"HONESTIDADE A TODA A PROVA"

31 Julho, 2003 at 6:26 pm

Em artigo publicado na revista “Selecções do Reader’s Digest” do presente mês de Julho, são apresentados os resultados de um “Inquérito Europeu de Honestidade”, abrangendo cerca de 8 000 pessoas, em 19 países da Europa. 

Vejamos então como foi “colocada à prova” a honestidade dos europeus: 

“1. Ao sair do supermercado, verifica que a caixa lhe deu 10 euros a mais de troco. Volta atrás e devolve o dinheiro? 

2. Bebeu demais numa festa e suspeita que estará muito acima do limite de alcoolemia para conduzir. Mesmo assim, tenta guiar até casa? 

3. Tem uma oportunidade de pagar menos impostos este ano se ocultar parte dos rendimentos que auferiu. Decide fazer isso mesmo? 

4. O parque do estacionamento do centro comercial está lotado, excepto os lugares para deficientes. Só precisa de fazer uma compra e isso não demorará mais que 10 minutos. Estaciona num lugar para deficiente? 

5. Está atrasado para o trabalho, não teve tempo para comprar o bilhete do comboio e o próximo só parte daqui a 20 minutos, Tem boas hipóteses de não ser apanhado. Vale a pena arriscar? 

6. Precisa de uns envelopes e canetas para uso da sua família. Leva alguns da empresa em que trabalha? 

7. Encontra na rua uma carteira com 50 euros, mas sem qualquer identificação ou morada. Entrega-a na esquadra da Polícia? 

8. O seu maior amigo/amiga é casado/a e um dia você vê na rua a mulher/o marido de mão dado com um estranho. Sente obrigação de contar ao seu amigo ou amiga? 

9. As toalhas de banho do hotel em que ficou são muito bonitas. É capaz de meter uma na mala quando se for embora? 

10. Há uma fila enorme na paragem do autocarro e está a chover a potes. O autocarro chega e você constata que não vai ter lugar, a menos que salte a fila. Fá-lo? 

11. São 9 da noite, regressa a casa no seu carro e a auto-estrada está praticamente vazia. Conduz a 20 km/h acima do limite legal para chegar mais depressa? 

12. Um amigo oferece-lhe uma cópia-pirata de um programa para computador muito caro. Aceita a oferta e instala o programa no seu computador?” 

Como se refere no artigo “E você, passa o teste da toalha?”, “Os resultados não são um barómetro científico da virtude europeia, mas apenas um exercício desconcertante de auto-avaliação”. E, mais adiante: “Em geral, nós todos, Europeus, saímo-nos razoavelmente bem”. 

E, sem quebrar a “confidencialidade” sobre os resultados do “estudo”, é de assinalar o “grau de honestidade” dos portugueses, particularmente nos seguintes “parâmetros”: (a) nº 1 (devolução do troco recebido em excesso), 3º lugar a nível europeu; (b) nº 5 (não fazer a viagem de comboio sem bilhete), 1º lugar (!); (c) nº 8 (“contar ao amigo …”), também 1º lugar; e (d) nº 10 (não “saltar a fila do autocarro”), 2º lugar. 

Onde “ficamos um pouco mal na fotografia” é nas matérias: (a) nº 9 (ocupamos a 2ª posição europeia a “levar toalhas dos hotéis”) e (b) nº 12 (somos mesmo os “campeões” das cópias-pirata de programas de computador…). 

É claro que não vou revelar os países cujos habitantes revelaram tendências comportamentais “menos honestas”! 

P. S. É com grande satisfação que agradeço ao Francisco José Viegas, pela inclusão de referência a esta página na sua prestigiada relação de links (queria dizer que, quando comecei a minha aventura neste “novo mundo”, foi essa a minha lista de referência, a partir da qual iniciei o caminho de descoberta de belíssimos textos que nos são oferecidos nas mais diversas páginas).

[112]

Entry filed under: Sociedade.

FATIAS DE CÁ – A FLAUTA MÁGICA FUTUROS MEMBROS DA UNIÃO EUROPEIA – CHIPRE (V)


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.


%d bloggers like this: