Archive for 2 Junho, 2008

TGV – Lançado primeiro Concurso Público – Poceirão-Caia

O Governo lançou hoje o concurso público relativo à construção do troço Poceirão-Caia da Rede de Alta Velocidade (“TGV”), numa extensão de cerca de 200 km, integrando a ligação Lisboa-Madrid – a iniciar em 2010, prevendo-se que possa entrar em serviço em 2013 -, colocando as capitais ibéricas a 2h45 de distância, atingindo uma velocidade máxima de 350 km/hora. O traçado prevê estações em Évora (a 30 minutos de Lisboa) e em Elvas. O preço do bilhete Lisboa-Madrid é, nesta data, estimado em 100 euros.

O custo estimado do investimento neste primeiro troço ascende a cerca de 1 700 milhões de euros (correspondendo a cerca de 340 milhões de contos), esperando o Governo que o custo real venha a situar-se a um patamar algo inferior a esta projecção. O custo total da Rede de Alta Velocidade é, nesta altura, calculado em cerca de 7 100 milhões de euros.

As próximas etapas previstas são: Lisboa-Poceirão (compreendendo também a nova ponte Chelas-Barreiro), com um investimento estimado em cerca de 1 600 milhões de euros; seguindo-se Lisboa-Pombal e Pombal-Porto (total previsto de 3 800 milhões de euros).

Por outro lado, a linha Porto-Vigo deverá começar a ir a concurso no final de 2009 (troço Braga-Valença), com um investimento de cerca de 800 milhões de euros.

Anúncios

2 Junho, 2008 at 10:15 pm Deixe um comentário

120 anos do Jornal de Notícias

O Jornal de Notícias, um dos jornais diários de maior tiragem em Portugal, comemora hoje o seu 120º aniversário.

Fundado por José Diogo Arroio, Manuel Vaz de Miranda e Aníbal da Costa Morais, a sua edição número 1, composta por apenas 4 páginas, em 7 500 exemplares, foi publicada a 2 de Junho de 1888.

Os meus Parabéns a toda a equipa de colaboradores, na pessoa do seu Director, José Leite Pereira.

2 Junho, 2008 at 9:55 pm Deixe um comentário

Historial do Campeonato Europa Futebol (VIII)

VIII – 1988 (Alemanha)

Finalmente, a famosa “Laranja Mecânica” – que ficara às portas da “glória mundial” em 1974 e 1978 e, depois de eliminada na fase de qualificação do anterior Campeonato da Europa pelos famosos (e não isentos de polémica) 12-1 do Espanha-Malta -, ancorada numa “constelação de estrelas”, em que brilhava com mais intensidade Marco van Basten (bem acompanhado por Gullit, Rijkaard e pelos irmãos Ronald e Erwin Koeman), sagrava-se Campeã da Europa, na VIII edição da prova, cuja fase final foi disputada em 1988 na Alemanha.

Portugal, com um grupo difícil – e, na sequência do “Caso Saltillo” (Mundial do México, em 1986), com a indisponibilidade da quase totalidade dos jogadores que haviam participado nessa prova e sob o comando sui generis de um seleccionador sem ligação ao mundo do futebol – ficaria mais uma vez pela fase de qualificação, em 3º lugar, num grupo ganho pela Itália, a que se seguiu a Suécia. Portugal apenas obteria 2 vitórias (uma delas na Suécia), conseguindo a proeza de empatar 2-2 em casa com Malta (a mesma selecção que, 4 anos antes, perdera 12-1 com a Espanha…).

Ler o artigo completo

(EURO 2008 via Twitter)

2 Junho, 2008 at 11:35 am Deixe um comentário


Autor – Contacto

Destaques

Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.