Archive for 28 Novembro, 2003

OUTRA ORDEM APARENTEMENTE OCIDENTAL (V)

.E foram precisamente o Japão e as potências marítimas europeias, com excepção de Portugal, os países que sofreram as maiores devastações territoriais.

.

Terminada a II Guerra Mundial, .os povos. a que se refere a Carta das Nações Unidas depositavam a sua esperança na vontade de construir um mundo mais pacífico, sem impérios e sem guerras. Cedo essa esperança se desvaneceu e a ordem dos impérios deu lugar à ordem bipolar dominada pela corrida aos armamentos e pelo factor nuclear. Por fim, também esta ruiu, com a queda do Muro de Berlim, com o desaparecimento do Bloco de Leste e com a desagregação da União Soviética.

.

O mundo é hoje estrategicamente unipolar face ao poder inigualável dos EUA; é multipolar, numa perspectiva económica, com quatro pólos fundamentais, se aceitarmos acrescentar a China ao grupo dos EUA, UE e Japão; é mais democrático e mais seguro, pois se algo se prevê hoje que possa ser excluído da globalização é a guerra. Mas o mundo é muito instável, talvez mais do que anteriormente, devido ao excesso de poder dos pequenos estados, das minorias e dos mais variados grupos que defendem de forma egoísta, radical e violenta, alguns interesses que erradamente consideram inegociáveis. Enfim, o mundo está a construir uma nova ordem aparentemente ocidental, que não está ainda baptizada nem estabilizada, mas que se deseja venha a satisfazer os mais nobres anseios da humanidade..

“Outra ordem aparentemente ocidental” (António Emílio Ferraz Sacchetti) . Notícias do Milénio

[656]

28 Novembro, 2003 at 8:54 am

UNIÃO EUROPEIA – 1977

Entra em vigor a decisão dos nove países membros de ampliar para 200 milhas os limites das suas zonas de pesca no Mar do Norte e no Atlântico.

Ainda em Janeiro, tomada de posse da nova Comissão, designada em Dezembro de 1976, com Roy Jenkins como Presidente.

Em 28 de Março, Portugal apresenta a sua candidatura oficial para se tornar país membro das Comunidades Europeias.

A 6ª Directiva IVA sobre a base uniforme de avaliação para o Imposto sobre o Valor Acrescentado é formalmente adoptada pelo Conselho.

A 28 de Julho, a Espanha apresenta a sua candidatura oficial para se tornar país membro das Comunidades Europeias.

Em Outubro, Reunião inaugural, no Luxemburgo, do Tribunal de Contas das Comunidades Europeias, que substitui a Comissão de Fiscalização da CEE e da Euratom e o Revisor de Contas da CECA.

[655]

28 Novembro, 2003 at 8:03 am

1977 – SADATE EM ISRAEL

“O presidente Sadate, do Egipto, visita Israel, onde discursa no Parlamento, dando início a uma fase de desanuviamento entre ambos os países. Quatro anos depois será assassinado”.

[654]

28 Novembro, 2003 at 8:01 am

1976 – GOVERNO

“O primeiro governo constitucional, após o 25 de Abril, é presidido por Mário Soares, secretário-geral do PS”.

[653]

28 Novembro, 2003 at 7:59 am


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.