COMPORTAMENTOS "IRRACIONAIS"

19 Novembro, 2003 at 6:39 pm

Porque são assobiados / “vaiados” aqueles que são os ídolos de quem se desloca aos Estádios expressamente para os ver jogar?

Porque se alteram drasticamente os comportamentos individuais no seio de um grupo alargado (“psicologia de massas”)?

Porque “tratamos mal” a quem mais queremos?

Porque cultivamos “jogos de sedução” (do tipo, “não dar o braço a torcer”) em que magoamos quem amamos?

Porque fazemos sofrer os nossos amores ou amigos com “birras” de ciúmes?

Porque, algumas vezes, “quanto pior” (for uma determinada situação), “quanto melhor” (nos sentimos (?))?

Porque adoptamos determinadas práticas que sabemos serem “destrutivas” (como consumir drogas, álcool, tabaco, …)?

Noutra área, porque abrimos – “cavalheirescamente” – a porta do restaurante, para uma “senhora” entrar e porque, ao conduzir um automóvel, temos tanta relutância em deixar “meter-se” à frente uma “mulher”?

Mais grave: porque nos transformamos em potenciais criminosos quando temos um volante nas mãos (por exemplo, na “pista de corridas” da 2ª Circular)?

A lista pode ser quase interminável e completada por si mesmo.

[612]

Entry filed under: Pessoal.

GRUPOS DE PERTENÇA EURO 2004 – 16 FINALISTAS


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.


%d bloggers like this: