Archive for 23 Julho, 2006

"TOUR DE FRANCE" 2006

1º  Floyd LANDIS (EUA) - 89h 39' 30"
2º  Oscar PEREIRO SIO (Espanha) - 00' 57"
3º  Andréas KLÖDEN (Alemanha) - 01' 29"
4º  Carlos SASTRE (Espanha) - 03' 13"
5º  Cadel EVANS (Austrália) - 05' 08"
6º  Denis MENCHOV (Rússia) - 07' 06"
7º  Cyril DESSEL (França) - 08' 41"
8º  Christophe MOREAU (França) - 09' 37"
9º  Haimar ZUBELDIA (Espanha) - 12' 05"
10º Michael ROGERS (Austrália) - 15' 07"
11º Frank SCHLECK (Luxemburgo) - 17' 46"
12º Damiano CUNEGO (Itália) - 19' 19"
13º Levi LEIPHEIMER (EUA) - 19' 22"
14º Michael BOOGERD (Holanda) - 19' 46"
15º Marcus FOTHEN (Alemanha) - 19' 57"
16º Pietro CAUCCHIOLI (Itália) - 21' 12"
17º Tadej VALJAVEC (Eslovénia) - 26' 25"
18º Mickael RASMUSSEN (Dinamarca) - 28' 33"
19º José AZEVEDO (Portugal) - 38' 08"
20º Marzio BRUSEGHIN (Itália) - 43' 05"

Depois do estado-unidense Lance Armstrong (sete vezes consecutivas), o estado-unidense Floyd Landis a ser coroado em Paris como o vencedor da maior prova de ciclismo do Mundo.

Landis sucede ao campioníssimo Armstrong (de quem fora companheiro de equipa em 3 das vitórias do texano), tornando-se o terceiro ciclista dos EUA a conquistar na vitória na prova, depois dos triunfos também de Greg Lemond.

Desde início das etapas de montanha dando a sensação de ter a prova controlada, Landis teria um final de etapa penoso nos Alpes – eventualmente por falta de alimentação – perdendo cerca de 10 minutos, caindo para além dos 10 primeiros da classificação. Reagindo à campeão, no dia imediato, ainda em plenos Alpes, atacou decidido, isolando-se de todos os seus adversários, ganhando cerca de 8 minutos para o camisola amarela e colocando-se em posição de ataque… que consumaria no contra-relógio de ontem.

A imagem que fica é a de que, se tivesse decidido arriscar mais cedo e não só ficar na expectativa, a “gerir a corrida”, poderia ter resolvido a competição muito antes (e evitando a necessidade da sensacional recuperação na derradeira etapa de montanha).

Numa prova assinalada pela desclassificação (antes do início da competição) dos principais candidatos à sucessão de Armstrong – o 2º e 3º classificados do ano anterior – Ivan Basso e Jan Ullrich, por alegado envolvimento em casos de doping, Landis demonstrou estar à altura dos grandes campeões, com a fibra necessária para reagir à adversidade, indo buscar um triunfo que parecia ter deixado escapar.

José Azevedo efectuou uma boa prova, embora sem deslumbrar, terminando no 19º lugar. Poderia ter feito melhor… ainda assim finalizaria como o melhor ciclista da Discovery, a equipa que, tendo ficado sem o hepta-vencedor Lance Armstrong, procura ainda o seu “herdeiro”.

23 Julho, 2006 at 6:10 pm Deixe um comentário


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Julho 2006
S T Q Q S S D
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.