Archive for 22 Julho, 2003

O MEU PÉ DE LARANJA LIMA (III)

“- Mas que lindo pezinho de Laranja Lima! Veja que não tem nem um espinho. Ele tem tanta personalidade que a gente de longe já sabe que é Laranja Lima. Se eu fosse do seu tamanho, não queria outra coisa.

– Mas eu queria um pé de árvore grandão.

– Pense bem, Zezé. Ele é novinho ainda. Vai ficar um baita pé de laranja. Assim ele vai crescer junto com você. Vocês dois vão se entender como se fossem dois irmãos.”

[72]

22 Julho, 2003 at 7:46 pm 2 comentários

NOVOS LINKS

A propósito, uma nova actualização de links para “blogues” recomendados (obviamente, a lista nunca estará concluída e, nesta fase, a tendência será para continuar a crescer… já vamos em 40!), incluindo também duas novas secções (em fase “de arranque”), remetendo para alguns dos “melhores blogues” brasileiros e, para já, em língua estrangeira, apenas um em inglês (nos próximos dias, tentarei também pesquisar a “blogosphère française”).

[71]

22 Julho, 2003 at 7:45 pm

"OS BLOGS EM PORTUGAL E NO BRASIL"

Apresento a seguir extractos de uma interessante análise, escrita por Binoc (“O Meu Problema é Sexo”) no passado 31 de Maio. 

“Iniciei o meu primeiro blog em 2001. Na época, não conhecia nenhum blog português. A minha aprendizagem, na falta de referências lusas, fez-se naturalmente, com a “escola brasileira”. O meu primeiro “mestre” foi o Iberê Rodrigues, que escreve o pic-ceu e que apesar de praticamente desconhecido, continua a ser para mim, o melhor blogueiro de língua portuguesa que li até hoje. 

É evidente que este termo “escola brasileira”, é algo muito amplo e de contornos difusos. Basta-nos comparar os “destaques” do Weblogger Brasil com os “Blogs of Note” do blogger.br para verificar que a “gurizada” (a gaiatagem) está quase toda no Weblogger e o pessoal mais velho, no blogger (uns no brasileiro, outros no americano) e que entre ambos, existem diferenças abismais. Mas ainda assim, penso que é real a existência dessa “escola brasileira”, porque independentemente da idade do blogueiro, é comum aos blogs “made in brasil” a existência duma festa de cor e arte visual, que raramente encontramos paralelo nos blogs anglo-saxónicos, sempre austeros na sua aparência. 

Comparando os blogs do Brasil com os de Portugal, diria que a grande diferença entre eles, deriva do enorme atraso que os portugueses sofrem em relação aos do Brasil. 

Em Portugal, o movimento blog só agora começa a “mexer”, enquanto no Brasil as coisas vão já naquela triste fase, que um dia Portugal também há-de viver, em que os blogs são algo tão comum que, até mesmo qualquer adolescente retardado, desde que se interesse por internet, tem o seu blog. 

A tristeza reside, evidentemente, em o blog desses adolescentes consistir assim numa “coisa” com música e uma mistura anárquica de bonecada, erros grosseiros de ortografia e abreviaturas. 

Em Portugal, muito boa gente ainda julga que um blog deverá conter textos repletos de pérolas literárias e ter uma utilidade superior qualquer, que não seja irmã daquela que leva multidões a fazer sexo sem objectivos de procriação: o mero prazer. 

… 

Mas independentemente de me sentir à margem do mundo blogueiro português, tal não me impede de acompanhar a sua evolução e talvez até, por causa desse meu distanciamento, verificar com certa objectividade, o autismo de que muitos blogs portugueses padecem. Muitos vão ao ponto de não possuirem sequer links para outros blogs, nem sistemas de comentários. Tratam-se de blogs ensimesmados. 

… 

Conheço alguns blogs (brasileiros) escritos por jornalistas. Costumam apresentar-se antes de tudo como seres humanos e entre amigos, pelo que nessa condição, o traje é informal e a conversa é, apesar de escrita, próxima das conversas de café. Nestas circunstâncias, quase todos sabemos que é conveniente não só falar, mas também ouvir. Senão, a conversa tranforma-se em monólogo, ou pior ainda, em aula de faculdade. 

Para terminar, só referir que no Brasil já se passou essa invasão de vips armados em blogueiros e ninguém morreu. Cada vez há mais blogs. (Mas apesar de serem milhares e milhares, falam uns com os outros, faz parte).” 

[70]

22 Julho, 2003 at 8:34 am

HUMAN DEVELOPMENT INDEX (II)

Numa primeira análise à tabela geral, constata-se que os países de mais elevado índice de desenvolvimento humano são os países nórdicos (Noruega, Islândia e Suécia. a Dinamarca e a Finlândia ocupam, respectivamente, a 11ª e 14ª posições).

Em termos gerais, os 15 países membros da União Europeia posicionam-se nos 24 primeiros lugares: Suécia em 3º; Holanda em 5º; Bélgica em 6º; depois, do 11º ao 19º, temos, respectivamente, Dinamarca, Irlanda, Reino Unido, Finlândia, Luxemburgo, Áustria, França, Alemanha e Espanha; a Itália é 21º; Portugal e Grécia .fecham o pelotão europeu., em 23º e 24º.

Nas primeiras 25 posições, as excepções à predominância europeia resumem-se a apenas seis: Austrália, EUA, Canadá, Japão, N. Zelândia (20º) e Israel (22º).

Os futuros membros da União Europeia surgem a partir do 25º lugar (Chipre . vidé post nº 4, de 29 de Junho) e, depois, Eslovénia (29º), R. Checa (32º), Malta (33º), Polónia (35º), Hungria (38º), Eslováquia (39º), Estónia (41º), Lituânia (45º) e Letónia (50º) . a propósito da próxima adesão (daqui a menos de 1 ano) destes países, tenciono escrever alguns textos tendo por objectivo dar a conhecer um pouco da sua realidade actual.

Os países de expressão oficial portuguesa (o estudo, reportado a 2001, não inclui ainda Timor Lorosae) posicionam-se da seguinte forma: Brasil (65º); Cabo Verde (103º); S. Tomé e Príncipe (122º – espero poder escrever algo de positivo nos próximos dias sobre o desfecho da situação conturbada pelo que o país passa nestes dias, até na sequência do protagonismo assumido na obra de Miguel Sousa Tavares, “EQUADOR”, que foi o primeiro tema deste “blogue”); Angola (164º); Guiné-Bissau (166º) e Moçambique (170º).

[69]

22 Julho, 2003 at 7:31 am


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

  • RT @ConstancaSa: E a comunicação social, Paulo, tira as devidas consequências? Ou ele são todos iguais e nós somos os arautos dos boas prát… 8 hours ago
  • RT @MundoMaldini: Justo triunfo del Valencia. Por muchas cosas. Sobre todo premio a la paciencia por aguantar a Marcelino en el momento crí… 8 hours ago
  • RT @pedro_sales: @jcaetanodias errado. dois para sporting, um para benfica e hipótese de um destes clubes vencer ainda a supertaça 2018/19. 8 hours ago

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.