Archive for 10 Março, 2004

NOVOS PAÍSES MEMBROS DA UNIÃO EUROPEIA – POLÓNIA (III)

O Tratado de Versailles de 1918 reconheceria o Estado Polaco, que ressurgia assim como país independente, cujo território se compunha pela .Pequena Polónia., .Grande Polónia. e parte da Pomerânia, unindo-se ainda a parte da Lituânia central, estabelecendo-se então a República Polaca, com as fronteiras estabelecidas pelo Tratado de Riga de 1921. O país seria então dominado por um regime militar.

Quando os polacos se recusam a ceder Dantzig aos alemães, tal é tomado como pretexto para a invasão do país, a 1 de Setembro de 1939, desencadeando a II Guerra Mundial, vindo os alemães a ocupar todo o território polaco (após uma primeira fase de repartição do território com a Rússia), com o genocídio da sua população judia.

Em 1945, na Conferência de Ialta, foram fixadas as novas fronteiras da Polónia (com a cedência de parte importante do território de leste à União Soviética e a deslocação da fronteira cerca de 300 km para Oeste, absorvendo parte da Alemanha), instalando-se um governo comunista, sendo votada, em 1947, a Constituição da República Popular Polaca, posteriormente revista pela Constituição de 1952.

Em 1956, a influência da igreja católica, baseando-se na insatisfação da população, origina a primeira insurreição contra o poder comunista, seguindo um modelo estalinista, conseguindo-se na época uma primeira abertura do regime.

Nos anos 70, Edward Gierek inicia uma política de aproximação ao Vaticano. Em 1976, teria início uma fase de greves em protesto contra o aumento do custo de vida, levando à reforma da Constituição, na sequência da pressão de grupos católicos e intelectuais.

Em 1979, a visita do Papa João Paulo II provoca uma grande vaga popular, levando a que o Sindicato .Solidariedade., dirigido por Lech Walesa, fosse reconhecida pelo governo. Uma nova onda de greves grassa no país, levando à demissão de Gierek.

Em 1981, o chefe do governo, Wojciech Jaruzelski (suportado pela União Soviética), recusa a petição do .Solidariedade. para a realização de eleições livres, impondo a lei marcial e prendendo os líderes sindicais, proibindo o sindicato, estabelecendo um junta militar para dirigir o país.

[1077]

Anúncios

10 Março, 2004 at 6:42 pm

"BLOGOSFERA REGIONAL" (IV)

Nos próximos 5 dias estaremos em viagem pelo Alentejo, numa ronda pela “blogosfera regional” alentejana, com referência a 20 “blogues”. Começando hoje com: A Voz do Baixo Alentejo na Net, Alandroal, Alentejanando e Alentejão.

P. S. A propósito, indica o Alandroal que Paulo Querido publicará no “Expresso”, no próximo sábado, um artigo sobre os “blogues regionais”.

[1076]

10 Março, 2004 at 12:36 pm 4 comentários

"ESCRITA EM DIA"

A propósito de futebol, esta “madrugada” ouvia Francisco José Viegas (parabéns pelo feito de ontem do FC Porto!) no “Escrita em Dia” (Antena 1 – às Quartas, logo após o noticiário das 0.00h), entrevistando (“à conversa com…”) Afonso de Melo (tendo por tema a escrita literária sobre futebol).

E, “de repente”, no decurso de uma agradável conversa, “resolvem presentear-me”, quando Afonso de Melo (jornalista, escritor, cronista de viagens – autor, por exemplo, de “Portugal em calções”) começa a relembrar os tempos dos “cromos da bola” (aqueles que vinham embrulhados em rebuçados e, com a caderneta completa, davam direito a um magnífico prémio: uma bola “a sério”).

E fala então daquela famosa defesa do União de Tomar (com uma cacofonia “engraçada”): Conhé, Kiki, Caló, Faustino e Barnabé!

Para, logo de seguida, relembrar ainda que, na mesma equipa, jogavam também Bolota, Camolas e Totói.

E, agora relembro eu (teria os meus 6 anos…), havia ainda Manuel José e, depois, Nh’abola, Franque, e até (pasme-se!) Eusébio e Simões.

Parafraseando o grande Carlos Pinhão, “Ai que saudades, ai, ai…”.

É também um pouco da nossa “Memória”!

[1075]

10 Março, 2004 at 8:01 am 2 comentários


Autor – Contacto

Destaques

Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.