Archive for 12 Janeiro, 2004

"LIVE JOURNAL" (II)

As páginas “alojadas” no “Live Journal” (“jornais”) caracterizam-se por uma forte componente fotográfica, geralmente predominante, com uma significativa “população feminina”, maioritariamente “sub-30”. Em geral, depreende-se que serão utilizados por pessoas com um conhecimento médio de informática que será superior ao dos utilizadores do blogspot, tratando-se também de uma “vaga” que precedeu o grande “boom” dos “blogues” verificado em 2003.

Como me foi introduzido pelo Retorta, «é um sistema que favorece os “post ligeiros” e a diarística mais comum, um post popular é um mini-forum/chat».

Ao longo da semana, farei referência aos 30 “jornais” que mais me chamaram a atenção, procurando, como referi anteriormente, dar uma caracterização mínima de cada um deles, embora esta “descoberta” e apreciação deva ser feita, preferencialmente, por si mesmo.

Numa “primeira linha”, destaco os seguintes: Innersmile, Guil, Supertatas, Ulis, Drowninglessons e Umbigoniilista.

Innersmile (“Um Voo Cego a Nada”) – Com um template simples (que julgo ser o standard do “Live Journal”), apenas texto, mas de grande qualidade (privilegiando o conteúdo ao aspecto gráfico); uma página “cultural” de grande interesse, a partir de Coimbra, em que se discutem filmes, literatura, sociedade… O meu favorito!

Guil – Do jovem fotógrafo Bruno Espadana, com excelentes fotos (a preto e branco) e textos interessantes, a partir da Nazaré. Um template de um estilo a que estamos mais habituados noutras plataformas.

Supertatas (“Pipi no Planeta Evax”) – Uma página de uma jovem, mais ao estilo dos “blogues” de outras plataformas, não só no template, mas também no conteúdo, atento à realidade. Combina os textos com boas fotos. Muito boa página. embora preferisse que não fosse utilizada alguma escrita numa linguagem “tipo SMS”.

Ulis (Kisses on the Bottom’s ou A Vida por um Fio) – Como o próprio refere, dois “jornais” num só: reflexões pessoais, a par de uma “agenda cultural”. Claro, uma visita “obrigatória”.

Drowninglessons – Uma boa combinação de fotos e textos, geralmente de reflexão.

Umbigoniilista – Uma complementaridade “quase perfeita” entre fotos (excelentes) e textos. Muito bom!

[909]

12 Janeiro, 2004 at 6:56 pm 5 comentários

“LIVE JOURNAL” (I)

A .comunidade. do Live Journal denota especificidades próprias bem marcadas, desde logo a sua organização em .círculos., por afinidade ou centros de interesse e o facto de, para se aceder à plataforma, ser necessário um código (o qual era geralmente fornecido por algum amigo já integrado na .comunidade. . tendo entretanto, recentemente, deixado de ser requerido), o que contribuiu para determinar a sua .sociologia., algo .fechada sobre si mesma..

Subsistindo um pouco à margem do regular .circuito de citações e referências. dos .blogues. residentes noutras plataformas, compreende naturalmente várias páginas de interesse, tendo ainda a característica de permitir criar uma página com os .friends., adicionando as suas .entradas. à página de cada utilizador.

Há já bastante tempo que pretendia fazer uma breve viagem por algumas das melhores páginas aí instaladas, com um nível médio de qualidade assinalável.

Confesso contudo que a disponibilidade de tempo escasseia e as visitas que vou fazendo . à excepção do Innersmile, que constituiu a minha .porta de entrada neste mundo., depois de me ter sido indicado pelo Retorta . são algo irregulares, pelo que me parece ser necessária a ressalva de constituir objectivo desta pequena série de textos . que apresentarei ao longo da semana . dar a conhecer algumas dessas páginas, com uma caracterização mínima, que pecará concerteza pela falta de um conhecimento .mais aprofundado.; isto sem esquecer que existirão obviamente outras que não tive sequer oportunidade de conhecer.

[908]

12 Janeiro, 2004 at 1:45 pm 1 comentário

“OS MELHORES FILMES DOS ANOS 50”

1 – Shichinin no samurai (1954) 8.8
2 – Rear Window (1954) 8.7
3 – North by Northwest (1959) 8.6
4 – 12 Angry Men (1957) 8.6
5 – Sunset Blvd. (1950) 8.6
6 – Paths of Glory (1957) 8.5
7 – Vertigo (1958) 8.5
8 – All About Eve (1950) 8.4
9 – Rashômon (1950) 8.4
10 – Some Like It Hot (1959) 8.4

(Listagem com base na votação “qualitativa” dos visitantes de IMDb.com).

[907]

12 Janeiro, 2004 at 8:49 am

NOVOS PAÍSES MEMBROS DA UNIÃO EUROPEIA – LITUÂNIA (I)

Os antepassados dos lituanos, os “Bálticos”, estabeleceram-se na região cerca de 2000 A.C..

A Lituânia viria a emergir como grande estado, em meados do século XIII, com a união dos territórios Bálticos com Mindaugas, tornando-se um Grão-Ducado.

Resistindo aos ataques das Ordens Livonianas e Teutónicas, a Lituânia viria, no final do século XIV, a tornar-se um dos mais poderosos estados da Europa Oriental.

Depois de ter sido um Grão-Ducado independente, a Lituânia foi depois província polaca (união em 1386), tendo sido posteriormente incorporada na Rússia (século XVI).

Com a morte do Grão-Duque Vytautas em 1430, o estado lituano começou a declinar, levando, em 1560, a uma união com a Polónia, na chamada “União de Lublin”. Numa primeira fase, a Lituânia seria uma parte independente do Estado Lituano-Polaco, acabando por tornar-se mais tarde numa das suas províncias.

[906]

12 Janeiro, 2004 at 8:08 am 1 comentário


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.