(AINDA O) DÉFICE ORÇAMENTAL

3 Novembro, 2003 at 6:23 pm 3 comentários

Para limitar o défice orçamental de 2003, o Ministério das Finanças projecta ceder ao Citigroup (maior banco norte-americano) cerca de 10 000 milhões de euros de dívidas dos contribuintes ao Fisco e 2 500 milhões de euros de dívidas à Segurança Social. De imediato, o Banco deverá .adiantar. até 20 % do valor das dívidas adquiridas.

A operação foi atribuída pelo Ministério das Finanças, por .ajuste directo., sem concurso público, à .Sociedade de Titularização de Créditos Sagres., detida a 100 % pelo Citigroup, a qual será a única entidade registada na CMVM (Comissão do Mercado de Valores Mobiliários) para realização de operações desta natureza.

Associada a esta operação . e sem entrar no campo de questionar a validade de .manobras. deste género como forma de obter receitas e reduzir o défice ., coloco-me algumas interrogações:

– Como irão ser cobradas essas dívidas?
– Qual o valor total de cedência desses créditos (corresponderá ao valor nominal)?
– Qual a taxa de juro que o Estado português suportará em relação aos valores a adiantar pela adquirente?
– Quem assume o risco da (não) cobrança?
– Qual o direito da adquirente a devolver os créditos não cobrados?
– Caso aplicável, em que prazo?

[523]

Entry filed under: Economia e Gestão, Sociedade.

VISÃO (A PARTIR) DOS EUA 1962 – VATICANO II

3 comentários

  • 1. unknown user  |  4 Novembro, 2003 às 11:50 am

    Bem… considerando que as respostas às tuas perguntas não traduzem condições lesivas para o estado… até acho boa ideia… acho porque pago os impostos todos e nem sequer existe maneira de lhes fugir (como todos os assalariados). Agora, também penso que recorrer a estes tipos de soluções externas (outsorcing) poderá ser o futuro para a “descomplicação” do sistema estatal (obviamente, desde que salvagurdados determinados aspectos, como por exemplo os levantados no post).

  • 2. NunoP  |  4 Novembro, 2003 às 6:12 pm

    É pena que a Oposição não coloque estas questões, se limite a atacar teoricamente o Governo, com questões que todos percebem ser demagógicas…

  • 3. unknown user  |  4 Novembro, 2003 às 6:44 pm

    bem… ultimamente a oposição tem sido protagonizada pelo PCP e pelo BE… porque o maior partido da oposição… bem, sem comentários. Nem os comentários demagógicos consegue tecer.


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Twitter

  • RT @JSnotario: Agora que os relatórios do Banco Mundial foram "descontinuados" porque não resistiram ao fact checking podemos passar aos da… 1 hour ago
  • RT @lequipe: Une perte record pour la Juventus La Juventus affiche une perte record de plus de 200 millions d'euros pour la saison 2020-20… 4 hours ago
  • RT @AFN1982: conseguimos fazer regredir a onda de uma variante bem mais transmissível e perigosa sem confinamentos generalizados e em paral… 4 hours ago

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.


%d bloggers like this: