SEM COMENTÁRIOS…

11 Maio, 2004 at 10:07 pm 3 comentários

Obviamente, este artigo – de tão absurdo e anacrónico – não merece qualquer comentário!…

P. S. Através do Causa Nossa, ficamos a saber que tudo não passou de um equívoco… (ver também a nota emitida pelo “Expresso“).

[1300]

Entry filed under: Blogosfera.

EURO 2004 (XXXII) – 1988 “RECORDAR É VIVER” (IV)

3 comentários

  • 1. Pedro Santos  |  12 Maio, 2004 às 12:04 am

    Há sempre um candidato a ditadorzinho….

  • 2. Tribulandia  |  12 Maio, 2004 às 2:54 am

    Nova censura na Tribulandia?

    No Memória Virtual vi um post com o título “Sem comentários” e, curioso fui dar com o link ao Expresso e não me contenho sem transcrever esta pequena maravilha:

  • 3. Vergonha  |  12 Maio, 2004 às 3:06 am

    Autoridade quer acabar «blogs»

    A Autoridade Nacional de Comunicações (ANACOM) pretende acabar com a existência dos chamados «blogs», páginas de opinião muito em voga na Internet, alegando que estes sítios são frequentemente utlizados para difamação, afirmou ao EXPRESSO Online Pedro Amorim, especialista em direito para as novas tecnologias da informação.

    O jurista falava à saída do seminário «Ciberlaw’2004», organizado pelo Centro Atlântico, que decorreu na terça-feira no Centro Cultural de Belém

    «Os blogs estão cada vez mais a ter uma relação com o jornalismo, e prevê-se uma grande tendência para a difamação. O objectivo da ANACOM é acabar com a criação de “blogs” e espero que seja cumprido», disse Pedro Amorim.

    Quando questionado acerca dos problemas que marcam a sociedade de informação, Pedro Amorim aponta os direitos de autor como um dos mais preocupantes – «será sempre um dos problemas do mundo digital. Mas isto leva também à tendência da segurança ‘versus’ liberdade de expressão, que vai ainda pôr em causa este último princípio».

    A protecção dos consumidores é outra das preocupações, uma vez que eles «são os mais lesados, por exemplo, numa venda on-line. O consumidor é sempre a parte fraca».

    «Devia haver apenas uma entidade para a defesa dos consumidores, contrariamente às “n” que existem», salientou. Pedro Amorim esteve presente no Seminário «Ciberlaw’2004», organizado pelo Centro Atlântico, que decorreu no Centro Cultural de Belém.


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Twitter

  • RT @JotalbertoSilva: Era só para vos lembrar que o petróleo está a negociar nos $100 e a descer. Há 3/4 meses atrás os combustíveis com est… 3 hours ago
  • Nadal ganha 10-4 e está nas meias-finais, frente a Kyrgios! 3 hours ago
  • Nadal chega a 5-0 no tie-break... 3 hours ago

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.


%d bloggers like this: