Posts tagged ‘Hóquei Patins’

Campeonato do Mundo de Hóquei em Patins – Final

Final – Argentina – Portugal – 4-2

3.º / 4.º lugar – França – Itália – 5-5 (5-5 a.p.) (3-2 g.p.)

5.º / 6.º lugar – Espanha – Angola – 8-0

7.º / 8.º lugar – Chile – Alemanha – 4-2

“INTERCONTINENTAL CHAMPIONSHIP”

9.º / 10.º lugar – Colômbia – Moçambique – 7-4

11.º / 12.º lugar – Andorra – Suíça – 3-2

13.º / 14.º lugar – Brasil – Áustria – 5-2

15.º / 16.º lugar – Israel – Austrália – 1-0

“CHALLENGER’s CHAMPIONSHIP”

17.º / 18.º lugar – EUA – Uruguai – 4-2 (12.11.2022)

19.º / 20.º lugar – Egipto – África Sul – 2-0 (12.11.2022)

21.º / 22.º lugar – Nova Zelândia – México – 10-4 (12.11.2022)

A equipa de Portugal entrou muito bem no jogo, marcando logo no segundo minuto, vindo a ampliar a vantagem, para 2-0, a cerca de dez minutos do final da primeira parte. Porém, a Argentina reduziria para 1-2 a menos de minuto e meio do intervalo, reentrando na disputa da final.

Na segunda metade, impulsionada por um ambiente fervoroso do “Estadio Aldo Cantoni”, restabeleceria a igualdade, apenas com seis minutos decorridos, completando a reviravolta no “placard” com onze minutos para jogar. Daí até final, a selecção portuguesa porfiou, mas não conseguiu encontrar soluções para voltar a bater o guardião contrário.

Nos derradeiros dois minutos, arriscando tudo, o seleccionador, Renato Garrido, fez sair o guarda-redes, Ângelo Girão, substituindo-o por mais um “jogador de rinque”, num 5×4 de último recurso, que não só não foi bem sucedido, como, numa inevitável perda de bola, proporcionou o quarto tento da Argentina, a doze segundos do final, confirmando a conquista do título.

Foi um jogo bem disputado, muito equilibrado, decidido nos detalhes, com a selecção alvi-celeste a aproveitar da melhor forma o factor casa.

De assinalar que, dos novos Campeões do Mundo, nada menos de nove (!) militam presentemente em clubes portugueses: Constantino “Conti” Acevedo (guarda-redes, do Óquei de Barcelos); Carlos Nicolía (este, com dupla nacionalidade, argentina e portuguesa), Lucas Ordóñez e Pablo Álvarez (os três no Benfica); Gonzalo Romero e Matías Platero (ambos no Sporting); Tomás Mena (FC Porto); Lucas Martinez (Oliveirense); e Facundo Bridge (Valongo). A  única excepção é a do guarda-redes, Valentín Grimalt (que representa o Amatori Lodi, de Itália). O seleccionador é o histórico José Luis Páez.

Destaque ainda, nesta 45.ª edição do Campeonato do Mundo, para o excelente 3.º lugar da França, a sua melhor classificação de sempre dos actuais vice-campeões europeus. Ao invés, a Espanha ficou fora dos quatro primeiros, o que não sucedia desde o 30.º campeonato, em 1991.

No palmarés da prova, a Espanha mantém a liderança, com 17 títulos (1951, 1954, 1955, 1964, 1966, 1970, 1972, 1976, 1980, 1990, 2001, 2005, 2007, 2009, 2011, 2013 e 2017), seguida de muito perto por Portugal,  com 16 campeonatos ganhos (1947, 1948, 1949, 1950, 1952, 1956, 1958, 1960, 1962, 1968, 1974, 1982, 1991, 1993, 2003 e 2019); a Argentina conquistou a prova por 6 vezes (1978, 1984, 1995, 1999, 2015 e 2022); a Itália obteve 4 títulos (1953, 1986, 1988 e 1997); e, por fim, a Inglaterra foi 2 vezes Campeã Mundial, nas duas edições inaugurais da competição (1936 e 1939).

A selecção de Portugal soma agora 44 lugares de honra (em todas as edições da competição, à excepção da do ano de 2007, em que se quedou na 6.ª posição):

               Campeão      2.º      3.º      4.º      Total
Espanha           17         12        8        4        41
Portugal          16         11       15        2        44
Argentina          6          9       10        4        29
Itália             4          9       10        9        32
Inglaterra         2          1        -        -         3
Suíça              -          1        1        4         6
Bélgica            -          1        -        5         6
Holanda            -          1        -        2         3
França             -          -        1        1         2 
Alemanha           -          -        -        6         6
Chile              -          -        -        4         4
Brasil             -          -        -        3         3
Moçambique         -          -        -        1         1

14 Novembro, 2022 at 2:21 am Deixe um comentário

Campeonato do Mundo de Hóquei em Patins – 1/2 finais

CAMPEONATO DO MUNDO

11.11.22 – Portugal – França – 4-0
11.11.22 – Argentina – Itália – 4-1

A Final do Campeonato do Mundo, entre Portugal e Argentina (reeditando o jogo decisivo do campeonato precedente, em 2019), disputa-se no domingo, dia 13, pelas 23h30.

Apuramento do 5.º ao 8.º lugar:

11.11.22 – Espanha – Alemanha – 9-0
11.11.22 – Angola – Chile – 8-4

“INTERCONTINENTAL CHAMPIONSHIP”

Apuramento do 9.º ao 12.º lugar:

12.11.22 – Colômbia – Andorra – 1-0
12.11.22 – Moçambique – Suíça – 6-6 (6-6 a.p) (2-1 g.p.)

Apuramento do 13.º ao 16.º lugar:

12.11.22 – Austrália – Brasil – 2-5
12.11.22 – Israel – Áustria – 2-8
(mais…)

12 Novembro, 2022 at 9:20 am Deixe um comentário

Campeonato do Mundo de Hóquei em Patins – 1/4 de final

CAMPEONATO DO MUNDO

10.11.22 – Portugal – Alemanha – 10-1
10.11.22 – Argentina – Chile – 6-2
10.11.22 – Itália – Angola – 5-4
10.11.22 – Espanha – França – 3-3 (4-4 a.p.) (0-1 g.p.)

Nas meias-finais, a disputar esta sexta-feira, Portugal defrontará a França, que surpreendeu, ao eliminar a Espanha. Por seu lado, a Argentina joga com a selecção de Itália.

“INTERCONTINENTAL CHAMPIONSHIP”

11.11.22 – Colômbia – Austrália – 7-2
11.11.22 – Moçambique – Israel – 12-5
11.11.22 – Suíça – Áustria – 3-1
11.11.22 – Andorra – Brasil – 4-0
(mais…)

11 Novembro, 2022 at 9:20 am Deixe um comentário

Campeonato do Mundo de Hóquei em Patins – 1.ª Fase – 3.ª jornada

CAMPEONATO DO MUNDO

Grupo A
07.11.22 – Chile – Itália – 3-8
07.11.22 – Portugal – França – 5-1
08.11.22 – França – Chile – 7-5
08.11.22 – Itália – Portugal – 2-2
09.11.22 – Itália – França – 4-4
09.11.22 – Chile – Portugal – 1-7

1.º Portugal, 7; 2º Itália, 5; 3º França, 4; 4º Chile, 0

Grupo B
07.11.22 – Moçambique – Angola – 2-5
07.11.22 – Argentina – Espanha – 4-2
08.11.22 – Espanha – Moçambique – 13-2
08.11.22 – Angola – Argentina – 0-4
09.11.22 – Angola – Espanha – 1-5
09.11.22 – Moçambique – Argentina – 0-13

1.º Argentina, 9; 2º Espanha, 6; 3º Angola, 3; 4º Moçambique, 0

Esta quinta-feira, dia 10, são disputados os jogos de continuidade / “promoção” à fase seguinte do Mundial:

Chile – Colômbia – 5-1
Moçambique – Alemanha – 2-3

Seguindo-se, no mesmo dia, com a disputa dos 1/4 de final, os quais terão o seguinte alinhamento:

Portugal – Moçambique/Alemanha
Argentina – Chile/Colômbia
Itália – Angola
Espanha – França

“INTERCONTINENTAL CHAMPIONSHIP”

Grupo A
07.11.22 – Colômbia – Israel – 9-2
07.11.22 – Brasil – Suíça – 3-6
08.11.22 – Israel – Brasil – 3-6
08.11.22 – Suíça – Colômbia – 4-5
09.11.22 – Suíça – Israel – 8-1
09.11.22 – Brasil – Colômbia – 4-7

1.º Colômbia, 9; 2º Suíça, 6; 3º Brasil, 3; 4º Israel, 0

Grupo B
07.11.22 – Andorra – Austrália – 4-4
07.11.22 – Áustria – Alemanha – 1-4
08.11.22 – Austrália – Áustria – 2-11
08.11.22 – Alemanha – Andorra – 4-2
09.11.22 – Áustria – Andorra – 3-5
09.11.22 – Alemanha – Austrália – 11-0

1.º Alemanha, 9; 2º Andorra, 4; 3º Áustria, 3; 4º Austrália, 1
(mais…)

10 Novembro, 2022 at 9:30 am Deixe um comentário

Campeonato do Mundo de Hóquei em Patins – 1.ª Fase – 2.ª jornada

CAMPEONATO DO MUNDO

Grupo A
07.11.22 – Chile – Itália – 3-8
07.11.22 – Portugal – França – 5-1
08.11.22 – França – Chile – 7-5
08.11.22 – Itália – Portugal – 2-2
09.11.22 – Itália – França –
09.11.22 – Chile – Portugal –

1.º Itália e Portugal, 4; 3º França, 3; 4º Chile, 0

Grupo B
07.11.22 – Moçambique – Angola – 2-5
07.11.22 – Argentina – Espanha – 4-2
08.11.22 – Espanha – Moçambique – 13-2
08.11.22 – Angola – Argentina – 0-4
09.11.22 – Angola – Espanha –
09.11.22 – Moçambique – Argentina –

1.º Argentina, 6; 2º Espanha e Angola, 3; 4º Moçambique, 0

“INTERCONTINENTAL CHAMPIONSHIP”

Grupo A
07.11.22 – Colômbia – Israel – 9-2
07.11.22 – Brasil – Suíça – 3-6
08.11.22 – Israel – Brasil – 3-6
08.11.22 – Suíça – Colômbia – 4-5
09.11.22 – Suíça – Israel –
09.11.22 – Brasil – Colômbia –

1.º Colômbia, 6; 2º Suíça e Brasil, 3; 4º Israel, 0

Grupo B
07.11.22 – Andorra – Austrália – 4-4
07.11.22 – Áustria – Alemanha – 1-4
08.11.22 – Austrália – Áustria – 2-11
08.11.22 – Alemanha – Andorra – 4-2
09.11.22 – Áustria – Andorra –
09.11.22 – Alemanha – Austrália –

1.º Alemanha, 6; 2º Áustria, 3; 3º Andorra e Austrália, 1
(mais…)

9 Novembro, 2022 at 9:29 am Deixe um comentário

Campeonato do Mundo de Hóquei em Patins – 1.ª Fase – 1.ª jornada

CAMPEONATO DO MUNDO

Grupo A
07.11.22 – Chile – Itália – 3-8
07.11.22 – Portugal – França – 5-1
08.11.22 – França – Chile –
08.11.22 – Itália – Portugal –
09.11.22 – Itália – França –
09.11.22 – Chile – Portugal –

1.º Itália e Portugal, 3; 3º França e Chile, 0

Grupo B
07.11.22 – Moçambique – Angola – 2-5
07.11.22 – Argentina – Espanha – 4-2
08.11.22 – Espanha – Moçambique –
08.11.22 – Angola – Argentina –
09.11.22 – Angola – Espanha –
09.11.22 – Moçambique – Argentina –

1.º Angola e Argentina, 3; 3º Espanha e Moçambique, 0

“INTERCONTINENTAL CHAMPIONSHIP”

Grupo A
07.11.22 – Colômbia – Israel – 9-2
07.11.22 – Brasil – Suíça – 3-6
08.11.22 – Israel – Brasil –
08.11.22 – Suíça – Colômbia –
09.11.22 – Suíça – Israel –
09.11.22 – Brasil – Colômbia –

1.º Colômbia e Suíça, 3; 3º Brasil e Israel, 0

Grupo B
07.11.22 – Andorra – Austrália – 4-4
07.11.22 – Áustria – Alemanha – 1-4
08.11.22 – Austrália – Áustria –
08.11.22 – Alemanha – Andorra –
09.11.22 – Áustria – Andorra –
09.11.22 – Alemanha – Austrália –

1.º Alemanha, 3; 2º Andorra e Austrália, 1; 4º Áustria, 0
(mais…)

8 Novembro, 2022 at 10:15 am Deixe um comentário

Campeonato do Mundo de Hóquei em Patins – 2022

Tem hoje início, em San Juan (Argentina), a 45.ª edição do Campeonato do Mundo de Hóquei em Patins, o qual passou, deste há duas edições, a ser disputado em novos moldes, integrado nos “Jogos Mundiais de Patinagem” da Federação Internacional de “Roller Sports” (FIRS), os quais englobam ainda provas de patinagem artística, “freestyle”, patins em linha, velocidade e “skateboarding”, entre outras.

Neste novo modelo competitivo, vigente desde 2017, o Campeonato Mundial é disputado, numa primeira fase, por oito selecções, repartidas em dois grupos de quatro equipas.

As seguintes oito equipas disputam o agora designado “Intercontinental Championship”, enquanto as restantes selecções participantes disputam o denominado “Challenger’s Championship”.

Assim, na primeira fase do Mundial de Hóquei em Patins, com jogos disputados no Pavilhão “Aldo Cantoni”, os 8 países participantes foram repartidos nos seguintes grupos:

  • Grupo A – Portugal, França, Itália e Chile (respectivamente 1.º, 4.º, 5.º e 7.º classificados na edição anterior)
  • Grupo B – Argentina, Espanha, Angola e Moçambique (respectivamente 2.º, 3.º, 6.º e 9.º classificados na edição anterior)

Por seu lado, é o seguinte o ordenamento dos grupos do “Intercontinental Championship”:

  • Grupo A – Colômbia (8.º), Suíça (11.º), Brasil (14.º) e Israel
  • Grupo B – Andorra (10.º), Alemanha (12.º), Austrália (15.º) e Áustria (21.º)

Por fim, participam no “Challenger’s Championship” as seguintes selecções: Egipto (16.º), Uruguai (19.º), EUA (22.º), N. Zelândia (25.º), África Sul e México.

Assinala-se a ausência de países históricos da modalidade, como Inglaterra, Holanda, Bélgica, assim como, por outro lado, do Japão.

Na 1.ª fase da prova, Portugal, que defende o título conquistado em Barcelona, há três anos, defrontará sucessivamente: a França, a Itália e o Chile.

Num peculiar sistema de apuramento, qualificam-se para os 1/4 de final os três primeiros classificados de cada grupo, sendo que os dois quartos classificados disputarão com os vencedores dos dois grupos do “Intercontinental Championship” a continuidade / “promoção” à fase do “Mundial”.

Nas 44 edições anteriores, Portugal sagrou-se Campeão do Mundo por 16 vezes (1947, 1948, 1949, 1950, 1952, 1956, 1958, 1960, 1962, 1968, 1974, 1982, 1991, 1993, 2003 e 2019); tendo sido entretanto superado pela Espanha, que soma 17 títulos (1951, 1954, 1955, 1964, 1966, 1970, 1972, 1976, 1980, 1990, 2001, 2005, 2007, 2009, 2011, 2013 e 2017); a Argentina foi Campeã por 5 vezes (1978, 1984, 1995, 1999 e 2015); a Itália conquistou 4 títulos (1953, 1986, 1988 e 1997); e, por fim, a Inglaterra foi 2 vezes Campeã Mundial, nas duas edições inaugurais da competição (1936 e 1939).

À excepção da edição disputada em 2007 na Suíça, a selecção de Portugal conseguiu alcançar um lugar de honra em todas as edições da prova; para além dos 16 títulos de Campeã do Mundo, foi vice-campeã mundial por 10 vezes (1951, 1953, 1954, 1964, 1966, 1970, 1972, 1990, 1995 e 2017); classificou-se em 3.º lugar em 15 ocasiões (1936, 1939, 1955, 1976, 1978, 1980, 1984, 1986, 1988, 1999, 2005, 2009, 2011, 2013 e 2015); apenas por 3 vezes não atingiu o pódio, quedando-se na 4.ª posição (1997 e 2001), e em 6.º lugar (em 2007).

7 Novembro, 2022 at 6:39 pm Deixe um comentário

Hóquei em Patins – Liga Europeia – 2021-22 – “Final Four” – Final – Trissino – Valongo

Trissino Valongo

Palácio dos Desportos Helena Sentieiro – Torres Novas (Portugal)

Trissino – Stefano Zampoli, Andrea Malagoli, Giulio Cocco,  Davide Gavioli e Francisco Ipiñazar; Elia Zen, Alessandro Faccin, João Pinto, Roger Bars e Emanuel “Manu” García

Valongo – Bernardo Mendes, Rafael Bessa, Nuno Santos, Facundo Navarro e Facundo Bridge; Gonçalo Bento, Rúben Pereira, Miguel Vieira “Vieirinha”, Diogo Barata e Diogo Abreu

0-1 – Facundo Bridge – 1m
1-1 – Davide Gavioli – 11m
2-1 – Andrea Malagoli – 14m
2-2 – Diogo Barata – 21m
2-3 – Facundo Navarro – 24m
3-3 – Andrea Malagoli – 29m
3-4 – Rafael Bessa – 32m
4-4 – Giulio Cocco – 45m

Desempate da marca de grande penalidade:

Giulio Cocco, Emanuel “Manu” García e Andrea Malagoli marcaram pelo Trissino; Facundo Navarro marcou pelo Valongo.

Resultado final: Trissino – Valongo – 4-4 (4-4 a.p.) (3-1 g.p.)

Árbitros – Sergi Mayor e Jonathan Sánchez (Espanha)

O Trissino, de Itália, sagrou-se hoje Campeão Europeu de Hóquei em Patins, ao ganhar, na Final, disputada no Palácio dos Desportos, em Torres Novas, frente ao Valongo, no desempate da marca de grande penalidade.

É o seguinte o palmarés da prova, nas 56 edições já disputadas (sob as designações de Taça dos Campeões Europeus, de 1965-66 a 1995-96; Liga dos Campeões, de 1996-97 a 2006-07; e Liga Europeia, desde 2007-08):

    • Barcelona – 22 (1973, 1974, 1978, 1979, 1980, 1981, 1982, 1983, 1984, 1985, 1997, 2000, 2001, 2002, 2004, 2005, 2007, 2008, 2010, 2014, 2015 e 2018)
    • Reus – 8 (1967, 1968, 1969, 1970, 1971, 1972, 2009 e 2017)
    • Liceo da Coruña – 6 (1987, 1988, 1992, 2003, 2011 e 2012)
    • Igualada – 6 (1993, 1994, 1995, 1996, 1998 e 1999)
    • Voltregà – 3 (1966, 1975 e 1976)
    • Sporting – 3 (1977, 2019 e 2021)
    • FC Porto – 2 (1986 e 1990)
    • Benfica – 2 (2013 e 2016)
    • Noia – 1 (1989)
    • Barcelos – 1 (1991)
    • Follonica – 1 (2006)
    • Trissino – 1 (2022)

Por países, a Espanha soma 46 títulos; Portugal, 8; e a Itália, 2.

15 Maio, 2022 at 11:07 pm Deixe um comentário

Hóquei em Patins – Liga Europeia – 2021-22 – “Final Four” – 1/2 finais – Valongo – Sp. Tomar

Valongo SCT-Emblema

Palácio dos Desportos Helena Sentieiro – Torres Novas (Portugal)

Valongo – Bernardo Mendes, Rafael Bessa, Nuno Santos, Facundo Navarro e Facundo Bridge; Gonçalo Bento, Rúben Pereira, Miguel Vieira “Vieirinha”, Diogo Barata e Diogo Abreu

Sp. Tomar – Francisco “Xico” Veludo, Tomás Moreira, Ivo Silva, Filipe Almeida e Pedro Martins; António Marante, Rúben Sousa “Rubinho”, Ricardo Oliveira “Caio”, Lucas Honório e Guilherme Silva

1-0 – Rafael Bessa – 2m
1-1 – Lucas Honório – 19m
1-2 – Guilherme Silva – 22m
1-3 – Lucas Honório – 24m
1-4 – Tomás Moreira – 38m
2-4 – Facundo Bridge – 38m
3-4 – Diogo Barata – 41m
4-4 – Facundo Navarro – 47m

Desempate da marca de grande penalidade:

Rafael Bessa, Diogo Abreu e Facundo Navarro marcaram pelo Valongo; Filipe Almeida marcou pelo Sporting de Tomar.

Resultado final: Valongo – Sporting de Tomar – 4-4 (4-4 a.p.) (3-1 g.p.)

Árbitros – Iván González e Sergi Mayor (Espanha)

Custou muito ver o sonho esfumar-se desta maneira, mas o Sporting de Tomar, seus dirigentes, técnicos e jogadores, têm que ficar orgulhosos de uma caminhada que ficará na história do clube  como momento mais alto.

O Sporting de Tomar teve a “Final” na mão, quando, a pouco mais de doze minutos do final, chegou a alcançar uma vantagem de três golos. Porém, no lance imediato o Valongo reduziu para 4-2, o que constituiu factor galvanizador, ao mesmo tempo que os tomarenses registaram natural oscilação, perante alguma inexperiência a este nível.

A equipa de Valongo colocou então grande intensidade no jogo, com os nabantinos a denotar dificuldades em (re)encontrar-se e ter bola, o que resultaria no 4-3. Até final, o Sporting de Tomar, bastante perdulário na marcação de lances de bola parada, não conseguiria o 5.º golo que poderia ter selado a sua vitória (desperdiçara já, ainda antes do 4-1, uma grande penalidade e um livre directo, vindo a falhar outro livre directo a cinco minutos do termo da partida).

A pressão do Valongo daria frutos, restabelecendo a igualdade a quatro golos, faltavam escassos três minutos para acabar o jogo. No prolongamento ninguém pareceu disposto a correr grandes riscos e o tempo foi-se escoando, até se chegar à inevitabilidade do desempate da marca de grande penalidade, onde os tomarenses voltaram a estar infelizes.

O Sporting de Tomar despedia-se da Liga Europeia, na sua época de estreia na competição, com um balanço amplamente positivo, superando as expectativas, tendo ficado “às portas” da final, terminando a prova invicto: registou três vitórias e quatro empates (incluindo dois com a equipa que acabaria por vir a sagrar-se Campeão Europeu, o Trissino, em Tomar e em Itália!).

A competição decidir-se-ia nos detalhes, com o Trissino a empatar também, na final, com o Valongo, precisamente pela mesma marca que o Sporting de Tomar averbara.

14 Maio, 2022 at 11:27 pm Deixe um comentário

Hóquei em Patins – Liga Europeia – 2021-22 – Fase de Grupos

Grupo A

23.10.2021 – La Vendéenne (Fra.) – Trissino (Itá.) – 2-5
23.10.2021 – Amatori Lodi (Itá.) – Sporting de Tomar (Por.) – 4-4
11.12.2021 – Trissino (Itá.) – Amatori Lodi (Itá.) – 2-1
11.12.2021 – Sporting de Tomar (Por.) – La Vendéenne (Fra.) – 2-0
29.01.2022 – Amatori Lodi (Itá.) – La Vendéenne (Fra.) – 4-1
29.01.2022 – Sporting de Tomar (Por.) – Trissino (Itá.) – 3-3
12.02.2022 – La Vendéenne (Fra.) – Amatori Lodi (Itá.) – 2-3
12.02.2022 – Trissino (Itá.) – Sporting de Tomar (Por.) – 4-4
26.03.2022 – Sporting de Tomar (Por.) – Amatori Lodi (Itá.) – 5-2
26.03.2022 – Trissino (Itá.) – La Vendéenne (Fra.) – 2-1
09.04.2022 – Amatori Lodi (Itá.) – Trissino (Itá.) – 2-3
09.04.2022 – La Vendéenne (Fra.) – Sporting de Tomar (Por.) – 2-4

                       Jg     V     E     D       G       Pt
 1º Trissino            6     4     2     -    19 - 13    14
 2º Sporting de Tomar   6     3     3     -    22 - 15    12
 3º Amatori Lodi        6     2     1     3    16 - 17     7
 4º La Vendéenne        6     -     -     6     8 - 20     -

Grupo B

23.10.2021 – Diessbach (Suí.) – Valongo (Por.) – 1-5
23.10.2021 – Coutras (Fra.) – Sarzana (Itá.) – 4-5
11.12.2021 – Valongo (Por.) – Coutras (Fra.) – 4-1
11.12.2021 – Sarzana (Itá.) – Diessbach (Suí.) – 7-4
29.01.2022 – Coutras (Fra.) – Diessbach (Suí.) – 4-6
29.01.2022 – Sarzana (Itá.) – Valongo (Por.) – 6-6
12.02.2022 – Diessbach (Suí.) – Coutras (Fra.) – 3-1
12.02.2022 – Valongo (Por.) – Sarzana (Itá.) – 4-0
26.03.2022 – Sarzana (Itá.) – Coutras (Fra.) – 5-3
26.03.2022 – Valongo (Por.) – Diessbach (Suí.) – 5-2
09.04.2022 – Coutras (Fra.) – Valongo (Por.) – 5-4
09.04.2022 – Diessbach (Suí.) – Sarzana (Itá.) – 4-7

                       Jg     V     E     D       G       Pt
 1º Valongo             6     4     1     1    28 - 15    13
 2º Sarzana             6     4     1     1    30 - 25    13
 3º Diessbach           6     2     -     4    20 - 29     6
 4º Coutras             6     1     -     5    18 - 27     3

Garantiram a presença na “Final Four” da Liga Europeia – a disputar em Torres Novas, no “Palácio dos Desportos Helena Sentieiro” (a 14 e 15 de Maio) – as equipas do Trissino, Sporting de Tomar, Valongo e Sarzana.

É o seguinte o alinhamento das meias-finais:

  • Trissino – Sarzana
  • Sporting de Tomar – Valongo

9 Abril, 2022 at 9:56 pm Deixe um comentário

Artigos Mais Antigos


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Janeiro 2023
S T Q Q S S D
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.