EURO 2004 (LV)

7 Junho, 2004 at 6:01 pm

Logo EuroE eis-nos chegados ao “nosso” EURO2004!

Com nova alteração na fórmula de disputa da fase de Qualificação: foram formados 10 grupos de 5 países, apurando-se directamente para a Fase Final apenas o vencedor de cada um dos grupos; os 2º classificados de cada grupo defrontaram-se em playoff, de forma a apurar os 5 restantes finalistas, a “viajar” até Portugal.

Depois do “desastre” no Mundial da Coreia-Japão, a França (Campeã da Europa) regressou à senda das vitórias, fazendo a melhor prova, vencendo todos os (8) jogos da fase de qualificação, num grupo acessível, em que a Eslovénia alcançou com naturalidade o 2º lugar.

No grupo 2, imperou o equilíbrio, com quatro selecções separadas por 2 pontos; vitória da Dinamarca e a Noruega a disputar o playoff; a Roménia foi uma das maiores surpresas (pela negativa) ao ser eliminada, com duas derrotas “caseiras” frente aos dois primeiros do grupo.

A R. Checa voltou a fazer valer a sua força, relegando a Holanda para a disputa dos playoff, num grupo bastante desequilibrado.

Do grupo 4 vem a grande surpresa da fase de qualificação, a Letónia, alcançando o 2º lugar, após vitórias na Suécia (que venceu o grupo) e Polónia, eliminando duas antigas “potências” do futebol europeu (Polónia e Hungria), agora afastadas das suas épocas áureas.

A Alemanha, mesmo sem convencer (cedendo 3 empates), venceria um grupo acessível, em que o 2º lugar foi alcançado pela Escócia.

De forma algo surpreendente, a Grécia impôs-se à Espanha, obrigando-a à disputa do playoff. Os restantes opositores ficaram bastante longe, destacando-se a prova sofrível da Ucrânia.

O grupo 7 foi uma prova “a dois”, com a Inglaterra a impor-se à Turquia, sem que as restantes selecções tivessem capacidade para competir directamente com estas selecções.

Bulgária, Croácia e Bélgica disputaram até ao último dia o apuramento, cabendo “a fava” à Bélgica, novamente a desiludir, depois do afastamento na primeira fase do EURO2000 que organizara em conjunto com a Holanda.

Apesar do “mau arranque”, a Itália conquistaria a vitória no grupo, à frente de um surpreendente P. Gales, afastando a Sérvia e Montenegro (“herdeira” da Jugoslávia) e Finlândia.

Numa luta a três, a Suíça venceria o grupo, à frente da Rússia e da Irlanda, mais uma vez afastada da fase final de uma grande competição.

Finalmente, nos playoff, os mais fortes fizeram impôr a “sua lei”; apesar das dificuldades sentidas na 1ª mão, Holanda, Croácia, Rússia e Espanha venceriam a Escócia, Eslovénia, P. Gales e Noruega. A grande surpresa estava reservada para a “eliminatória” entre a Letónia e a Turquia; depois da vitória caseira por 1-0, os Letões alcançariam um empate na Turquia, afastando da prova o 3º classificado do Campeonato Mundial.

A fechar, as maiores goleadas, desta vez “mais modestas”, com o destaque (negativo) para S. Marino (com 8 derrotas e um score global de 0-30!): Luxemburgo-Roménia, 0-7; S. Marino-Suécia, 0-6; França-Malta, 6-0; Polónia-S. Marino, 5-0; S. Marino-Hungria, 0-5; Suécia-S. Marino, 5-0; Turquia-Liechtenstein, 5-0; R. Checa-Moldávia, 5-0; Áustria-Bielorrussia, 5-0; Holanda-Moldávia, 5-0; França-Eslovénia, 5-0; França-Chipre, 5-0.

[1389]

Entry filed under: Euro-2004.

ELEIÇÕES PARLAMENTO EUROPEU (IX) DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL (II)


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.


%d bloggers like this: