Archive for 5 Março, 2005

FÓRMULA 1 – GRANDE PRÉMIO DA AUSTRÁLIA (ACT.)

Iniciou-se hoje em Melbourne (Austrália) a temporada 2005 do Campeonato do Mundo de Fórmula 1, com a primeira sessão de treinos oficiais, marcados pelo regresso de um piloto português à mais selectiva competição de automobilismo.

Na sua estreia, Tiago Monteiro, beneficiando das condições da pista, classificou-se numa boa 13ª posição, aproveitando o facto de alguns dos principais concorrentes terem feito a sua prova de qualificação sob intensa chuva.

Entretanto, a 2ª sessão de treinos decorreu já no Domingo de manhã (23h de Sábado em Portugal), com alguns dos pilotos com piores marcas na primeira sessão a nem sequer completar a sua volta de qualificação (caso de Michael Schumacher), ficando portanto sem tempo atribuído, posicionando-se nos últimos lugares da grelha.

Tiago Monteiro, fazendo o 15º tempo na segunda sessão de treinos, baixou para a 14ª posição na grelha de partida.

A classificação oficial das sessões de treinos (considerando já o somatório de tempos de ambas as sessões) foi a seguinte:

1º (1º) Giancarlo Fisichella – Renault – 1:33.171 / 3:01.460
2º (2º) Jarno Trulli – Toyota – 1:35.270 / 3:04.429
3º (3º) Mark Webber – Williams-BMW – 1:36.717 / 3:04.996
4º (4º) Jacques Villeneuve – Sauber-Petronas – 1:36.984 / 3:06.846
5º (6º) David Coulthard – Red Bull Racing – 1:38.320 / 3:07.212
6º (5º) Christian Klien – Red Bull Racing – 1:37.486 / 3:07.477
7º (7º) Nick Heidfeld – Williams-BMW – 1:39.717 / 3:09.130
8º (8º) Jenson Button – BAR-Honda – 1:41.512 / 3:12.128
9º (11º) Juan Pablo Montoya – McLaren-Mercedes – 1:45.325 / 3:14.645
10º (10º) Kimi Räikkönen – McLaren-Mercedes – 1:44.997 / 3:15.558
11º (12º) Rubens Barrichello – Ferrari – 1:45.481 / 3:16.822
12º (9º) Narain Karthikeyan – Jordan-Toyota – 1:44.357 / 3:17.092
13º (14º) Fernando Alonso – Renault – 1:47.708 / 3:17.466
14º (13º) Tiago Monteiro – Jordan-Toyota – 1:46.846 / 3:20.329
15º (17º) Ralf Schumacher – Toyota – 1:51.495 / 3:22.717
16º (16º) Patrick Friesacher – Minardi-Cosworth – 1:50.864 / 3:28.363
17º (15º) Christijan Albers – Minardi-Cosworth – 1:49.230 / sem tempo
18º (19º) Felipe Massa – Sauber-Petronas – sem tempo / sem tempo 19º (18º) Michael Schumacher – Ferrari – 1:57.931 / sem tempo
20º (20º) Takuma Sato – BAR-Honda – sem tempo / sem tempo

[2122]

5 Março, 2005 at 11:57 pm

NAIDE GOMES CAMPEÃ DA EUROPA (?)

Esta será uma situação inédita: a alemã Bianca Kappler poderá não ser a campeã da Europa, mas é uma campeã em termos de atitude.

Foi a própria alemã, suposta campeã que veio confirmar que houve um erro de medição do seu salto: segundo a própria, os juízes terão provavelmente incorrido num erro, por via da inversão dos dígitos dos centímetros; a marca correcta seria de 6,69 metros e não de 6,96 metros! (O que a relegaria para o 2º lugar, a 1 centímetro da portuguesa…).

Entretanto, a marca que fora inicialmente atribuída à atleta alemã foi anulada (o que a fará sair, para já, do pódio, caindo para a 7ª posição – repondo Naide Gomes no 1º lugar!) – traduzindo o reconhecimento do erro por parte dos juízes. Desconhece-se ainda como será decidido este imbróglio (“obrigar” a alemã a repetir – amanhã! – o seu 6º salto?).

[2121]

5 Março, 2005 at 9:18 pm 1 comentário

NAIDE GOMES – VICE-CAMPEÃ EUROPA PISTA COBERTA

A atleta portuguesa, de origem são-tomense, Naide Gomes acaba de sagrar-se vice-campeã da Europa de Atletismo em Pista Coberta (campeonato disputado em Madrid), na prova de Salto em Comprimento, conquistando a medalha de prata, com a marca de 6,70 metros, estabelecendo um novo recorde nacional.

P. S. A atleta alemã Bianca Kappler que conquistou a medalha de ouro, com a marca atribuída de 6,96 metros (no seu 6º e último salto do concurso – na que seria a melhor marca mundial do ano), numa atitude de fairplay, reconhece que terá havido um erro de medição do seu salto, uma vez que diz não ter capacidade para saltar aquela distância!… (o seu recorde pessoal era de apenas 6,63 metros).

[2120]

5 Março, 2005 at 7:32 pm

XVII GOVERNO CONSTITUCIONAL

O Primeiro-Ministro indigitado, José Sócrates, apresentou ontem ao Presidente da República a formação do XVII Governo Constitucional:

Primeiro-Ministro – José Sócrates
Ministro de Estado e da Administração Interna – António Costa
Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros – Diogo Freitas do Amaral
Ministro de Estado e das Finanças – Luís Campos Cunha
Ministro da Defesa Nacional – Luís Amado
Ministro da Economia e da Inovação – Manuel Pinho
Ministro do Trabalho e da Solidariedade Social – Vieira da Silva
Ministro da Justiça – Alberto Costa
Ministro da Saúde – Correia de Campos
Ministro da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas – Jaime Silva
Ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações – Mário Lino
Ministro da Educação – Maria de Lurdes Rodrigues
Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior – José Mariano Gago
Ministro da Presidência – Pedro Silva Pereira
Ministro dos Assuntos Parlamentares – Augusto Santos Silva
Ministra da Cultura – Isabel Pires de Lima
Ministro do Ambiente, do Ordenamento do Território e do Desenvolvimento Regional – Francisco Nunes Correia
Secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros – Jorge Lacão

[2119]

5 Março, 2005 at 10:45 am


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Março 2005
S T Q Q S S D
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.