Archive for 7 Maio, 2006

LIGA 2005-06 – CLASSIFICAÇÃO FINAL

                            Total                Casa             Fora
                    Jg  V  E  D    G   Pt    V  E  D   G      V  E  D   G
1 FC Porto          34 24  7  3  54-16 79   13  3  1 32- 7   11  4  2 22- 9
2 Sporting CP       34 22  6  6  50-24 72   12  2  3 23- 7   10  4  3 27-17
3 SL Benfica        34 20  7  7  51-29 67   11  4  2 27-10    9  3  5 24-19
4 SC Braga          34 17  7 10  38-22 58   12  3  2 27-10    5  4  8 11-12
5 CD Nacional       34 14 10 10  40-32 52    8  6  3 27-18    6  4  7 13-14
6 Boavista FC       34 12 14  8  37-29 50    8  6  3 24-17    4  8  5 13-12
7 U. D. Leiria      34 13  8 13  44-42 47    6  6  5 22-17    7  2  8 22-25
8 VFC Setúbal       34 14  4 16  28-33 46    8  1  8 15-13    6  3  8 13-20
9 CF E. Amadora     34 12  9 13  31-33 45    7  6  4 18-15    5  3  9 13-18
10 CS Marítimo      34 10 14 10  38-37 44    7  7  3 21-14    3  7  7 17-23
11 FC P. Ferreira   34 11  9 14  38-49 42    8  4  5 24-17    3  5  9 14-32
12 Gil Vicente FC   34 11  7 16  37-42 40    8  4  5 26-18    3  3 11 11-24
13 A. Naval 1º Maio 34 11  6 17  35-48 39    7  3  7 21-22    4  3 10 14-26
14 A. Académica C.  34 10  9 15  37-48 39    5  5  7 15-20    5  4  8 22-28
15 CF Os Belenenses 34 11  6 17  40-42 39    7  2  8 24-19    4  4  9 16-23
16 Rio Ave FC       34  8 10 16  34-53 34    6  4  7 20-23    2  6  9 14-30 
17 VSC Guimarães    34  8 10 16  28-41 34    5  5  7 17-19    3  5  9 11-22 
18 FC Penafiel      34  2  9 23  21-61 15    2  5 10 10-22    -  4 13 11-39

Liga dos Campeões – FC Porto e Sporting CP
Liga dos Campeões (3ª Pré-Eliminatória) – SL Benfica
Taça UEFA – SC Braga, CD Nacional e VFC Setúbal
Despromovidos à II Liga – CF Belenenses, Rio Ave FC, VSC Guimarães e FC Penafiel
Promovidos à I Liga – SC Beira-Mar e CD Aves

– O FC Porto somou o seu 21º título de Campeão Nacional em 72 edições da prova; foi vice-campeão por 24 vezes; 10 3º lugares; 11 4ª lugares; 3 5º lugares; 1 6º; 1 7º; e 1 9º lugar

– O Sporting conquistou já 18 títulos de Campeão; sendo vice-campeão pela 16ª vez; 24 vezes 3º; 10 4º lugares; e 4 5º lugares.

– O Benfica, já Campeão por 31 vezes; conta ainda 24 vice-campeonatos; tendo obtido pela 13ª vez o 3º lugar; 3 4º lugares; e 1 6º lugar.

7 Maio, 2006 at 9:55 pm 1 comentário

LIGA – CENÁRIOS DE DESPROMOÇÃO

Chega hoje ao termo o campeonato da Liga de Futebol, ainda com 7 equipas ameaçadas pelo espectro da despromoção, das quais 3 se juntarão ao Penafiel, na descida à Liga de Honra.

O P. Ferreira é a equipa menos “ameaçada”, com apenas cerca de 2 % de probabilidades de despromoção (apenas em 18 das 729 combinações de resultados possíveis nos 6 encontros em que participarão as 7 equipas ainda em risco) – apenas desceria de divisão se, perdendo com o Benfica: o Gil Vicente vencer o Belenenses; a Naval vencer em Penafiel; e a Académica não perder o jogo com o Marítimo. Empatando ou vencendo, terá a manutenção assegurada.

A Académica apenas seria despromovida em 27 dos cenários possíveis (probabilidade de 4 %), se, perdendo frente ao Marítimo: o Gil Vicente ganhar ao Belenenses; e a Naval derrotar o Penafiel; e independentemente do resultado do P. Ferreira com o Benfica. Empatando ou vencendo, terá também a manutenção assegurada.

Enquanto que o Belenenses regista uma probabilidade de apenas cerca de 5 % (36 em 729); tal ocorreria se, perdendo com o Gil Vicente: a Académica não perder com o Marítimo; e a Naval vencer em Penafiel; e o P. Ferreira não seja derrotado pelo Benfica. Empatando ou vencendo, terá igualmente a manutenção assegurada.

O Gil Vicente antevê a possibilidade de despromoção em 189 das 729 combinações (risco “teórico” de 26 %): será despromovido se, empatando com o Belenenses, a Naval ganhar (independentemente dos restantes resultados). Igual sorte se, perdendo o seu jogo: a Naval vencer; ou se o Guimarães vencer e se (vencendo os vimaranenses o seu jogo), o Rio Ave ganhar também; ou se, empatando a Naval, o Rio Ave vencer e o Guimarães não ganhar.

Por sua vez, a Naval, com 67 % de cenários conduzindo à despromoção (486 em 729), dela escapará se, “simplesmente”, vencer em Penafiel, dependendo, portanto, exclusivamente de si; é a aliás a única equipa que, em nenhum dos cenários, está dependente dos resultados das diversas outras partidas; o único “se” que impende sobre si é o da vitória no seu jogo: se ganhar, mantém-se na Liga; se não ganhar, desce de Divisão.

Os principais candidatos à despromoção são, não obstante, o Guimarães (98 % de probabilidades de descida, uma vez que apenas se “salvaria” em 18 dos 729 cenários possíveis) e o Rio Ave (99 % de probabilidade de despromoção, com apenas 9 cenários favoráveis!).

Para que o Guimarães conseguisse materializar o “milagre” da manutenção teria de, ganhando o seu jogo, e esperando que o Gil Vicente perca frente ao Belenenses: a Naval ser derrotada e o Rio Ave não vencer… demasiados “ses”?

Por fim, no caso do Rio Ave, a esperança é pouco mais do que meramente “matemática”: o único cenário em que se salvaria seria o de, vencendo o seu jogo em Leiria, Gil Vicente e Naval perdessem… e isto, desde que, por outro lado, o Guimarães vencesse também.

7 Maio, 2006 at 10:28 am Deixe um comentário


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Maio 2006
S T Q Q S S D
« Abr   Jun »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.