Archive for 7 Setembro, 2005

MUNDIAL 2006 – QUALIFICAÇÃO (ACT.)

Na jornada de hoje da fase de qualificação para a Fase Final do Mundial de Futebol, o México conseguiu também garantir o apuramento, passando-se assim a 10 países já qualificados: Alemanha, Arábia Saudita, Coreia do Sul, Irão, Japão, Argentina, Ucrânia, EUA, Brasil e México.

Portugal, Itália, Holanda, Costa Rica e Ghana deverão estar entre os próximos países apurados. Equador e Paraguai apresentam-se também em situação bastante favorável para o apuramento.

Dos 198 candidatos à partida, foram já eliminados 137; restam ainda em compita pelo apuramento (para as 22 vagas disponíveis) 51 selecções (algumas delas com meras hipóteses matemáticas).

A Europa contava com 52 participantes, apenas a Alemanha estando já qualificada de ofício. Na sequência da qualificação da Ucrânia (vencedora do Grupo que integra o Campeão da Europa, Grécia), restam ainda por apurar 12 finalistas: 7 vencedores de Grupos, os 2 melhores segundos classificados, sendo os últimos 3 a apurar em sistema de play-off entre os restantes 6 segundos classificados.

Há agora 23 países já eliminados: Finlândia, Macedónia, Andorra e Arménia; Albânia, Geórgia e Cazaquistão; Letónia, Estónia, Liechtenstein e Luxemburgo; Chipre e Ilhas Faroé; Moldávia; Áustria, I. Norte, Azerbaijão e P. Gales; S. Marino; Hungria, Bulgária, Islândia e Malta. Outros 3 apenas mantêm meras hipóteses matemáticas: Bielorussia, Bélgica e Lituânia. Em termos efectivos, restam apenas 24 países em disputa de uma das 12 vagas:

Grupo 1 – Holanda (praticamente apurada) e R. Checa disputam o 1º lugar, e, provavelmente, qualificar-se-ão ambas; a Roménia apenas tem ténues hipóteses de qualificação (via play-off)
Grupo 2 – Ucrânia já apurada; Turquia, Grécia e Dinamarca (em desvantagem) disputam ainda o 2º lugar
Grupo 3 – Portugal está praticamente qualificado (depois do empate de hoje na Rússia, necessita apenas 1 ponto nos 2 jogos ainda a disputar); Eslováquia e Rússia deverão decidir o 2º lugar no jogo de Bratislava, sendo actualmente a vantagem dos eslovacos
Grupo 4 – a 2 jogos do final, Suíça e França continuam empatadas, com Israel a 1 ponto (mas com um jogo a mais), no Grupo mais equilibrado; a Irlanda deu hoje “um passo atrás”, perdendo em casa com a França
Grupo 5 – Itália também praticamente apurada; Noruega, Eslovénia e Escócia (esta em situação desvantajosa) ainda em competição pelo 2º lugar
Grupo 6 – Polónia e Inglaterra disputam o 1º lugar (provavelmente a decidir no jogo que oporá ambas as selecções em Manchester), tendo os ingleses sofrido hoje uma surpreendente derrota na I. Norte
Grupo 7 – Sérvia e Montenegro, Espanha e Bósnia Herzegovina disputam ainda os 2 primeiros lugares
Grupo 8 – Suécia (com ligeira vantagem) e Croácia disputam o primeiro lugar.

De África eram 51 os participantes iniciais, apurando-se os 5 vencedores de Grupos. Há já 40 equipas eliminadas, restando 11 ainda na disputa do apuramento.

Grupo 1 – Togo (surpreendentemente em vantagem) ou Senegal
Grupo 2 – Ghana praticamente já qualificado (deixando “de fora” a África do Sul… e Cabo Verde); apenas a R. D. Congo tem ainda ténues hipóteses
Grupo 3 – Camarões (em vantagem após a vitória na C. Marfim) ou Costa do Marfim
Grupo 4 – Angola, Nigéria ou Zimbabwe
Grupo 5 – Tunísia (em vantagem) ou Marrocos

A Ásia registava à partida 39 participantes; sendo 4 ou 5 apurados: os 2 primeiros de cada grupo; os 3º classificados de cada Grupo disputam entre si o acesso ao play-off com o 4º classificado da América do Norte, Central e Caraíbas. Estão também já eliminadas 33 equipas. A Arábia Saudita, Coreia do Sul, Irão e Japão garantiram já o apuramento. O Uzbequistão e Bahrein disputam o acesso ao play-off com o 4º classificado da América do Norte.

Da América do Norte, Central e Caraíbas vieram 34 participantes; sendo 3 ou 4 os apurados: os 3 primeiros classificados qualificam-se automaticamente; o 4º classificado disputará o play-off com o 5º classificado da Ásia. Estão já eliminados 29 participantes. Os EUA haviam já garantido o apuramento; hoje, foi a vez do México. A Costa Rica está também praticamente apurada. Guatemala e Trinidad e Tobago deverão disputar o acesso ao play-off.

A Oceânia agrupava 12 participantes, com apenas 1 apurado… ou nenhum! Estão já eliminadas 11 selecções. A Austrália disputará o play-off com o 5º classificado da América do Sul.

Por fim, a América do Sul, com os seus 10 participantes, de que sairão 4 ou 5 apurados: os 4 primeiros serão qualificados automaticamente; o 5º classificado disputará o play-off com o vencedor da Oceânia. A Argentina e o Brasil (actual Campeão do Mundo) garantiram já o apuramento. À excepção da Bolívia (eliminada no passado fim-de-semana), estão ainda “em prova” as restantes equipas: Equador (também praticamente apurado), Paraguai, Colômbia, Chile, Uruguai, Peru e Venezuela (esta já com poucas possibilidades de chegar ao apuramento).

7 Setembro, 2005 at 10:21 pm Deixe um comentário

ÍCONES DO SÉCULO (XLII) – 1982 – BARBRA STREISAND

7 Setembro, 2005 at 6:04 pm Deixe um comentário

SOUND + VISION

Porque se juntam dois jornalistas para escrever além dos seus espaços profissionais? Para complementar, para debater, para ir além do que o espaço finito das edições em papel e das emissões de rádio e televisão nos permitem“.

Assim se anuncia a chegada de Nuno Galopim e João Lopes à blogosfera, no Sound + Vision; para escrever sobre “a música, o cinema, o som e a imagem; e também a fotografia, a pintura, a rádio, a televisão, os livros, o que nos entusiasme e estimule“.

Sejam bem-vindos!

7 Setembro, 2005 at 12:38 pm 1 comentário

LÍNGUA PORTUGUESA: SUBSTRATOS GERMÂNICOS

“Veio depois a grande arremetida dos bárbaros germânicos. A Península é outra vez invadida e assolada. Mas os germanos possuíam uma civilização inferior; dominando pelas armas, deixaram intacta a velha cultura, imprimindo-lhe leves modificações, sobretudo no campo do direito.

A língua continua a mesma; porém o vocabulário foi acrescido de um certo número de palavras, que denunciavam as preocupações guerreiras dos conquistadores.

Termos de guerra, sobretudo, ou coisas aparentadas com a guerra, foi quanto a língua adquiriu com a invasão dos germanos: agasalhar, albergar, arreio, baluarte, banir, barriga, bradar, brandir, dardo, elmo, escaramuça, esgrimir, franco, galope, garbo, gastar, guerra, grinalda, luva, marchar, orgulho, raça, roubar, sala, tirar, trepar, etc.

Como vemos, a maioria destes vocábulos tem uma fisionomia acentuadamente militar. A acumulação dos rr parece dar-lhes a sonoridade dum tinir de armas; a natureza violenta e selvática dos germanos espelhou-se nas predilecções do seu vocabulário.”

M. Rodrigues Lapa, “Estilística da Língua Portuguesa”, 8ª ed. (1975)

7 Setembro, 2005 at 8:45 am Deixe um comentário


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Setembro 2005
S T Q Q S S D
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.