Archive for 16 Outubro, 2003

BANDA DESENHADA – EXPOSIÇÕES

A .BD é uma Arte. . exposição de Banda Desenhada, de Segunda a Sábado na Biblioteca Nacional, em Lisboa (até 6 de Dezembro).

Em paralelo, a partir de amanhã (e até 2 de Novembro), na Amadora (Escola Intercultural, Venda Nova), o 14º Festival Internacional de Banda Desenhada, com destaque para a BD no feminino (autoras, heroínas e outras personagens), em particular a americana e franco-belga.

P. S. Mais agradecimentos, ao Jornalismo e Comunicação, Crítico Musical e à Carla / Bomba Inteligente.

[410]

Anúncios

16 Outubro, 2003 at 10:03 pm

"MANAGER" (IV) – DELEGAR

Dirigir corresponde a fazer “fazer”.

A responsabilidade do dirigente é a de atingir os objectivos propostos. Para tal, foi-lhe conferido o poder de confiar aos seus colaboradores objectivos precisos, missões e tarefas concretas.

A delegação permite: gerir melhor o tempo; contornar sobrecargas de trabalho, utilizar e desenvolver as competências dos colaboradores, aumentar o seu sentido de responsabilidade, desenvolver a sua motivação, instalar a confiança.

Porém, nem tudo pode ser delegado; há tarefas que são da responsabilidade do dirigente. Por outro lado, a selecção das pessoas a quem serão delegadas tarefas é um ponto-chave no êxito do processo; é necessário que os colaboradores disponham das competências suficientes e que se encontrem motivados para a realização das tarefas atribuídas, assim como que disponham do tempo necessário. Delegar pressupõe portanto um bom conhecimento das características de cada colaborador.

A delegação deve ser proposta (e não imposta) ao colaborador, devendo ser claramente delimitada e sublinhada a co-responsabilidade.

[409]

16 Outubro, 2003 at 8:30 pm

PAPA JOÃO PAULO II – 25 ANOS

O Papa João Paulo II celebra hoje 25 anos de Pontificado, em que realizou 102 viagens ao estrangeiro, tendo visitado 131 países, incluindo (por 4 vezes) Portugal.

Karol Wojtila nasceu em Wadovice, Cracóvia (Polónia) em 18 de Maio de 1920, tendo sido ordenado sacerdote em 1946. Viria a ser eleito bispo em 1958 e, de seguida, promovido a arcebispo de Cracóvia em 1964, ascendendo a Cardeal em 1967. Por fim, foi eleito sumo-pontífice, em Roma, em 16 de Outubro de 1978.

Este é já, nesta altura, o terceiro mais longo pontificado da história, após o do Beato Pio IX (1846-1878), Papa durante cerca de 32 anos e o de Leão XIII (1878-1903), Pontífice por 25 anos e 5 meses.

Independentemente da situação actual de saúde do Papa e da sua eventual “resignação”, há que relembrar o seu inegável papel de pacificação e conciliação ao longo destas décadas de “grande turbulência” internacional.

[408]

16 Outubro, 2003 at 2:25 pm

"RETENÇÃO" vs. "PROMOÇÃO AUTOMÁTICA" (II)

Ao invés, será a “retenção” escolar um “mal necessário”? A “passagem de ano automática” avolumará/agravará os problemas/dificuldades dos alunos até atingir um nível incomportável e impeditivo do efectivo sucesso (aproveitamento) escolar, dada a absoluta falta de preparação?

Poderá a repetição de ano constituir uma oportunidade suplementar ao aluno? Possibilitando-lhe suprir, no curto prazo, as suas limitações escolares e, a longo prazo, prosseguir, com maior grau de êxito, os seus estudos?

Traduzirá de forma mais adequada os diferentes ritmos de aprendizagem de cada aluno? Poderá contribuir para que, por via da recuperação das bases em falta, o aluno adquira maior auto-confiança para os anos seguintes?

E a que níveis escolares será a “retenção” mais pertinente, necessária ou útil? No limite, a que soluções alternativas poderão os professores e responsáveis escolares recorrer?

A reacção dos pais face à reprovação dos filhos tenderá a divergir, consoante a sua condição social, oscilando entre a “recusa” (nos meios sociais favorecidos) – traduzindo-se, por exemplo, no abandono do ensino público (por ser apercebido como ineficaz) e passagem ao ensino privado – e a “resignação” nas camadas sociais mais baixas (acabando, muitas vezes, no abandono escolar).

Por outro lado, serão os professores os maiores defensores do sistema de “retenção”, entendido como uma medida indispensável ou “necessária”?

Na Europa, o sistema é adoptado nomeadamente em Portugal (com uma das maiores taxas de reprovação da Europa, 14 %), Alemanha, Bélgica (maior taxa de reprovação, 16 %), Espanha, França, Holanda, Itália e Suíça.

Por fim, esta questão cruza-se directamente com a política de orientação / diferenciação dos estudos, na sua dupla vertente, de formação “académica” e formação técnico-profissional.

[407]

16 Outubro, 2003 at 7:06 am 2 comentários

1950 – TIBETE

“O “tecto do mundo” é invadido por tropas chinesas e anexado. Nove anos depois, a repressão de Pequim a uma tentativa de rovolta em Lhasa obriga o Dalai-Lama, chefe espiritual e político tibetano, a refugiar-se na Índia, onde continua a lutar pela sobrevivência do seu povo”.

[406]

16 Outubro, 2003 at 7:05 am


Autor – Contacto

Destaques

Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Erro: Twitter não está a responder. Por favor espere alguns minutos e recarregue esta página.

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.