Archive for 1 Junho, 2008

Hillary Clinton vence em Porto Rico (act.)

Hillary Clinton terá obtido hoje a sua última vitória nas eleições Primárias do Partido Democrático, no Estado associado de Porto Rico, registando uma clara vantagem face a Barack Obama (68 % – 32 %).

Não obstante, este resultado não terá impacto sobre o desfecho esperado no que respeita à nomeação do candidato Democrata às eleições Presidenciais estado-unidenses.

Com base nos resultados já apurados, dos 55 delegados hoje em disputa, Hillary Clinton garantiu 38, contra apenas 17 de Obama. Com estes números, a vantagem de Obama reduz-se ligeiramente, passando a ser de 115 delegados: conta agora um total de 1 739,5 delegados eleitos, face a apenas 1 624,5 de Hillary Clinton.

Entretanto, a última actualização da projecção de repartição de “Superdelegados” atribui a Barack Obama 332 delegados adicionais, enquanto Hillary Clinton disporá apenas de 294. Neste pressuposto, Obama somaria portanto um número global de 2 071,5 representantes na Convenção, a escassos 46,5 do (novo) “número mágico” de 2 118, que lhe conferirá a nomeação.

O processo de Primárias Democratas conclui-se na próxima terça-feira, dia 3 de Junho, com as votações nos Estados de Montana e South Dakota, para eleição dos últimos delegados à Convenção de Denver, respectivamente 16 e 15.

1 Junho, 2008 at 11:08 pm Deixe um comentário

Delegados da Florida e Michigan com 1/2 voto

Na sequência da deliberação do Comité do Partido Democrático ontem reunido, os resultados das votações nas eleições Primárias disputadas na Florida e no Michigan ditarão a eleição de delegados à Convenção Democrata de Denver, mas contando apenas com 1/2 voto cada, devido à antecipação (não autorizada pelo Partido) da data em que foram realizadas.

Em condições normais, a Florida designaria 185 delegados, enquanto o Michigan teria 128 representantes eleitos; dada a redução destes números a 50 % (portanto um total de 156,5), o total de delegados a eleger passa a ser de 3 409,5 (em lugar dos 3 253 até agora considerados, excluindo a representação destes Estados).

Nesta complexa aritmética das Primárias Democratas, os participantes na Convenção passam a ascender a um total de 4 234 (contando ainda com cerca de 824,5 “Superdelegados” – dos quais 13 provenientes da Florida e 14,5 do Michigan). Desta forma, o famoso “número mágico” de delegados necessários para alcançar a nomeação como candidato democrata às eleições de Novembro passa de 2 025 a 2 118.

Os 92,5 “votos” a que a Florida terá direito foram atribuídos com a seguinte repartição: Hillary Clinton, 52,5; Barack Obama, 33,5; e John Edwards, 6,5. Por seu lado, os 64 “votos” que representarão o Michigan foram atribuídos a Hillary Clinton (34,5) e a Barack Obama (29,5).

Em termos totais, e no dia em que se disputam as Primárias no Estado associado de Porto Rico, Barack Obama passa assim a dispor de 1 722,5 delegados, enquanto Hillary Clinton conta agora com 1 586,5; remanescem ainda por reafectar 14,5 delegados eleitos por John Edwards.

Por fim, considerando a projecção de “Superdelegados” apoiantes de cada candidato (325,5 para Barack Obama; 284,5 para Hillary Clinton – números antes da distribuição dos representantes da Florida e Michigan), Obama somaria um total de 2 048 delegados… necessitando apenas de 70 (dos cerca de 300 ainda “disponíveis”) para garantir a nomeação.

1 Junho, 2008 at 1:52 pm Deixe um comentário


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.