Archive for 28 Março, 2004

ELEIÇÕES NA GUINÉ-BISSAU

Cerca de 600 mil eleitores guineenses têm hoje a responsabilidade de eleger a nova Assembleia e Governo da Guiné-Bissau, naquela que pode constituir uma das .últimas oportunidades., considerando nomeadamente que, da sua credibilidade, dependerá a evolução dos programas de cooperação internacional, vitais para a reconstrução do país – Pode saber mais sobre o processo eleitoral na página da Comissão Nacional de Eleições.

São apenas as terceiras eleições legislativas, depois das de 1994 (ganhas pelo tradicional PAIGC de Nino Vieira) e das de 1999 (ganhas pelo PRS de Kumba Ialá) e seguem-se a mais um período conturbado da vida guineense, na sequência de golpe de Estado de Setembro de 2003.

Inexistindo sondagens .científicas., os principais candidatos à vitória serão o PAIGC . Partido Africano Independência da Guiné e Cabo Verde (Carlos Gomes Júnior), PUSD . Partido Unido Social Democrático (Francisco Fadul) e PU . Plataforma Unida (Hélder Vaz), mas outras surpresas poderão acontecer, passando desde logo pela incógnita que é hoje o PRS . Partido da Renovação Social (Alberto Nambeia).

Concorrem ainda, entre outras, as seguintes forças políticas: UM . União para a Mudança (Amine Saad), UE . União Eleitoral (Joaquim Baldé), PMP . Partido do Manifesto do Povo (Faustino Imbali), PUN . Partido da Unidade Nacional (Idrissa Djaló) e RGB . Resistência da Guiné-Bissau.

A propósito da (minha visão da) Guiné-Bissau, remeto para dois textos que escrevi em 15 de Setembro (imediatamente na sequência do último “Golpe de Estado”), que intitulei GUINÉ-BISSAU – PAÍS DE FUTURO (I e II):

Estive na Guiné-Bissau no ano de 1998, por duas vezes, nos meses de Janeiro e Abril (regressei cerca de um mês antes do .golpe de Estado. de Ansumane Mané), prestando colaboração profissional na EAGB . Electricidade e Águas da Guiné-Bissau, em missão ao serviço do Banco Mundial…”

A chegada a Bissau . para quem contactava pela primeira vez com a realidade africana . foi um .choque., começando pelo clima tropical (um .bafo. extremamente quente, à saída do avião, no início de Janeiro, com o “ar pesado” devido ao elevado nível de humidade), pelas sumárias .infra-estruturas. do aeroporto; a primeira visita à cidade de Bissau não deixou de ser uma experiência .enriquecedora….”

[1133]

Anúncios

28 Março, 2004 at 11:50 am 1 comentário

REVISTA DA SEMANA

Visão (25 Março)

“Ponte de Entre-os-Rios caiu por «causas naturais» – Não vai haver julgamento sobre o colapso da ponte de Entre-os-Rios porque o juiz encarregue do caso entendeu que a estrutura caiu exclusivamente devido a causas naturais. Os familiares das vítimas vão recorrer.

Detidos mais cinco suspeitos em Madrid – Com a detenção de mais cinco suspeitos, eleva-se para 18 o número total de detidos no âmbito das investigações sobre os atentados de 11 de Março em Madrid.

«Um por todos, todos por um» contra o terrorismo – No primeiro dia da Cimeira da Primavera, os líderes da União Europeia aprovaram um pacote de medidas que consagra o dever do solidariedade e cooperação entre os Estados-membros para fazer face ao terrorismo. A ideia é mostrar «unidade» perante um «inimigo comum».

Luís Nazaré – «O PS está velho» – Coloca bem alto a fasquia das eleições europeias, ao dizer que o seu partido tem de alcançar um resultado «bastante acima da soma dos votos da direita». Depois se demitir do Secretariado Nacional, este dirigente socialista não esconde algum desencanto.

Defesa de Manuel Abrantes satisfeita – Algumas das testemunhas arroladas pela defesa do ex-provedor adjunto da Casa Pia alteraram esta sexta-feira o «sentido global» dos seus depoimentos, nas palavras do advogado de Manuel Abrantes, que se mostrou confiante à saída do Tribunal de Instrução Criminal.

A lista de pagamentos – Centenas de milhões de dólares, destinados ao pagamento da dívida de Angola à Rússia, foram desviados para contas de dirigentes de ambos os países e empresas misteriosas em vários pontos do globo.”

[1132]

28 Março, 2004 at 9:57 am 2 comentários

"BLOGOSFERA REGIONAL" (XXII)

A concluir esta curta “digressão” pelo Ribatejo, detemo-nos hoje na minha terra (Tomar), permitindo-me também referir (mais uma vez) um “blogue” que tenho vindo a manter, precisamente com a denominação da minha cidade:

Sardoal Virtual
Santa Cita (Tomar)
Thomar
Tomar.

[1131]

28 Março, 2004 at 9:11 am


Autor – Contacto

Destaques

Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

  • RT @2010MisterChip: Los equipos ingleses en la Champions League 2017-18: 10 victorias 3 empates 0 derrotas 40 goles a favor 8 goles en cont… 1 hour ago
  • RT @fcancio: melhor intervencao d marcelo desde q foi eleito e das melhores d um pr d q m lembro. tirando o inicio q m pareceu um pouco for… 2 hours ago
  • RT @Vega9000: Este discurso do Marcelo foi de antologia. Que carga de porrada monumental. 2 hours ago

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.