Posts tagged ‘Fórmula 1’

Campeonato do Mundo de Fórmula 1 – 2017

Chegou ao seu termo o Campeonato do Mundo de Fórmula 1 de 2017, com o britânico Lewis Hamilton a sagrar-se Campeão do Mundo pela quarta vez, depois dos títulos conquistados em 2008, 2014 e 2015 – igualando assim o palmarés de Alain Prost e Sebastian Vettel, apenas superados por Juan Manuel Fangio (5 títulos) e por Michael Schumacher (7 títulos).

Ao longo desta temporada, o novo campeão venceu 9 Grandes Prémios, face a 5 triunfos de Sebastian Vettel, 3 do seu colega de equipa, Valtteri Bottas, 2 de Max Verstappen e 1 de Daniel Ricciardo.

Classificação Final do Mundial de Pilotos:

1º Lewis Hamilton (Grã-Bretanha) – Mercedes – 363
2º Sebastian Vettel (Alemanha) – Ferrari – 317
3º Valtteri Bottas (Finlândia) – Mercedes – 305
4º Kimi Räikkönen (Finlândia) – Ferrari – 205
5º Daniel Ricciardo (Austrália) – Red Bull Racing-Tag Heuer – 200
Max Verstappen (Holanda) – Red Bull Racing-Tag Heuer – 168
7º Sergio Perez (México) – Force India-Mercedes – 100
8º Esteban Ocon (França) – Force India-Mercedes – 87
9º Carlos Sainz (Espanha) – Renault – 54
10º Nico Hulkenberg (Alemanha) – Renault – 43
11º Felipe Massa (Brasil) – Williams-Mercedes – 43
12º Lance Stroll (Canadá) – Williams-Mercedes – 40
13º Romain Grosjean (França) – Haas-Ferrari – 28
14º Kevin Magnussen (Dinamarca) – Haas-Ferrari – 19
15º Fernando Alonso (Espanha) – McLaren-Honda – 17
16º Stoffel Vandoorne (Bélgica) – McLaren-Honda – 13
17º Jolyon Palmer (Grã-Bretanha) – Renault – 8
18º Pascal Wehrlein (Alemanha) – Sauber-Ferrari – 5
19º Daniil Kvyat (Rússia) – Toro Rosso – 5

Classificação do Mundial de Construtores:

1º Mercedes – 668
2º Ferrari – 522
3º Red Bull Racing-Tag Heuer – 368
4º Force India-Mercedes -187
5º Williams-Mercedes – 83
6º Renault – 57
7º Toro Rosso – 53
8º Haas-Ferrari – 47
9º McLaren-Honda – 30
10º Sauber-Ferrari – 5

Nota – Carlos Sainz participou, nos 16 primeiros Grandes Prémios da temporada, ao voltante de um Toro Rosso, somando 48 pontos, tendo disputado os últimos quatro Grandes Prémios pela Renault (somando 6 pontos).

Anúncios

26 Novembro, 2017 at 9:15 pm Deixe um comentário

Campeonato do Mundo de Fórmula 1 – 2016

Chegou ao seu termo o Campeonato do Mundo de Fórmula 1 de 2016, com o alemão Nico Rosberg a sagrar-se Campeão do Mundo, repetindo a proeza do seu pai, o finlandês Keke Rosberg, no ano de 1982.

Ao longo desta temporada, o novo campeão venceu 9 Grandes Prémios, um a menos que o seu colega de equipa, Lewis Hamilton, num total de 19 triunfos da Mercedes; apenas Max Verstappen e Daniel Ricciardo (cada um com uma vitória) conseguiram evitar a supremacia quase total da equipa alemã.

Classificação Final do Mundial de Pilotos:

1º Nico Rosberg (Alemanha) – Mercedes – 385
2º Lewis Hamilton (Grã-Bretanha) – Mercedes – 380
3º Daniel Ricciardo (Austrália) – Red Bull Racing-Tag Heuer – 256
4º Sebastian Vettel (Alemanha) – Ferrari – 212
Max Verstappen (Holanda) – Red Bull Racing-Tag Heuer – 204
6º Kimi Räikkönen (Finlândia) – Ferrari – 186
7º Sergio Perez (México) – Force India-Mercedes – 101
8º Valtteri Bottas (Finlândia) – Williams-Mercedes – 85
9º Nico Hulkenberg (Alemanha) – Force India-Mercedes – 72
10º Fernando Alonso (Espanha) – McLaren-Honda – 54
11º Felipe Massa (Brasil) – Williams-Mercedes – 53
12º Carlos Sainz (Espanha) – Toro Rosso-Ferrari – 46
13º Romain Grosjean (França) – Haas-Ferrari – 29
14º Daniil Kvyat (Rússia) – Toro Rosso-Ferrari – 25
15º Jenson Button (Grã-Bretanha) – McLaren-Honda – 21
16º Kevin Magnussen (Dinamarca) – Renault – 7
17º Felipe Nasr (Brasil) – Sauber-Ferrari – 2
18º Jolyon Palmer (Grã-Bretanha) – Renault – 1
19º Pascal Wehrlein (Alemanha) – MRT-Mercedes – 1
20º Stoffel Vandoorne (Bélgica) – McLaren-Honda – 1

Classificação do Mundial de Construtores:

1º Mercedes – 765
2º Red Bull Racing-Tag Heuer – 468
3º Ferrari – 398
4º Force India-Mercedes -173
5º Williams-Mercedes – 138
6º McLaren-Honda – 76
7º Toro Rosso-Ferrari – 63
8º Haas-Ferrari – 29
9º Renault – 8
10º Sauber-Ferrari – 2
11º MRT – Mercedes – 1

Nota – Max Verstappen participou, nos quatro Grandes Prémios iniciais da temporada, ao voltante de um Toro Rosso-Ferrari, somando 13 pontos; por seu lado, Daniil Kvyat articipou, nessas mesmas provas, ao voltante de um Red Bull Racing-Tag Heuer, tendo somado 21 pontos.

27 Novembro, 2016 at 10:32 pm Deixe um comentário

Campeonato do Mundo de Fórmula 1 – 2015

Chegou ao seu termo o Campeonato do Mundo de Fórmula 1 de 2015, com o britânico Lewis Hamilton a sagrar-se Campeão do Mundo, revalidando o título conquistado no ano passado, alcançando assim o seu terceiro triunfo em Mundiais (depois de se ter estreado como Campeão em 2008).

Ao longo desta temporada, o campeão venceu 10 Grandes Prémios, tendo o seu colega de equipa, Nico Rosberg, vencido 6, num total de 16 triunfos da Mercedes; as restantes 3 provas tiveram por vencedor o alemão Sebastian Vettel.

Classificação Final do Mundial de Pilotos:

1º Lewis Hamilton (Grã-Bretanha) – Mercedes – 381
2º Nico Rosberg (Alemanha) – Mercedes – 322
3º Sebastian Vettel (Alemanha) – Ferrari – 278
4º Kimi Räikkönen (Finlândia) – Ferrari – 150
5º Valtteri Bottas (Finlândia) – Williams-Mercedes – 136
6º Felipe Massa (Brasil) – Williams-Mercedes – 121
7º Daniil Kvyat (Rússia) – Red Bull Racing-Renault – 95
8º Daniel Ricciardo (Austrália) – Red Bull Racing-Renault – 92
9º Sergio Perez (México) – Force India-Mercedes – 78
10º Nico Hulkenberg (Alemanha) – Force India-Mercedes – 58
11º Romain Grosjean (França) – Lotus-Mercedes – 51
12º Max Verstappen (Holanda) – STR-Renault – 49
13º Felipe Nasr (Brasil) – Sauber-Ferrari – 27
14º Pastor Maldonado (Venezuela) – Lotus-Mercedes – 27
15º Carlos Sainz (Espanha) – STR-Renault – 18
16º Jenson Button (Grã-Bretanha) – McLaren-Honda – 16
17º Fernando Alonso (Espanha) – McLaren-Honda – 11
18º Marcus Ericsson (Suécia) – Sauber-Ferrari – 9

Classificação do Mundial de Construtores:

1º Mercedes – 703
2º Ferrari – 428
3º Williams-Mercedes – 257
4º Red Bull Racing-Renault – 187
5º Force India-Mercedes -136
6º Lotus-Mercedes – 78
7º STR-Renault – 67
8º Sauber-Ferrari – 36
9º McLaren-Honda – 27

29 Novembro, 2015 at 10:33 pm Deixe um comentário

Campeonato do Mundo de Fórmula 1 – 2014

Chegou ao seu termo o Campeonato do Mundo de Fórmula 1 de 2014, com o inglês Lewis Hamilton a sagrar-se Campeão do Mundo pela segunda vez, repetindo o título que havia conquistado já em 2008, colocando assim termo ao “reinado” de quatro anos do alemão Sebastian Vettel.

Ao longo desta temporada, o novo campeão venceu 11 Grandes Prémios, face a 5 de Nico Rosberg, num total de 16 triunfos da Mercedes; apenas Daniel Ricciardo (em Red Bull-Renault) conseguiu evitar a supremacia quase total da equipa alemã, tendo vencido as restantes três provas.

Classificação Final do Mundial de Pilotos:

1º Lewis Hamilton (Grã-Bretanha) – Mercedes – 384
2º Nico Rosberg (Alemanha) – Mercedes – 317
3º Daniel Ricciardo (Austrália) – Red Bull Racing-Renault – 238
4º Valtteri Bottas (Finlândia) – Williams-Mercedes – 186
5º Sebastian Vettel (Alemanha) – Red Bull Racing-Renault – 167
6º Fernando Alonso (Espanha) – Ferrari – 161
7º Felipe Massa (Brasil) – Williams-Mercedes – 134
8º Jenson Button (Grã-Bretanha) – McLaren-Mercedes – 126
9º Nico Hulkenberg (Alemanha) – Force India-Mercedes – 96
10º Sergio Perez (México) – Force India-Mercedes – 59
11º Kevin Magnussen (Dinamarca) – McLaren-Mercedes – 55
12º Kimi Räikkönen (Finlândia) – Ferrari – 55
13º Jean-Eric Vergne (França) – STR-Renault – 22
14º Romain Grosjean (França) – Lotus-Renault – 8
15º Daniil Kvyat (Rússia) – STR-Renault – 8
16º Pastor Maldonado (Venezuela) – Lotus-Renault – 2
17º Jules Bianchi (França) – Marussia-Ferrari – 2

Classificação do Mundial de Construtores:

1º Mercedes – 701
2º Red Bull Racing-Renault – 405
3º Williams-Mercedes – 320
4º Ferrari – 216
5º McLaren-Mercedes – 181
6º Force India-Mercedes -155
7º STR-Renault – 30
8º Lotus-Renault – 10
9º Marussia-Ferrari – 2

23 Novembro, 2014 at 8:33 pm Deixe um comentário

Campeonato do Mundo de Fórmula 1 – 2013

Chegou ao seu termo o Campeonato do Mundo de Fórmula 1 de 2013, com o alemão Sebastien Vettel a sagrar-se pela quarta vez consecutiva Campeão do Mundo, estabelecendo também um record de nove vitórias consecutivas, em todas as provas da segunda metade da temporada, totalizando um total de 13 triunfos neste ano (em 19 Grandes Prémios disputados). Os outros vencedores do ano foram Fernando Alonso e Nico Rosberg (dois triunfos cada), Kimi Räikkönen e Lewis Hamilton.

Classificação Final do Mundial de Pilotos:

1º Sebastian Vettel (Alemanha) – Red Bull Racing-Renault – 397
2º Fernando Alonso (Espanha) – Ferrari – 242
3º Mark Webber (Austrália) – Red Bull Racing-Renault – 199
4º Lewis Hamilton (Grã-Bretanha) – Mercedes – 189
5º Kimi Räikkönen (Finlândia) – Lotus-Renault – 183
6º Nico Rosberg (Alemanha) – Mercedes – 171
7º Romain Grosjean (França) – Lotus-Renault – 132
8º Felipe Massa (Brasil) – Ferrari – 112
9 ºJenson Button (Grã-Bretanha) – McLaren-Mercedes – 73
10º Nico Hulkenberg (Alemanha) – Sauber-Ferrari – 51
11º Sergio Perez (México) – McLaren-Mercedes – 49
12º Paul di Resta (Grã-Bretanha) – Force India-Mercedes – 48
13º Adrian Sutil (Alemanha) – Force India-Mercedes – 29
14º Daniel Ricciardo (Austrália) – STR-Ferrari – 20
15º Jean-Eric Vergne (França) – STR-Ferrari – 13
16º Esteban Gutierrez (México) – Sauber-Ferrari – 6
17º Valtteri Bottas (Finlândia) – Williams-Renault – 4
18º Pastor Maldonado (Venezuela) – Williams-Renault – 1

Classificação do Mundial de Construtores:

1º Red Bull Racing-Renault – 596
2º Mercedes – 360
3º Ferrari – 354
4º Lotus-Renault – 315
5º McLaren-Mercedes – 122
6º Force India-Mercedes – 77
7º Sauber-Ferrari – 57
8º STR-Ferrari – 33
9º Williams-Renault – 5

24 Novembro, 2013 at 10:18 pm Deixe um comentário

Sebastian Vettel tri-campeão do Mundo de Fórmula 1 – 2012

Classificação final do Campeonato do Mundo de Pilotos – 2012

 1º Sebastian Vettel   Alemanha	     Red Bull Rac.-Renault 281
 2º Fernando Alonso    Espanha	     Ferrari	           278
 3º Kimi Räikkönen     Finlândia     Lotus-Renault         207
 4º Lewis Hamilton     Grã-Bretanha  McLaren-Mercedes	   190
 5º Jenson Button      Grã-Bretanha  McLaren-Mercedes	   188
 6º Mark Webber	       Austrália     Red Bull Rac.-Renault 179
 7º Felipe Massa       Brasil	     Ferrari	           122
 8º Romain Grosjean    França        Lotus-Renault          96
 9º Nico Rosberg       Alemanha	     Mercedes	            93
10º Sergio Perez       México	     Sauber-Ferrari         66
11º Nico Hulkenberg    Alemanha      Force India-Mercedes   63
12º Kamui Kobayashi    Japão	     Sauber-Ferrari	    60
13º Michael Schumacher Alemanha	     Mercedes	            49
14º Paul di Resta      Grã-Bretanha  Force India-Mercedes   46
15º Pastor Maldonado   Venezuela     Williams-Renault	    45
16º Bruno Senna	       Brasil	     Williams-Renault	    31
17º Jean-Eric Vergne   França        S. Toro Rosso-Ferrari  16
18º Daniel Ricciardo   Austrália     S. Toro Rosso-Ferrari  10

Em termos de vitórias individuais durante a época, o agora tri-campeão do Mundo, Sebastian Vettel venceu 5 Grande Prémios (Bahrain, Singapura, Japão, Coreia do Sul e Índia) – face a 11 no ano anterior; tendo Lewis Hamilton (Canadá, Hungria, Itália e EUA) vencido 4; enquanto Fernando Alonso (Malásia, Europa e Alemanha) e Jenson Button (Austrália, Bélgica e Brasil) obtiveram 3 vitórias cada; Mark Webber venceu 2 (Mónaco e Grã-Bretanha); por fim, Kimi Räikkönen (Abu Dhabi), Nico Rosberg (China) e Pastor Maldonado (Espanha) alcançaram apenas 1 triunfo cada.

A nível de equipas, a Red Bull Racing-Renault revalidou também o título mundial de construtores, que conquista igualmente pela terceira vez consecutiva, com um total de 460 pontos, secundada pela Ferrari, com 400, com a McLaren-Mercedes a quedar-se na 3ª posição, com 378 pontos.

25 Novembro, 2012 at 7:41 pm Deixe um comentário

Gilles Villeneuve

Passam hoje 30 anos (!) do desaparecimento de Gilles Villeneuve. Numa cerimónia evocativa, o filho, Jacques Villeneuve, Campeão do Mundo de Fórmula 1 em 1997, conduziu hoje o Ferrari 312 T4, com que o pai se sagrara vice-campeão do Mundo no ano de 1979.

(foto AP Photo/Ercole Colombo – via)

8 Maio, 2012 at 6:14 pm 1 comentário

Mundial de Fórmula 1 – Classificação Final – 2011

1º Sebastian Vettel	Alemanha	 RBR-Renault	        392
2º Jenson Button	Grã-Bretanha	 McLaren-Mercedes	270
3º Mark Webber	        Austrália	 RBR-Renault	        258
4º Fernando Alonso	Espanha	         Ferrari	        257
5º Lewis Hamilton	Grã-Bretanha	 McLaren-Mercedes	227
6º Felipe Massa	        Brasil	         Ferrari	        118
7º Nico Rosberg	        Alemanha	 Mercedes	         89
8º Michael Schumacher	Alemanha	 Mercedes	         76
9º Adrian Sutil	        Alemanha	 Force India-Mercedes 	 42
10º Vitaly Petrov	Rússia	         Renault	         37
11º Nick Heidfeld	Alemanha	 Renault	         34
12º Kamui Kobayashi	Japão	         Sauber-Ferrari	         30
13º Paul di Resta	Grã-Bretanha	 Force India-Mercedes	 27
14º Jaime Alguersuari	Espanha	         STR-Ferrari	         26
15º Sebastien Buemi	Suíça	         STR-Ferrari	         15
16º Sergio Perez	México	         Sauber-Ferrari          14
17º Rubens Barrichello	Brasil	         Williams-Cosworth	  4
18º Bruno Senna	        Brasil	         Renault	          2
19º Pastor Maldonado	Venezuela	 Williams-Cosworth	  1

Em termos de vitórias individuais durante a época, o bi-campeão do Mundo e grande dominador da temporada, Sebastian Vettel venceu 11 Grande Prémios (Austrália, Malásia,  Turquia, Espanha, Mónaco, Europa, Bélgica, Itália, Singapura, Coreia do Sul e Índia); tendo Jenson Button (Canadá, Hungria e Japão) e Lewis Hamilton (China, Alemanha e Abu Dhabi) obtido 3 vitórias cada; por fim, Fernando Alonso (Grã-Bretanha) e Mark Webber (Brasil) alcançaram apenas 1 triunfo cada.

A nível de equipas, a Red Bull-Renault conquistou o título mundial de construtores, com 650 pontos, secundada pela McLaren-Mercedes, com 497, com a Ferrari a quedar-se na 3ª posição, com 375 pontos.

27 Novembro, 2011 at 10:23 pm Deixe um comentário

Sebastian Vettel Campeão do Mundo de Fórmula 1 – 2010

O jovem piloto alemão Sebastian Vettel, de 23 anos, sagrou-se hoje o mais jovem Campeão do Mundo de Fórmula 1 de sempre, ao vencer o Grande Prémio de Abu Dhabi, ao volante de um Red Bull.

Num final em beleza (numa prova, em que, de forma inédita, havia ainda 4 pilotos com possibilidades de alcançar o título), o pódio de hoje reuniu os três últimos Campeões do Mundo, o próprio Vettel – que apenas na derradeira prova ascendeu à liderança do Mundial de Pilotos -, Lewis Hamilton (2º classificado, Campeão em 2008) e Jenson Button (3º, Campeão em 2009).

Fernando Alonso, que liderava a classificação, que necessitava pelo menos do 4º lugar nesta prova, não conseguiu ir além da 7ª posição, resultado de uma incorrecta opção táctica da equipa, ao parar na box demasiado cedo, não tendo depois conseguido ultrapassar nenhum dos pilotos que tinham ficado à sua frente.

Classificação final do Mundial de Pilotos:

1º Sebastian Vettel (Alemanha) – Red Bull – 256
2º Fernando Alonso (Espanha) – Ferrari – 252
3º Mark Webber (Austrália) – Red Bull – 242
4º Lewis Hamilton (Grã-Bretanha) – McLaren – 240
5º Jenson Button (Grã-Bretanha) – McLaren – 214
6º Felipe Massa (Brasil) – Ferrari – 144
7º Nico Rosberg (Alemanha) – Mercedes – 142
8º Robert Kubica (Polónia) – Renault – 136
9º Michael Schumacher (Alemanha) – Mercedes – 72
10º Rubens Barrichello (Brasil) – Williams – 47

No Mundial de Construtores, a Red Bull-Renault garantiu também o título, com 498 pontos, à frente da McLaren-Mercedes (454), Ferrari (396), Mercedes (214) e Renault (163).

14 Novembro, 2010 at 4:26 pm Deixe um comentário

Campeonato do Mundo de Fórmula 1 – 2009

No termo de uma atípica temporada, com um surpreendentemente esmagador domínio de uma nova escuderia, Brawn, no seu ano de estreia (sucedendo à Honda), na primeira metade do campeonato, o inglês Jenson Button – o qual, por coincidência, fora último classificado no Mundial anterior – sagrou-se Campeão do Mundo de Fórmula 1, depois de ter vencido seis Grandes Prémios (todos eles nas sete provas iniciais).

As outras corridas tiveram por vencedores: Sebastian Vettel (quatro triunfos), Mark Webber, Lewis Hamilton e Rubens Barrichello (duas vitórias cada) e Kimi Räikkönen (uma vitória).

Classificação final do Mundial de Pilotos

1º Jenson Button (Reino Unido) – Brawn Mercedes – 95
2º Sebastian Vettel (Alemanha) – Red Bull Renault – 84
3º Rubens Barrichello (Brasil) – Brawn Mercedes – 77
4º Mark Webber (Austrália) – Red Bull Renault –  69,5
5º Lewis Hamilton (Reino Unido) – McLaren Mercedes – 49
6º Kimi Räikkönen (Finlândia) – Ferrari – 48
7º Nico Rosberg (Alemanha) – Williams Toyota – 34,5
8º Jarno Trulli (Itália) – Toyota – 32,5
9º Fernando Alonso (Espanha) – Renault – 26
10º Timo Glock (Alemanha) – Toyota – 24
11º Felipe Massa (Brasil) – Ferrari – 22
12º Heikki Kovalainen (Finlândia) – McLaren Mercedes – 22
13º Nick Heidfeld (Alemanha) – BMW Sauber – 19
14º Robert Kubica (Polónia) – BMW Sauber – 17
15º Giancarlo Fisichella (Itália) – Force India Mercedes / Ferrari – 8
16º Sébastien Buemi (Suíça) – Toro Rosso Ferrari – 6
17º Adrian Sutil (Alemanha) – Force India Mercedes – 5
18º Kamui Kobayashi (Japão) – Toyota – 3
19º Sébastien Bourdais (França) – Toro Rosso Ferrari – 2

Classificação final do Mundial de Construtores

1º Brawn-Mercedes – 172
2º Red Bull-Renault – 153,5
3º McLaren-Mercedes – 71
4º Ferrari – 70
5º Toyota – 59,5
6º BMW Sauber – 36
7º Williams-Toyota – 34.5
8º Renault – 26
9º Force India-Mercedes – 13
10º Toro Rosso-Ferrari – 8

1 Novembro, 2009 at 6:26 pm Deixe um comentário

Artigos Mais Antigos


Autor – Contacto

Destaques

Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Setembro 2018
S T Q Q S S D
« Ago    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.