JOSÉ AZEVEDO

19 Julho, 2004 at 6:03 pm 1 comentário

Estamos hoje no segundo e último dia de descanso do “Tour de France”, quando estão já decorridos 2/3 da prova.

Na véspera da chegada aos Alpes, aqui deixo uma breve nota sobre a forma como esta competição tem decorrido, com destaque para o papel assumido pelo português José Azevedo.

Porque, se Lance Armstrong – obviamente com grande mérito – se prepara para definitivamente entrar na “lenda do TOUR”, aproximando-se, dia a dia, de uma inédita 6ª vitória consecutiva, há que atribuir uma parcela dessa vitória à brilhante prestação do português.

Quem teve a oportunidade de acompanhar a “épica” etapa de Sábado, com a chegada ao Plateau de Beille, não pode ter deixado de se entusiasmar com o trabalho de José Azevedo, abrindo caminho ao seu “chefe-de-fila” para uma extraordinária vitória, “destroçando” toda a concorrência (resta o italiano Ivan Basso como último obstáculo para Armstrong).

…Como não pode ter deixado de se emocionar com o “drama” de Iban Mayo (à partida, um dos principais candidatos), a correr entre o “seu povo”, basco, a querer desistir e os companheiros “a obrigá-lo a continuar”, para chegar ao fim com mais de 37 minutos de atraso… ou com a tremenda “máscara de esforço” desse enorme lutador de “antes quebrar que torcer”, que é o grande campeão Jan Ullrich, dando “tudo o que tinha”, mas perdendo precioso tempo que o coloca já a 7 minutos de Armstrong; Ullrich era o perfeito rosto dos “forçados da estrada”, num misto de raiva, frustração, impotência, mas, ao mesmo tempo, querer e força de vontade.

Voltando a José Azevedo: poderia ter ido ainda mais longe, não fossem as “ordens” da equipa? É possível… contudo, dificilmente Azevedo poderia lutar por uma vitória final no “Tour”; seria porventura possível chegar ao pódio, mas o seu actual 7º lugar é já uma demonstração de grande classe, de nível mundial. Esperemos que consiga manter o mesmo nível até final da semana, na consagração em Paris… e, já agora, que – por via de Armstrong – experimente também o “doce sabor” da vitória, que será também um pouco sua.

P. S. Uma palavra de apreço e estímulo para o jovem nadador Tiago Venâncio, medalha de bronze no Campeonato da Europa de Juniores em Natação.

[1574]

Entry filed under: Desporto. Tags: .

RELATÓRIO "DESENVOLVIMENTO HUMANO" (I) TEORIA DA RELATIVIDADE (I)

1 Comentário

  • 1. Angela  |  24 Julho, 2004 às 4:42 pm

    José azevedo vai em 5º acho eu…


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.


%d bloggers like this: