Archive for 21 Novembro, 2003

NOVOS MEMBROS DA UNIÃO EUROPEIA – HUNGRIA (V)

A República da Hungria localiza-se no centro-sul da Europa Central, tendo fronteiras com a Eslováquia, Eslovénia, Áustria, Croácia, Ucrânia, Sérvia e Roménia, sendo conhecida como terra dos Magiares (Magyar Köztársaság / República Magiar é o nome oficial do país). Tem uma área de 93 033 km2 (idêntica à portuguesa), com 29 000 km2 de floresta.

Sendo muitas vezes descrita como um país plano é, não obstante, rodeada pela cordilheira dos Cárpatos, pelos Alpes e pelos Alpes Denários. O Rio Danúbio atravessa o país de norte a sul, dividindo a capital em Buda e Peste. A sua grande planície é uma autêntica estepe, que recebe milhares de aves migratórias. É um país interior, que não dispõe de costa marítima.

A população total é de cerca de 10 milhões; as principais cidades são Budapeste (2 500 000 habitantes), Debrecen, no leste (220 000 habitantes), Miskolc, no nordeste (210 000 habitantes) e Pécs, no sul (185 000 habitantes).

Com a introdução do Cristianismo a música sacra do ocidente penetrou na Hungria, sobretudo com os cantos gregorianos e, posteriormente, com os corais da Reforma protestante. A música secular manteve-se sempre mais influenciada pelos estilos do leste europeu; pelos ciganos, vindos da Índia, que introduziram um estilo vocal próprio no séc. XV; pela harmonia oriental dos turcos, que ocuparam o país nos séc. XVI e XVII.

Durante os séculos XVII e XVIII, nas cortes principescas, havia companhias de ópera e orquestras com muitos músicos estrangeiros. De entre eles, destaca-se o nome de Joseph Haydn, que trabalhou durante trinta anos para uma família nobre de Budapeste.

No séc. XIX os compositores mais notáveis foram Franz Liszt e Ferenc Erkel (autor do Hino Nacional e também da primeira ópera húngara).

No âmbito literário, Zsigmond Möricz (1879-1942) é geralmente considerado o maior romancista húngaro: “Gold Nugget” (1910), “Butterfly” (1925), as trilogias históricas “Transylvania” (1935) e “Rósza Sandor” (1940) são as suas obras mais conhecidas.

Os principais recursos naturais são a bauxite e o gás natural. Destacam-se as indústrias mineira, metalúrgica, de materiais de construção, têxtil, química/farmacêutica e de motores automóveis. Na agricultura, destacam-se o trigo, milho, girassol, batatas e gado.

A fechar esta breve .viagem. pela Hungria, alguns dados estatísticos de carácter sócio-económico: PIB .per capita., 5 100 dólares; Taxa de inflação, 5,3 %; Taxa de desemprego, 5,8 %; número de automóveis por 100 habitantes, 31; número de telemóveis por 100 habitantes, 50; número de utilizadores de Internet por 100 habitantes, 15.

[622]

21 Novembro, 2003 at 8:51 am 2 comentários

1973 – ETA

“Em 20 de Novembro, a ETA faz explodir uma bomba em Madrid, à passagem do carro que transporta o primeiro-ministro, almirante Carrero Blanco, que morre no atentado. Além de comprometer a estratégia de Franco para a evolução do regime, o acto assinala o apogeu do poder militar da organização. O fim da ditadura (1975) torna mais complexa a justificação da luta militar. O estatuto de autonomia atribuído ao País Basco (1979) e os excessos da ETA diminuem a sua capacidade de mobilização, como se comprova pela ausência de qualquer acção significativa em 1992, ano de ouro de Espanha: Madrid, Capital Europeia da Cultura, Expo 92 em Sevilha e Jogos Olímpicos em Barcelona. Por fim, a organização envereda por um processo negocial com Madrid”.

[621]

21 Novembro, 2003 at 8:09 am

1973 – GUERRA DO YOM KIPPUR

“O quarto conflito israelo-árabe começa com um ataque-surpresa ao território israelita pela Síria e o Egipto, com apoio da aviação jordana e iraquiana. Termina em 1974 com a intervenção da ONU”.

“Notícias do Milénio”, publicação dos jornais do “Grupo Lusomundo”, Julho de 1999

[620]

21 Novembro, 2003 at 8:07 am


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

  • RT @laligaennumeros: Y hasta aquí llegó el récord 🤷🏼‍♂️ Más partidos seguidos sin perder en competición europea: 2⃣6⃣ 🇪🇸@RCDEspanyol (2006… 2 hours ago
  • RT @SexoGratweeto: A compra da Media Capital pela Cofina provavelmente vai ser esquecida, mas daqui a uns anos quando já for impossível de… 2 hours ago
  • RT @jorgeraa: Das 28 equipas inglesas, espanholas, alemãs e italianas, só foram eliminadas da Europa até agora 3 (uma alemã e duas italiana… 3 hours ago

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.