Archive for 27 Julho, 2003

O MEU PÉ DE LARANJA LIMA (VIII)

“- Gostas assim de passear em .nosso. carro?

– Ele também é meu?

– Tudo que é meu é teu. Como dois grandes amigos.

Fiquei delirante. Ah se eu pudesse contar a todo mundo que era meio dono do carro mais bonito do mundo.”

[98]

27 Julho, 2003 at 6:23 pm

LANCE ARMSTRONG

Ao conseguir hoje a sua 5ª vitória consecutiva (de 1999 a 2003), aos 31 anos, o texano Lance Armstrong entra na .lenda. do .Tour de France., como um dos melhores ciclistas do mundo de todos os tempos (igualando Miguel Indurain, penta-vencedor, entre 1991 e 1995 e superando Jacques Ancquetil, Eddy Merckx e Bernard Hinault, também com 5 vitórias, embora não em anos consecutivos).

Como descreve na sua autobiografia .Every Second Counts., tendo sobrevivido a um cancro testicular, que alastrou aos pulmões e ao cérebro (em 1995, tendo passado por duas operações ao cérebro e tratamentos de quimioterapia), a doença acabou por ser a melhor coisa que lhe aconteceu, na medida em que o fez alterar radicalmente a sua vida:«Antes do diagnóstico, eu era um profissional displicente, que recebia um avultado salário por um trabalho que não desenvolvia a 100%; quando contraí a doença, disse-me a mim próprio: se tiver uma nova oportunidade, vou fazer o meu melhor, vou dar o máximo para me conseguir superar sempre.»

Considera que a doença lhe provocou, por um lado, alterações morfológicas, tendo-lhe o processo de emagrecimento por que passou proporcionado as condições para se tornar num dos melhores .trepadores. (provas de montanha) do mundo e, por outro lado, tornado um homem fortalecido psicologicamente, capaz de enfrentar qualquer desafio ou concorrente.

Armstrong criou entretanto uma Fundação que angariou já 23 milhões de dólares tendo por objectivo o combate à doença e, no plano desportivo, tem agora por ambição superar (pelo menos em resultados) todos os seus predecessores, históricos campeões do .Tour..

Apesar de o 2º classificado ser o .principal derrotado. (e, na maior parte dos casos, .caia no esquecimento.), uma palavra de apreço para o desempenho desse (também) grande campeão que é Jan Ullrich (campeão olímpico e campeão mundial de .contra-relógio.) que, nas suas 6 participações, foi vencedor em 1997 e 2º classificado já por 5 vezes! (em 1996, 1998, 2000, 2001 e 2003), tendo tido o mérito de ter tornado esta a mais difícil de todas as vitórias de Lance Armstrong (uma diferença de apenas .une toute petite minute., ao fim de mais de 3 000 km.).

Para saber (quase) tudo sobre esta grande .epopeia. de 100 anos de .TOUR DE FRANCE., vá aqui.

[97]

27 Julho, 2003 at 6:22 pm

HUMAN DEVELOPMENT INDEX (VII)

Por fim, no que respeita aos factores .Desempenho económico. / .Difusão tecnológica., destacam-se os seguintes indicadores, respectivamente, .PIB em biliões de USD.; .PIB per capita em USD.; .% Crescimento anual do PIB 1990-2001.; .Taxa de inflação média anual 1990-2001.; .Telefones por 1 000 habitantes.; .Telemóveis por 1 000 habitantes.; .Utilizadores de Internet por 1 000 habitantes.:

– Noruega: 166 / 36 815 / 2,9 / 2,2 / 732 / 815 / 464
– Islândia: 7,7 / 27 312 / 2,1 / 2,9 / 664 / 865 / 599
– Suécia: 210 / 23 591 / 1,7 / 1,8 / 739 / 790 / 516
– Austrália: 369 / 19 019 / 2,7 / 2,2 / 541 / 574 / 371
– Holanda: 380 / 23 701 / 2,3 / 2,4 / 621 / 767 / 491
– Bélgica: 230 / 22 323 / 1,9 / 1,9 / 498 / 747 / 310
– EUA: 10 065 / 35 277 / 2,1 / 2,7 / 667 / 451 / 502
– Canadá: 695 / 22 343 / 2,1 / 1,7 / 676 / 362 / 467
– Japão: 4 141 / 32 601 / 1,0 / 0,6 / 586 / 588 / 384
– Suíça: 247 / 34 171 / 0,3 / 1,5 / 732 / 728 / 307
.
– Portugal: 110 / 10 954 / 2,6 / 4,3 / 425 / 774 / 282

Relativamente aos aspectos económicos, Portugal terá ainda que recuperar de forma significativa, particularmente o valor de PIB per capita, assim como necessita conseguir a redução da taxa média de inflação.

Destaque para o número de telemóveis por 1 000 habitantes (uma particularidade portuguesa, que terá provocado inclusivamente a redução do número de telefones fixos), .competindo. ao nível dos maiores utilizadores mundiais (nomeadamente os países nórdicos: Islândia, Noruega, Suécia e Finlândia; para além de Áustria, Itália, Israel e Hong Kong, também acima de 800, com o .recordista mundial. a ser o Luxemburgo, com 920).

Finalmente, a nível de utilizadores de Internet, haverá ainda um longo caminho a percorrer para uma aproximação aos países do topo mundial.

Termina hoje a apresentação dos principais indicadores integrantes do Relatório da ONU sobre o .Índice de Desenvolvimento Humano..

Em síntese, aqui foram destacados, nos últimos 7 dias, os países com melhor desempenho nos aspectos mais relevantes dessa classificação, assim como os correspondentes dados comparativos referentes a Portugal.

Muito mais haveria concerteza a dizer (nomeadamente sobre os países .menos ricos., para usar um eufemismo), mas tal seria uma tarefa árdua e que iria inevitavelmente tornar a leitura cansativa e fastidiosa. Farei portanto, tal como no primeiro dia, nova remissão para o relatório emitido pela ONU.

[96]

27 Julho, 2003 at 10:11 am


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

  • RT @tomasrdacunha: Fernando Torres entra em campo pela última vez. Esta é a despedida de Iniesta. "Cuando volviste a tu casa, al Atlético,… 3 hours ago
  • Incrível a "colagem" de Rui Pedro Braz a Frederico Varandas.. parece um porta-voz oficial 15 hours ago
  • RT @ruimtovar: STE 0 VSC 0 (FT) Clubes portugueses com 5 jogos seguidos sem sofrer golos na UEFA 1989-90 SLB 2008-09 SCB 2019-20 VSC 16 hours ago

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.