FIM DA (EX-)JUGOSLÁVIA

22 Maio, 2006 at 1:56 pm 6 comentários

Na outrora cidade de Titograd, actual Podgorica, celebra-se hoje a votação no referendo (55,4 % de votos “sim” à independência) que possibilitará o nascimento de um novo país soberano na Europa, o Montenegro, ao mesmo tempo que consubstancia o fim do sonho de Tito, da união dos povos “eslavos do sul” na Jugoslávia.

Depois da Eslovénia, Croácia, Bósnia-Herzegovina e Macedónia, o Montenegro é a última nação a autonomizar-se do poder centralizador da Sérvia, assim se abrindo uma nova página na história.

P. S. Subsiste pendente de resolução o caso do Kosovo, ainda com o estatuto de província sérvia, actualmente sob tutela da ONU.

Entry filed under: Sociedade.

"O SEGREDO DOS TEMPLÁRIOS" (I) HISTORIAL EUROPEU ESPERANÇAS

6 comentários Add your own

  • 1. Tripas à moda do Porto  |  22 Maio, 2006 às 2:51 pm

    ainda falta o Kosovo

    Responder
  • 2. Leonel Vicente  |  22 Maio, 2006 às 3:07 pm

    É verdade, sendo que esse território se encontra já sob tutela da ONU.

    Responder
  • 3. Tripas à moda do Porto  |  22 Maio, 2006 às 3:50 pm

    e a Vojvodina…

    Não concordo com a questão da centralização, o poder Sérvio não teve muito de centralizador, foi durante muito tempo exercido por um Croata (Tito), que desenvolveu principalmente a Eslovénia e a Croácia e que deixou a Sérvia entregue à Agricultura e a Macedónia, e o Kosovo abandonados

    Responder
  • 4. Leonel Vicente  |  22 Maio, 2006 às 4:42 pm

    Centralizador, no pós-Tito… com Milosevic.

    Responder
  • 5. Tripas à moda do Porto  |  22 Maio, 2006 às 9:06 pm

    Caro Leonel Vicente:
    Desculpe se estou a ser chato, mas atrevo-me mais uma vez a discordar, o problema da Jugoslávia no pós Tito não foi o centralismo de Milosevic, mas sim as presidências rotativas entre as Repúblicas, depois sim as tentativas de secessão de Tudjman, do representante da Bósnia e da Eslovénia, levaram a uma tentativa centralista de Milosevic, mas este não é o único nem o principal culpado, do inferno dos Balcãs, para mim o maior é Tito, que não fez o luto da guerra, depois todos os Milosevics, Tudjmans, que pretenderam atacar o poder, a Alemanha, o Vaticano, o Irão, muito são os culpados da barbárie que se viveu nos balcãs.

    Responder
  • 6. Leonel Vicente  |  22 Maio, 2006 às 10:53 pm

    Não está nada a ser chato… Agradeço todas as opiniões e indicações que permitam perceber melhor o que se passou na ex-Jugoslávia.

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Subscribe to the comments via RSS Feed


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Maio 2006
S T Q Q S S D
« Abr   Jun »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.


%d bloggers like this: