Archive for 22 Março, 2006

MUNDIAL 2006 (XC) – 1986

PortugalInglaterra1-0

Portugal Bento; Álvaro, Frederico, Oliveira, Inácio; Diamantino (82′ – José António), Jaime Pacheco, André, Sousa; Carlos Manuel e Gomes (73′ – Futre)

Inglaterra Peter Shilton; Gary Stevens, Fenwick, Butcher, Sansom; Glenn Hoddle, Bryan Robson (79′ – Hodge), Willkins, Waddle (79′ – Beardsley); Hateley, Lineker

1-0 – Carlos Manuel – 75m

Árbitro – Volker Roth (RFA)

Estádio Tecnologico – Monterrey (03.06.1986)

22 Março, 2006 at 6:12 pm Deixe um comentário

TRIUNFOS E ADEUS

Como se poderá depreender, o tempo tem escasseado para “blogar”, numa época em que as obrigações profissionais “falam mais alto”.

Ainda assim, não queria deixar de assinalar (não obstante algum atraso), as proezas de duas grandes campeãs, a par de dois “Adeus”.

Os Parabéns a Naide Gomes – 3ª classificada no Campeonato do Mundo de Pista Coberta em Atletismo, no salto em comprimento (com novo record nacional, 6,76 metros), confirmando a sua classe mundial – e a “Ticha” Penicheiro, a basquetebolista portuguesa que, depois de conquistar o título de Campeã nos Estados Unidos (WNBA – pela equipa Sacramento Monarchs), acaba de se sagrar também Campeã Europeia de clubes, na equipa russa do Spartak de Moscovo.

Os dois “Adeus”, a figuras que, em áreas bastante distintas, se notabilizaram: o filósofo Fernando Gil, um dos grandes pensadores portugueses; o locutor de rádio e televisão José Ramos, com a sua voz única, um dos mais conhecidos comunicadores em Portugal (em particular como “voz da SIC”).

22 Março, 2006 at 1:58 pm Deixe um comentário

TEMPLÁRIOS (III)

“A esfera armilar, na famosa Janela do Capítulo, lá está para nos lembrar o papel dos Cavaleiros nas Descobertas, assim como o ângulo de 34º que encontramos nos vértices das fachadas das capelas góticas, que será o ângulo que a constelação de Cão Maior faz com a Taça (Graal) e com Leão, conforme representado no baixo-relevo da Igreja de S. João Baptista.

[…]

Mas parece inegável que os Templários e a Ordem de Cristo desempenharam um papel fundamental nos Descobrimentos Portugueses. Diz-se de D. Dinis, o grande defensor da continuação da Ordem, que estaria «iniciado» nos segredos templários…

[…]

O grande impulsionador das Descobertas foi D. João, mestre de Aviz, e sabemos que a Ordem de Aviz estava intimamente ligada a Calatrava e, portanto, ao Templo. Assim, também as primeiras caravelas ostentavam o pavilhão da Cruz de Cristo, e o Infante D. Henrique, se não era Mestre, era pelo menos governador da Ordem de Cristo.”

“Os Templários – Esses grandes senhores de mantos brancos”, Michel Lamy, Editorial Notícias, pp. 6 e 7 (Nota do Editor português)

22 Março, 2006 at 8:54 am 1 comentário


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Março 2006
S T Q Q S S D
« Fev   Abr »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.