Archive for 14 Setembro, 2005

VITÓRIA DO BENFICA

Benfica - Lille

Sete anos depois, no seu regresso à “Champions League”, o Benfica, “100 % vitorioso” (vitória sobre o Lille, vice-campeão de França) – e beneficiando do empate a zero entre o Villareal e o Manchester United – lidera destacado o seu Grupo da Liga dos Campeões!…

14 Setembro, 2005 at 11:15 pm 3 comentários

À PROCURA DO GOLO…

Benfica - Lille

14 Setembro, 2005 at 10:56 pm Deixe um comentário

PONTAPÉ DE SAÍDA

Benfica - Lille

14 Setembro, 2005 at 10:53 pm Deixe um comentário

…O REGRESSO À LIGA DOS CAMPEÕES

Benfica - Lille

14 Setembro, 2005 at 10:51 pm Deixe um comentário

7 ANOS DEPOIS…

14 Setembro, 2005 at 10:36 pm Deixe um comentário

ÍCONES DO SÉCULO (XLVII) – 1986 – WILLIAM HURT

14 Setembro, 2005 at 6:14 pm Deixe um comentário

REALIDADE E FICÇÃO EM “ANJOS E DEMÓNIOS” (III)

Será expectável utilizar a antimatéria como fonte de energia? Não existe qualquer possibilidade de utilizar a antimatéria como recurso energético!

Contrariamente à energia solar, ao carvão ou ao petróleo, a antimatéria não existe na natureza: cada partícula tem de ser produzida laboratorialmente, obrigando a um dispêndio de recursos muito superior ao que resultaria da sua aniquilação.

Uma acumulação desta forma de energia (à semelhança da carga das vulgares pilhas) implicaria perdas tão significativas que tal não será racionalmente possível.

A criação de antimatéria a partir de uma determinada energia, de acordo com a célebre fórmula de Einstein (E=mc2) produziria quantidades iguais de matéria e antimatéria; se fossem ambas reunidas e aniquiladas, dever-se-ia obter a quantidade de energia E; contudo, as perdas no processo seriam enormes, não sendo portanto possível obter quaisquer vantagens.

A antimatéria apenas poderia ser um recurso energético se fosse possível encontrar uma grande “jazida” algures (por exemplo, numa galáxia longínqua…); contudo, até onde foi possível “examinar” o Universo (a milhões de anos-luz), é exclusivamente constituído de matéria normal.

14 Setembro, 2005 at 12:34 pm Deixe um comentário

“ANJOS E DEMÓNIOS" (III)

Fiel à sua técnica narrativa e ao seu esquema argumentativo, Dan Brown usa e abusa de capítulos curtos, com um ritmo vertiginoso, engodando o leitor através de “iscos” habilmente dispostos no final de cada capítulo (similarmente à técnica “telenovelística”, em que cada capítulo encerra a história do anterior e inicia uma nova cena, que apenas tem o seu desfecho no capítulo seguinte), praticamente impossibilitando ao leitor desligar-se do livro, facilitando e impulsionando uma ávida leitura.

Tratando-se como que de um esquisso de “O Código da Vinci”, os personagens apresentam-se menos consistentes, sendo a trama bastante menos ardilosa e trabalhada.

Ainda assim, “Anjos e Demónios” não deixa de ser um trepidante “thriller”, com quase 600 páginas narrando os acontecimentos que se concentram num único dia, entre a madrugada (nos EUA) e a meia-noite (na Cidade do Vaticano) – após passagem pela Suíça -, numa angustiante contagem regressiva visando evitar a anunciada catástrofe, obra de uma organização secreta, sequiosa de vingança, ambicionando destruir a Igreja Católica.

A história inicia-se com um misterioso homicídio de um cientista (marcado a “ferro e fogo” no peito com um estranho símbolo, o ambigrama dos “Illuminati”) num laboratório de investigação – supostamente de máxima segurança –, o CERN – Conseil Européen de Recherche Nucléaire (“Centro Europeu de Pesquisa Nuclear”), localizado na Suíça, no qual é nomeadamente estudada a aceleração de partículas.

14 Setembro, 2005 at 8:20 am 1 comentário


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Setembro 2005
S T Q Q S S D
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.