Archive for 14 Junho, 2006

MUNDIAL 2006 – RESULTADOS E CLASSIFICAÇÕES

GRUPO A             Jg  V  E  D   G  Pt   Alemanha-Costa Rica…4-2
1 Alemanha Alemanha 2 2 – – 5-2 6 Polónia-Equador…….0-2
2 Equador Equador 1 1 – – 2-0 3 Alemanha-Polónia……1-0
3 Costa Rica Costa Rica 1 – – 1 2-4 – Equador-Costa Rica….—
4 Polónia Polónia 2 – – 2 0-3 – Equador-Alemanha……—
Costa Rica-Polónia….—


GRUPO B             Jg  V  E  D   G  Pt   Inglaterra-Paraguai…1-0
1 Inglaterra Inglaterra 1 1 – – 1-0 3 Trinidad-Suécia…….0-0
2 Trinidad T. Trinidad Tobago 1 – 1 – 0-0 1 Inglaterra-Trinidad…—
2 Suécia Suécia 1 – 1 – 0-0 1 Suécia-Paraguai…….—
4 Paraguai Paraguai 1 – – 1 0-1 – Suécia-Inglaterra…..—
Paraguai-Trinidad…..—


GRUPO C             Jg  V  E  D   G  Pt   Argentina-C. Marfim…2-1
1 Argentina Argentina 1 1 – – 2-1 3 Sérvia Mont.-Holanda..0-1
2 Holanda Holanda 1 1 – – 1-0 3 Argentina-Sérvia Mont.—
3 C. Marfim C. Marfim 1 – – 1 1-2 – Holanda-C. Marfim…..—
4 Sérvia Mont. Sérvia e Montenegro 1 – – 1 0-1 – Holanda-Argentina…..—
C. Marfim-Sérvia Mont.—


GRUPO D             Jg  V  E  D   G  Pt   México-Irão………..3-1
1 México México 1 1 – – 3-1 3 Angola-Portugal…….0-1
2 Portugal Portugal 1 1 – – 1-0 3 México-Angola………—
3 Angola Angola 1 – – 1 0-1 – Portugal-Irão………—
4 Irão Irão 1 – – 1 1-3 – Portugal-México…….—
Irão-Angola………..—


GRUPO E             Jg  V  E  D   G  Pt   Itália-Ghana……….2-0
1 R. Checa R. Checa 1 1 – – 3-0 3 EUA-R. Checa……….0-3
2 Itália Itália 1 1 – – 2-0 3 Itália-EUA…………—
3 Ghana Ghana 1 – – 1 0-2 – R. Checa-Ghana……..—
4 EUA EUA 1 – – 1 0-3 – R. Checa-Itália…….—
Ghana-EUA………….—


GRUPO F             Jg  V  E  D   G  Pt   Brasil-Croácia……..1-0
1 Austrália Austrália 1 1 – – 3-1 3 Austrália-Japão…….3-1
2 Brasil Brasil 1 1 – – 1-0 3 Brasil-Austrália……—
3 Croácia Croácia 1 – – 1 0-1 – Japão-Croácia………—
4 Japão Japão 1 – – 1 1-3 – Japão-Brasil……….—
Croácia-Austrália…..—


GRUPO G             Jg  V  E  D   G  Pt   França-Suíça……….0-0
1 Coreia Sul Coreia do Sul 1 1 – – 2-1 3 Coreia Sul-Togo…….2-1
2 França França 1 – 1 – 0-0 1 França-Coreia Sul…..—
2 Suíça Suíça 1 – 1 – 0-0 1 Togo-Suíça…………—
4 Togo Togo 1 – – 1 1-2 – Togo-França………..—
Suíça-Coreia Sul……—


GRUPO H             Jg  V  E  D   G  Pt   Espanha-Ucrânia…….4-0
1 Espanha Espanha 1 1 – – 4-0 3 Tunísia-A. Saudita….2-2
2 Tunísia Tunísia 1 – 1 – 2-2 1 Espanha-Tunísia…….—
2 A. Saudita A. Saudita 1 – 1 – 2-2 1 A. Saudita-Ucrânia….—
4 Ucrânia Ucrânia 1 – – 1 0-4 – A. Saudita-Espanha….—
Ucrânia-Tunísia…….—

14 Junho, 2006 at 9:58 pm Deixe um comentário

MUNDIAL 2006 – GRUPO H – 1ª JORNADA / GRUPO A – 2ª JORNADA

EspanhaUcrânia4-0

Espanha Iker Casillas, Mariano Pernia, Carlos Puyol, Xavi, Fernando Torres, Luis Garcia (77m – Cesc Fabregas), Xabi Alonso (55m – David Albelda), Sergio Ramos, Marcos Senna, David Villa (55m – Raul) e Pablo

Ucrânia Oleksandr Shovkovskyi, Andriy Nesmachnyi, Anatoliy Tymoschuk, Vladimir Yezerskyi, Andriy Rusol, Andriy Shevchenko, Oleg Gusev (46m – Andriy Vorobey), Andriy Voronin, Andriy Gusin (46m – Oleg Shelayev), Vladyslav Vashchuk e Ruslan Rotan (64m – Serhiy Rebrov)

1-0 – Xabi Alonso – 13m
2-0 – David Villa – 17m
3-0 – David Villa – 48m (g.p.)
4-0 – Fernando Torres – 81m

Melhor jogador – Xavi (Espanha)

Amarelos – Andriy Rusol (17m), Vladimir Yezerskyi (53m)

Vermelho – Vladyslav Vashchuk (47m)

Árbitro – Massimo Busacca (Suíça)

Leipzig (14h00)


TunísiaA. Saudita2-2

Tunísia Ali Boumnijel, Karim Haggui, Zied Jaziri, Hatem Trabelsi, Yassine Chikhaoui (82m – Karim Essediri), Jaouhar Mnari, Riadh Bouazizi (55m – Mehdi Nafti), Adel Chedli (69m – Kaies Ghodhbane), Radhi Jaidi, David Jemmali e Hamed Namouchi

A. Saudita Mabrouk Zaid, Ahmed Dokhi, Redha Tukar, Hamad Al Montashari, Omar Al Ghamdi, Mohammed Noor (75m – Mohammed Ameen), Hussein Sulimani, Saud Kariri, Khaled Aziz, Nawaf Al Temyat (67m – Malek Al Hawsawi) e Yasser Al Kahtani (82m – Sami Al Jaber)

1-0 – Zied Jaziri – 23m
1-1 – Yasser Al Kahtani – 57m
1-2 – Sami Al Jaber – 84m
2-2 – Radhi Jaidi – 90m

Melhor jogador – Zied Jaziri (Tunísia)

Amarelos – Karim Hagui (35m), Riadh Bouazizi (36m), Adel Chedli (65m) e Yassine Chikhaoui 79m)

Árbitro – Mark Shield (Austrália)

Munich (17h00)


AlemanhaPolónia1-0

Alemanha Jens Lehmann, Arne Friedrich (64m – David Odonkor), Bastian Schweinsteiger (77m – Tim Borowski), Torsten Frings, Miroslav Klose, Michael Ballack, Philipp Lahm, Per Mertesacker, Bernd Schneider, Lukas Podolski (71m – Oliver Neuville) e Christoph Metzelder

Polónia Artur Boruc, Marcin Baszczynski, Jacek Bak, Radoslaw Sobolewski, Jacek Krzynowek (77m – Mariusz Lewandowski), Maciej Zurawski, Michal Zewlakow (83m – Dariusz Dudka), Ebi Smolarek, Arkadiusz Radomski, Bartosz Bosacki e Ireneusz Jelen (90m – Pawel Brozek)

1-0 – Oliver Neuville – 90m

Melhor jogador – Philipp Lahm (Alemanha)

Amarelos – Michael Ballack (58m), David Odonkor (68m), Christoph Metzelder (70); Jacek Krzynowek (3m), Radoslaw Sobolewski (28m) e Artur Boruc (89m)

Vermelho – Radoslaw Sobolewski (75m)

Árbitro – Luis Medina Cantalejo (Espanha)

Dortmund (20h00)

14 Junho, 2006 at 9:50 pm Deixe um comentário

FESTA DOS TABULEIROS (I)

“O Padre José Guilherme Godinho em O Nabão de 1 de Agosto de 1968, aduz novas interrogações: Não se perde no tempo o seu aparecimento? Terá nascido das festas romanas das colheitas a Ceres? Terá nascido do paganismo dos visigodos, naturalistas e essencialmente agrícolas, ou de resquícios pagãos dos árabes gratos pela abundância da Tâmara?

[…]

Frei Manuel da Esperança na sua História Seráfica da Ordem dos Frades Menores de São Francisco na Província de Portugal publicada em Lisboa em 1666, relata como a Rainha Santa Isabel promoveu no reino de Portugal a singular devoção ao Espírito Santo.

[…]

Segundo Jaime Cortesão em Os Descobrimentos Portugueses, as Festas do Espírito Santo ter-se-iam iniciado a partir de 1321 contando-se até fins de quinhentos, 75 cidades, vilas e aldeias cuja igreja matriz tinha o Espírito Santo por orago, cerca de 80 hospitais e albergarias com suas capelas e à volta de 1 milhar de conventos, capelas de igreja e muito principalmente ermidas, daquela invocação. Nesses espaços, outras tantas irmandades do Espírito Santo celebravam festas, procissões e romarias alusivas ao Império e à Coroação do Imperador.

[…]

Temos, pois, a Festa Grande de Tomar tal como sobreviveu e a conhecemos hoje, repartida em duas vertentes fulcrais que se entrelaçam profundamente, sem contudo se confundirem: uma de origem profana, imemorial, outra de origem cristã, mergulhando raízes no culto do Espírito Santo.”

“Como começaram as Festas dos Tabuleiros”, J. A. Godinho Granada, “O Templário”, 28.04.05

14 Junho, 2006 at 8:43 am Deixe um comentário


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Junho 2006
S T Q Q S S D
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.