) e Roman Yaremchuk (59m – Darwin Núñez)

Cartões amarelos – Serhiy Sydorchuk (52m), Illia Zabarnyi (73m) e Denys Harmash (82m); Rafael “Rafa” Silva (21m), Roman Yaremchuk (44m) e Julian Weigl (71m)

Árbitro – Anthony Taylor (Inglaterra)

No regresso à Liga dos Campeões, num grupo com dois “tubarões”, o Benfica tinha em Kiev um primeiro confronto com um rival “directo”, do qual era fundamental sair com um resultado positivo.

E a verdade é que a equipa benfiquista – confirmando a sua superioridade sobre o adversário – evidenciou uma boa atitude, assumindo a iniciativa, tendo sido sempre quem mais procurou o golo… e a vitória.

Mas também é verdade que, neste caso concreto, nem sequer se poderá falar de falta de eficácia; simplesmente, a formação portuguesa – pese embora os números avassaladores em termos de posse de bola, a rondar os 70% (!) – praticamente não conseguiu criar efectivas oportunidades de golo, perante um opositor que abdicou de jogar o jogo pelo jogo, remetendo-se à sua zona defensiva, procurando apostar na possibilidade de transições rápidas.

Com liberdade de acção logo a partir da zona intermediária do meio-terreno contrário, mas falho de velocidade, o ataque benfiquista esbarrava sistematicamente no bloqueio defensivo ucraniano. Rafa ia procurando alternativas, criando alguns desequilíbrios, mas nunca encontrou a solução, voltando a pecar na definição.

No final da primeira metade um único remate à baliza a registar, por Yaremchuk, com o guardião contrário com intervenção a dois tempos. Logo na fase inicial, na sequência de um livre, o D. Kiev tivera também a sua única ocasião de perigo, para defesa atenta de Vlachodimos.

Após o reatar da partida, novo duelo entre Yaremchuk e Boyko, infrutífero para as cores benfiquistas. Decidindo mexer na equipa, relativamente cedo (ainda antes da hora de jogo), com uma tripla substituição, Jesus procurava dar maior intensidade à sua frente de ataque, mas a aposta saiu claramente falhada, perante a ausência de espaço decorrente da concentração de elementos da turma ucraniana nas imediações da linha de grande área.

Já algo conformado com o resultado, o Benfica passaria por dois grandes sustos, já em período de compensação: primeiro, com uma bola a embater na trave da baliza de Vlachodimos (e que ressaltaria ainda para o poste, pese embora na sua face externa); logo depois, Shaparenko, a conseguir isolar-se e a fazer mesmo a bola ultrapassar o risco fatal… valeu a intervenção do “VAR” a chamar a atenção para uma situação de fora-de-jogo, do homem que fez o cruzamento para tal remate.

Estes minutos derradeiros acabariam por deixar uma imagem algo errónea do que fora quase todo o resto do encontro. A exibição da equipa portuguesa foi positiva durante a maior parte do tempo; o resultado não foi o pretendido, ficando a ideia – perante a larga supremacia exercida a nível de controlo de jogo – que se desperdiçou boa oportunidade de somar uma primeira preciosa vitória, mas, do “mal o menos”…

14 Setembro, 2021 at 9:55 pm Deixe um comentário

Azerbaijão – Portugal (Mundial 2022 – Qualif.)

Estádio Olímpico de Baku

Azerbaijão Azerbaijão – Shakhrudin Magomedaliyev, Elvin Badalov, Hojjat Hahgverdi, Azer Salahlı (76m – Rahim Sadikhov), Abbas Hüseynov, Emin Makhmudov, Gara Garayev (45m – Anatolii Nuriiev), Tamkin Khalilzade (45m – Ali Ghorbani), Namik Alaskarov, Filip Ozobić (62m – Vugar Mustafayev) e Mahir Emreli (62m – Tural Bayramov)

Portugal Portugal – Rui Patrício, João Cancelo, Rúben Dias, Pepe, Raphaël Guerreiro (71m – Nuno Mendes), João Moutinho (78m – João Mário), João Palhinha (45m – Rúben Neves), Bruno Fernandes, Bernardo Silva (78m – Otávio), Diogo Jota (78m – Gonçalo Guedes) e André Silva

0-1 – Bernardo Silva – 26m
0-2 – André Silva – 31m
0-3 – Diogo Jota – 75m

Cartões amarelos – Namik Alaskarov (16m), Ali Ghorbani (61m) e Hojjat Hahgverdi (77m); João Palhinha (15m) e Nuno Mendes (90m)

Árbitro – Marco Guida (Itália)

Já muito foi debatido o impacto que Cristiano Ronaldo tem na selecção portuguesa – como, por exemplo, ficou bem patenteado há apenas seis dias, quando conseguiu, “in-extremis”, transformar uma inconcebível derrota com a Irlanda numa vitória (muito sofrida, mas vitória…). Mais do que a questão se Cristiano “deve” ou não jogar, o fulcro está no modelo de jogo idealizado pelo treinador, que se tem revelado incapaz de fazer a “quadratura do círculo”, de compatibilizar no mesmo “onze” Ronaldo, Bernardo Silva, Diogo Jota e Bruno Fernandes.

Mas não terá sido por coincidência que a forçada ausência de Cristiano (sancionado com cartão amarelo pelos festejos do segundo golo frente à Irlanda, ao retirar a camisola) acabou por proporcionar uma das melhores exibições da selecção nacional nos últimos tempos, esta noite, no Azerbaijão.

Dominando por completo de início a fim, Portugal foi excessivamente perdulário, triunfando por magros 3-0, quando poderia ter alcançado uma goleada histórica.

A equipa mostrou-se fluida, com os seus elementos mais tecnicistas a protagonizarem momentos de génio, como foi o caso do primeiro golo, com Bruno Fernandes em especial evidência e João Cancelo qual “furacão”, verdadeiramente demolidor para o sector defensivo contrário. O centro do terreno ficou bem entregue à dupla João Moutinho / João Palhinha, a permitirem libertar os criativos da frente de ataque portuguesa.

Depois de uma entrada forte, o ritmo até decaíra um pouco, quando Portugal chegou ao golo, que fez com que o Azerbaijão de alguma forma se “descompusesse” defensivamente, com a velocidade de Cancelo e a mobilidade de Diogo Jota e André Silva a suscitarem o erro do adversário, que, paradoxalmente, insistia em procurar sair a jogar… assim colocando a nu as suas insuficiências.

O segundo golo, obtido logo de seguida, pouco passava da meia-hora de jogo, foi o da tranquilidade e garantia de que os três pontos não escapariam. André Silva podia ter bisado ainda na primeira parte, mas foi sobretudo na segunda metade que se multiplicaram as ocasiões perdidas.

Digo Jota parecia em “noite não” em termos de finalização, até que conseguiria mesmo quebrar a malapata, fazendo o 3-0 já à entrada do quarto de hora final. A partir daí, com o resultado “feito”, já pouco de relevante haveria a assinalar.

Desta ronda fica também o empate da Sérvia na Irlanda (tendo deixado fugir o triunfo), o que, para já, confere à selecção portuguesa a liderança isolada do grupo de apuramento, mas com tudo ainda por decidir, possivelmente até ao derradeiro dia, do confronto luso-sérvio.

   GRUPO A     Jg   V   E   D     G    Pt
1º Portugal     5   4   1   -  11 - 4  13
2º Sérvia       5   3   2   -  12 - 7  11
3º Luxemburgo   4   2   -   2   5 - 8   6
4º Irlanda      5   -   2   3   5 - 8   2
5º Azerbaijão   5   -   1   4   3 - 9   1

6ª jornada

07.09.2021 – Azerbaijão – Portugal – 0-3
07.09.2021 – Irlanda – Sérvia – 1-1
(mais…)

7 Setembro, 2021 at 6:51 pm Deixe um comentário

Mundial 2022 – Qualificação – 5ª Jornada

   GRUPO A     Jg   V   E   D     G    Pt
1º Sérvia       4   3   1   -  11 - 6  10
2º Portugal     4   3   1   -   8 - 4  10
3º Luxemburgo   4   2   -   2   5 - 8   6
4º Irlanda      4   -   1   3   4 - 7   1
5º Azerbaijão   4   -   1   3   3 - 6   1

5ª jornada

04.09.2021 – Irlanda – Azerbaijão – 1-1
04.09.2021 – Sérvia – Luxemburgo – 4-1
(mais…)

4 Setembro, 2021 at 7:07 pm Deixe um comentário

Portugal – Irlanda (Mundial 2022 – Qualif.)

Estádio do Algarve – Faro-Loulé

Portugal Portugal – Rui Patrício, João Cancelo (82m – Gonçalo Guedes), Pepe, Rúben Dias, Raphaël Guerreiro (62m – Nuno Mendes), Bruno Fernandes (62m – João Mário), João Palhinha (73m – João Moutinho), Bernardo Silva, Diogo Jota, Rafa Silva (45m – André Silva) e Cristiano Ronaldo

Irlanda Irlanda – Gavin Bazunu, Shane Duffy, Dara O’Shea (35m – Andrew Omobamidele), John Egan, Seamus Coleman, Jeff Hendrick, Josh Cullen, Jamie McGrath (90m – Jayson Molumby), Matt Doherty, Aaron Connolly (72m – James McClean) e Adam Idah (90m – James Collins)

0-1 – John Egan – 45m
1-1 – Cristiano Ronaldo – 89m
2-1 – Cristiano Ronaldo – 90m (+7)

Cartões amarelos – Cristiano Ronaldo (90+6m); Jeff Hendrick (10m), Dara O’Shea (33m), Aaron Connolly (45m) e Matt Doherty (56m)

Árbitro – Matej Jug (Eslovénia)

Portugal e Irlanda integram, presentemente, “divisões” completamente distintas, tal o desnível competitivo entre ambas as selecções, como, aliás, ficou bem patente neste jogo. E, porém, a (enorme) surpresa esteve prestes a acontecer…

A equipa portuguesa assumiu, desde início, a iniciativa, empurrando, desde logo, o conjunto adversário para o seu meio-terreno, o que, rapidamente, se traduziria numa grande penalidade, após falha de um defesa e do guardar-redes irlandês. Mas seria o próprio guardião a rectificar, com uma notável defesa, a impedir Cristiano Ronaldo de chegar ao golo… do record.

A intensidade e ritmo de jogo decairiam, não tendo Portugal – à excepção de um remate de Diogo Jota ao poste – criado outras flagrantes situações de perigo para a baliza contrária, denotando muito pouco jogo de equipa, insistindo quase sempre em desgarrados individualismos.

Numa das raras vezes em que se libertaram da pressão lusa, os irlandeses conseguiram um canto… que resultaria em golo, abrindo o activo a seu favor!

Só a partir da entrada de João Mário em campo, já passada a hora de jogo, o colectivo português começaria a carrilar, começando então a construir sucessivas oportunidades, todavia, por uma razão ou outra, com o golo a tardar a surgir.

Importante se revelaria também a entrada – para os dez derradeiros minutos – de Gonçalo Guedes, numa fase em que a selecção nacional – então já pouco preocupada com tácticas – arriscava tudo em busca do golo, agora com André Silva e Cristiano Ronaldo como “pontas-de-lança”.

A Irlanda recuara, concentrando-se nas imediações da sua grande área, formando uma barreira que começava a parecer intransponível. Seriam precisamente João Mário e Gonçalo Guedes a desbloquear o jogo, revertendo o que parecia apontar para uma deveras comprometedora derrota: foi dos seus pés que sairiam os cruzamentos que iriam encontrar a cabeça de Cristiano Ronaldo – com um poder de impulsão extraordinário e uma fantástica intuição / sentido posicional, a “adivinhar” onde a bola iria “cair”.

Ao minuto 89, Cristiano empatava o jogo, batendo finalmente o record de maior goleador de selecções a nível mundial, apontando o seu 110.º golo por Portugal. Mas não se ficaria por aí: já para além dos cinco minutos de tempo de compensação que o árbitro concedera, ampliava a contagem pessoal para 111, culminando a reviravolta no marcador, num golo libertador de mais de 90 minutos de tensão.

Revelando falta de consistência, não tendo sido capaz de manter o nível exibicional ao longo do tempo de jogo, e denotando ter sido muito pouco equipa neste encontro, a selecção portuguesa conseguia, graças a excelentes acções individuais, chegar ao tão necessário triunfo.

   GRUPO A     Jg   V   E   D     G    Pt
1º Portugal     4   3   1   -   8 - 4  10
2º Sérvia       3   2   1   -   7 - 5   7
3º Luxemburgo   3   2   -   1   4 - 4   6
4º Irlanda      3   -   -   3   3 - 6   -
5º Azerbaijão   3   -   -   3   2 - 5   -

4ª jornada

01.09.2021 – Luxemburgo – Azerbaijão – 2-1
01.09.2021 – Portugal – Irlanda – 2-1
(mais…)

1 Setembro, 2021 at 10:00 pm Deixe um comentário

Liga Conferência Europa – 2021-22 – Sorteio da Fase de Grupos

Grupo A         Grupo B         Grupo C         Grupo D
LASK            Gent            Roma            AZ Alkmaar
M. Tel-Aviv     Partizan        Zorya Luhansk   CFR Cluj
Alashkert       Flora Tallinn   CSKA-Sofia      Jablonec
HJK             Anorthosis      Bodø/Glimt      Randers

Grupo E         Grupo F         Grupo G         Grupo H
Slavia Praha    København       Tottenham       Basel
Feyenoord       PAOK            Rennes          Qarabağ
Union Berlin    Slovan Bratisl. Vitesse         Kairat Almaty
M. Haifa        Lincoln Red I.  Mura            Omonia

A primeira jornada disputa-se no próximo dia 16 de Setembro, estando agendado para 9 de Dezembro o termo desta fase de Grupos.

A Final da Liga Conferência Europa desta temporada de estreia disputa-se no Estádio “Arena Kombëtare”, em Tirana, Albânia, prevista para 25 de Maio de 2022.

27 Agosto, 2021 at 1:00 pm Deixe um comentário

Liga Europa – 2021-22 – Sorteio da Fase de Grupos

Grupo A         Grupo B         Grupo C         Grupo D
Lyon            Monaco          Napoli          Olympiakos
Rangers         PSV             Leicester       E. Frankfurt
Sparta Praha    Real Sociedad   Sp. Moskva      Fenerbahçe
Brøndby         Sturm Graz      Legia Warsaw    Antwerp

Grupo E         Grupo F         Grupo G         Grupo H
Lazio           Sp. Braga       B. Leverkusen   D. Zagreb
Lok. Moskva     Crvena zvezda   Celtic          Genk
Marseille       Ludogorets      Betis           West Ham
Galatasaray     Midtjylland     Ferencváros     Rapid Wien

A primeira jornada disputa-se já no próximo dia 16 de Setembro, estando agendado para 9 de Dezembro o termo desta fase de Grupos.

A Final da Liga Europa desta temporada disputa-se no Estádio “Ramón Sánchez Pizjuán”, em Sevilha, prevista para 18 de Maio de 2022.

27 Agosto, 2021 at 11:39 am Deixe um comentário

Liga dos Campeões – 2021-22 – Sorteio da Fase de Grupos

Grupo A         Grupo B         Grupo C         Grupo D
Man. City       At. Madrid      Sporting        Inter
P. St.-Germain  Liverpool       B. Dortmund     Real Madrid
RB Leipzig      FC Porto        Ajax            Sh. Donetsk
Brugge          AC Milan        Beşiktaş        Sheriff Tir.

Grupo E         Grupo F         Grupo G         Grupo H
Bayern München  Villarreal      Lille           Chelsea
Barcelona       Man. United     Sevilla         Juventus
Benfica         Atalanta        Salzburg        Zenit
D. Kyiv         Young Boys      Wolfsburg       Malmö

A primeira jornada está agendada para os próximos dias 14 e 15 de Setembro, estando agendado para 7 e 8 de Dezembro o termo desta fase de Grupos.

A Final da Liga dos Campeões desta temporada deverá disputar-se no “Krestovsky Stadium”, em S. Peterburgo, na Rússia, prevista para 28 de Maio de 2022.

26 Agosto, 2021 at 6:15 pm Deixe um comentário

Artigos Mais Antigos


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Setembro 2021
S T Q Q S S D
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Twitter

  • RT @manjos: As notícias do fim da pandemia são manifestamente exageradas. Não sabemos os efeitos de eventuais novas variantes, a durabilida… 19 minutes ago
  • Prossegue a senda dos empates na I Liga: depois de 7 na jornada anterior, nesta vamos já com 3 (em 4 jogos) 53 minutes ago
  • @dnrsd It's possible... 1 hour ago

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.