Archive for 20 Setembro, 2004

VASCO DA GAMA (I)

Vasco da Gama Vasco da Gama, a grande figura do imaginário histórico português, protagonista maior dos Descobrimentos, é, paralelamente, uma das figuras mais importantes da História da Humanidade, tendo iniciado, com a sua descoberta do Caminho Marítimo para a Índia, uma nova era dessa História.

Nasceu em Sines, possivelmente em 1468 ou 1469, segundo filho de Estêvão da Gama e de Isabel Sodré (após o irmão Paulo da Gama), eventualmente na torre de menagem do Castelo de Sines.

Pensou seguir a carreira eclesiástica (chegou a fazer, em 1480, a prima tonsura, ou ordenação), mas trocaria esse destino pelo mar.

Em 1492, encontrando-se em Setúbal, corsários franceses atacam uma caravela portuguesa proveniente da Mina; por ordem de D. João II, Vasco da Gama ficou encarregue de tomar as mercadorias de naus francesas que se encontram no porto de Setúbal, tendo sido recompensado, em 1495, pelo seu heroísmo, com a comenda da Ordem de Santiago de Mouguelas e Chouparia.

[1735]

20 Setembro, 2004 at 6:32 pm 1 comentário

O PRAZER DA ESCRITA E OS "BLOGUES"

A propósito de algumas questões que o Luís Ene vem lançando no Ene Coisas (nomeadamente sobre a existência de “um estilo de escrita nos blogues“), e reflectindo sobre o prazer da escrita, que constituirá talvez a principal razão da origem da criação de um “blogue”.

Um impulso irreprimível para, combinando palavras, articular frases, exponencialmente potenciado pela possibilidade de edição imediata, instantaneamente ao alcance da leitura de pessoas em todo o mundo.

Uma forma de revelação do “eu”, abrindo-nos ao mundo, aproximando-nos dos outros. Diários mais ou menos personalizados, mais ou menos íntimos, mais ou menos verosímeis… numa forma de expressão “libertadora” de ideias, desejos, muitas vezes “ocultos” ou que dificilmente seriam verbalizados.

Por vezes, até compulsivamente, com a mesma fluência e naturalidade com que se respira… Sem necessariamente ter como implicação algum tipo de aspiração a “escritor”!

Embora possa estar presente, mesmo que apenas no subconsciente, o romantismo do ideal de realização humana pressupondo o plantar uma árvore, ter um filho e escrever um livro.

Que o “blogue” acaba por, implicitamente, proporcionar, porque ao escrever nele, nos é possibilitada uma conjugação simultânea do prazer da escrita com o “prazer de ser lido”.

[1734]

20 Setembro, 2004 at 12:31 pm

CORTO MALTESE

A partir de hoje, a cada segunda-feira, e durante 16 semanas, o “Público” vai editar (por mais 4 euros), os livros de Corto Maltese, uma genial criação de Hugo Pratt. A não perder!

“Corto Maltese nasceu em La Valeta (Malta) em 1886, de pai inglês (Cornualha) e mãe espanhola (andaluza, a residir em Gibraltar). Tem nacionalidade britânica e domicílio em Antígua, nas Antilhas Inglesas. Marinheiro de profissão, solteiro, tem 1,87 m de altura, olhos negros e exibe um brinco na orelha esquerda. A sua biografia é difícil de estabelecer, tantas são as zonas de mistério e sombra…”

Há 1 ano no Memória Virtual – “ZX Spectrum”

[1733]

20 Setembro, 2004 at 8:45 am


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Setembro 2004
S T Q Q S S D
« Ago   Out »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.