"ESTADO DE GRAÇA"

21 Fevereiro, 2005 at 8:45 am 2 comentários

José Sócrates já o deveria saber, mas as intervenções de ontem à noite de responsáveis da CDU, do Bloco de Esquerda e de comentadores como Marcelo Rebelo de Sousa ou António Barreto, não deixam grandes margens para dúvidas…

O “estado de graça” do futuro Governo será muito limitado, devendo esgotar-se praticamente no imediato. Terá sobre si “os olhos”, não só de toda a oposição e dos analistas políticos, mas também dos mais de 2,5 milhões de portugueses que ontem votaram PS.

Numa conjuntura que não se apresenta fácil, é um grande desafio o que se coloca a José Sócrates, o de ser capaz de se fazer rodear de ministros competentes, com capacidade de decisão, fugindo à lógica “aparelhística”, não hesitando em recorrer a independentes quando tal for o mais indicado. Para lá disto, nomes como o de António Vitorino são absolutamente indispensáveis para conferir credibilidade ao futuro Governo.

Terá Sócrates a capacidade de nos surpreender?

[2090]

Entry filed under: Sociedade.

RESULTADOS ELEITORAIS (PROV.) ERRO DE PREVISÃO

2 comentários

  • 1. C Costa  |  21 Fevereiro, 2005 às 9:50 am

    Espero bem que sim. Também se o PS com as condições de que dispõe neste momento não fizer nada de jeito, não fará nada nunca. Se o PS fracassar o sistema político actual passará concerteza por uma crise muito grave. Voto sempre na esquerda (CDU) mas desta vez votei no PS, embora a certa altura estivesse dividido entre continuar a votar CDU, mudar para o BE (que aumentou espantosamente a sua votação) ou votar para mudar o poder político (PS). O que me terá feito decidir (a mim e a muitos portugueses) foi a conduta perfeitamente desastrosa de Pedro Santana Lopes desde que foi nomeado para substituir Durão Barroso que fugiu comodamente para a Europa (a constituição e tomada de posse do governo, as peripécias quase diárias da governação, a campanha eleitoral desde que o Presidente foi «obrigado» a demiti-lo e a convocar novas eleições legislativas). Mas o desplante do personagem não se fica por aqui, como colocou no interior do PSD os amiguinhos em postos-chave ao longo dos últimos meses (malta que fica desempregada se ele se for embora), resolve não se demitir perante um resultado desastroso para o PSD contando com os amigos para o aguentarem mais uns tempos a chefiar o PSD. Acho que Pacheco Pereira já percebeu que o PSD se arrisca a ser destruído se este personagem se mantiver muito tempo à frente do partido. Portas quanto a mim é muito mais perigoso que Santana, esta demissão dele embora se afigure digna do ponto de vista pessoal cheira-me a recuo táctico para colher frutos mais tarde, a ver vamos.

  • 2. LFV  |  21 Fevereiro, 2005 às 1:58 pm

    Vamos a ver o que se segue ao O rescaldo


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Fevereiro 2005
S T Q Q S S D
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Twitter

  • RT @AFN1982: Bom post do @atadeia, merece a leitura. 3 hours ago
  • RT @fnvnetcabopt1: Perguntei a um amigo quando é o comício do Pontal. Ele disse-me que já foi. Eu quis saber do impacto nas massas, do revi… 3 hours ago
  • RT @OFuraRedes: Darwin não pode reagir assim, mas que foi provocado de forma clara e anti-desportiva por Andersen, durante todo o desafio,… 5 hours ago

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.


%d bloggers like this: