Archive for 13 Maio, 2005

RANKING TAÇA VENCEDORES TAÇAS – PAÍSES

Esta prova foi também dominada pelos 4 países com maiores tradições no futebol a nível europeu: Inglaterra (8 vitórias), Espanha e Itália (cada um com 7 triunfos) e Alemanha (5 títulos), tendo a Bélgica conquistado 3 taças (com o Anderlecht e Mechelen).

Portugal teve duas presenças na Final: o Sporting venceu a prova em 1964 (tendo perdido as 1/2 finais de 1974 frente ao vencedor, Magdeburgo); o FC Porto perdeu com a Juventus em 1984; o Benfica quedou-se pelas 1/2 finais (por duas vezes, em 1981 e 1994).

Pos.    País     Clubes Títulos Finalista Finais Semi-final. Pt. 
1   Inglaterra     10      8	   5	    13	      8      42 
2   Espanha         7      7	   7	    14	      5      40 
3   Alemanha       18      5	   6	    11	     12      39 
4   Itália         11      7	   4	    11	      9      38 
5   Bélgica         7      3	   4	     7	      5      22 
6   Escócia         4      2	   2	     4	      4      14 
7   França          6      1	   2	     3	      6      13 
8   Holanda         4      1	   1	     2	      6      11 
9   Portugal        3      1	   1	     2	      3       8
10   Áustria        2      -	   3	     3	      1       7
11   Rússia         3      -	   1	     1	      5       7
12   Ucrânia        1      2	   -	     2	      -       6
13   Hungria        3      -	   2	     2	      1       5
14   Geórgia        1      1	   -	     1	      1       4
15   Eslováquia     1      1	   -	     1	      -       3
16   Polónia        2      -	   1	     1	      1       3
17   R. Checa       3      -	   -	     -	      3       3
17   Sérvia         3      -	   -	     -	      3       3
19   Bulgária       2      -	   -	     -	      2       2
20   Croácia        1      -	   -	     -	      1       1
20   P. Gales       1      -	   -	     -	      1       1
20   Roménia        1      -	   -	     -	      1       1

[2274]

Anúncios

13 Maio, 2005 at 7:55 pm

PERU

PeruRepública da América do Sul. Tem uma superfície de 1 285 216 km2 e estimam-se cerca de 26 milhões de habitantes. Confina a norte com a Colômbia e com o Equador, a este com o Brasil, a sudeste com a Bolívia, a sul com o Chile e a oeste é banhado pelo oceano Pacífico. A capital é Lima. Espanhol e, localmente, quéchua e aimará são as línguas oficiais. O catolicismo é praticado pela maioria da população. A unidade monetária é o novo sol.

O período pré-colombiano do Peru está documentado pelos antigos e admiráveis vestígios das civilizações Chavin, Tiahuanaco e Inca (nos Andes), Mochica, Chimu, Nasca e Ica, no litoral.

O Império dos Incas (que parecem ter pertencido a uma tribo dos altos planaltos, ao longo do rio Urubamba) desenvolveu-se a partir do ano 1000. Desde o norte do Equador, englobando todo o Peru e a Bolívia, estendeu-se progressivamente à Colômbia, Chile e Argentina.

Por altura da chegada de Pizarro, uma luta sangrenta opunha Huascar, inca legítimo, ao seu meio-irmão Atahualpa. A morte dramática de ambos facilitou a conquista do Império por um punhado de espanhóis.

O Peru foi o mais rico e poderoso vice-reino de Espanha durante a colonização, como o provam os magníficos e numerosos monumentos barrocos (igrejas e palácios). Foi também o último a alcançar a independência, estimulada em 1780 pela revolta do cacique índio Tupac Amaru II, e depois garantida, entre 1820 e 1824, pelos libertadores José de San Martin, Simão Bolívar e Sucre (batalhas de Junin e Ayacucho).

A vida da jovem república foi a princípio muito perturbada por rebeliões dos índios e pela chamada «guerra do Pacífico» – de 1879 a 1884 -, envolvendo, de um lado, o Peru e a Bolívia e, do outro, o Chile, com resultados desastrosos para os aliados. Terminada a guerra, procuraram os presidentes reconstruír o país, adoptando medidas no sentido de favorecer o desenvolvimento dos recursos naturais.

Em 1920 assinava o presidente Augusto Leguía a reforma da Constituição de 1860. Em 1930 era deposto do cargo. Nesse ano foi aprovada a décima Constituição do Peru. Em 1941 questões fronteiriças levaram a uma guerra contra o Equador e à assinatura, em 1942, de um protocolo.

[…]

Em 1969, o Peru, a Bolívia, o Chile, a Colômbia e o Equador assinam o Pacto Andino.

[…]

Entretanto, a actuação do movimento guerrilheiro maoísta Sendero Luminoso, fundado em 1970 por Carlos Abimael Guzmán (capturado em 1992 e condenado a prisão perpétua), leva à declaração do estado de sítio, em 1982, e, mais tarde, ao reforço do poder do exército.

[…]

Após uma trégua de três meses, o Movimento Revolucionário Tupac Amaru, fundado por Victor Polay Campos em 1983, retoma a sua actividade, atacando a embaixada americana em Lima.

[…]

Em 1990 Alberto Fujimori ganha as presidenciais. Em 1991, quase meia centena de mortos resultam dos confrontos entre o exército e o Movimento Revolucionário Tupac Amaru, o qual fará, em 1996, cerca de 600 reféns na Embaixada do Japão.

[…]

Em 2000, Alberto Fujimori foi reeleito presidente da República, cargo de que se demitiu seis meses depois, na sequência da revelação de crimes ligados ao seu regime. Em 2001, Alejandro Toledo sucede-lhe na chefia do Estado […]

“A Enciclopédia”, edição Editorial Verbo, SA / Público, 2004

[2273]

13 Maio, 2005 at 7:45 pm

RANKING TAÇA VENCEDORES TAÇAS – CLUBES

Sendo uma prova com um cariz mais “descentralizado” (que implicava a vitória ou a presença na Final da Taça de cada país participante, para obter o acesso à competição europeia), nas suas 39 edições, teve 32 vencedores (originários de 12 países); apenas 5 clubes repetiram a vitória, com destaque para os 4 títulos do Barcelona, tendo o Anderlecht, AC Milan, Chelsea e D. Kiev bisado. Nesta prova, o Real Madrid marcou presença em duas finais, tendo sido derrotado em ambas.

Portugal registou uma vitória na prova, por intermédio do Sporting, em 1964. O FC Porto foi finalista em 1984, frente à Juventus. O Benfica atingiu as 1/2 finais em duas edições da competição (1981 e 1994).

Procurando estabelecer também um “ranking”, atribuindo 3 pontos ao vencedor, 2 pontos ao finalista e 1 ponto aos semi-finalistas, surgem nas primeiras posições algumas das melhores equipas da Europa: Barcelona, Anderlecht, At. Madrid, AC Milan, Chelsea e Arsenal.

Pos.    Clube         País  Títulos Finalista Finais Semi-final. Pt.
1   Barcelona         Esp      4	    2	    6	   -	 16
2   Anderlecht        Bél      2	    2	    4	   -	 10
3   At. Madrid        Esp      1	    2	    3	   2	  9
4   AC Milan          Itá      2	    1	    3	   -	  8
5   Chelsea           Ing      2	    -	    2	   2	  8
6   Arsenal           Ing      1	    2	    3 	   -	  7
6   Gl. Rangers       Esc      1	    2	    3	   -	  7
8   D. Kiev           Ucr      2	    -	    2	   -	  6
9   Fiorentina        Itá      1	    1	    2	   1	  6
9   P. St.-Germain    Fra      1	    1	    2	   1	  6
9   Sampdoria         Itá      1	    1	    2	   1	  6
9   West Ham          Ing      1	    1	    2	   1	  6
13   Bayern           Ale      1	    -	    1	   3	  6
14   Ajax             Hol      1	    1	    2	   -	  5
14   Hamburger        Ale      1	    1	    2	   -	  5
14   Parma            Itá      1	    1	    2	   -	  5
17   Juventus         Itá      1	    -	    1	   2	  5
17   Zaragoza         Esp      1	    -	    1	   2	  5
19   Aberdeen         Esc      1	    -	    1	   1	  4
19   D. Tbilisi       Geó      1	    -	    1	   1	  4
19   Manchester City  Ing      1	    -	    1	   1	  4
19   Manchester Utd.  Ing      1	    -	    1	   1	  4
19   Mechelen         Bél      1	    -	    1	   1	  4
19   Sporting         Por      1	    -	    1	   1	  4
19   Tottenham        Ing      1	    -	    1	   1	  4
26   Rapid Wien       Áus      -	    2	    2	   -	  4
26   Real Madrid      Esp      -	    2	    2	   -	  4
28   D. Moscovo       Rús      -	    1	    1	   2	  4
29   B. Dortmund      Ale      1	    -	    1	   -	  3
29   Everton          Ing      1	    -	    1	   -	  3
29   Lazio            Itá      1	    -	    1	   -	  3
29   Magdeburg        Ale      1	    -	    1	   -	  3
29   Slovan Bratisl.  Esl      1	    -	    1	   -	  3
29   Valencia         Esp      1	    -	    1	   -	  3
29   Werder Bremen    Ale      1	    -	    1	   -	  3
36   Austria Wien     Áus      -	    1	    1	   1	  3
36   Carl Zeiss Jena  Ale      -	    1	    1	   1	  3
36   Liverpool        Ing      -	    1	    1	   1	  3
36   Monaco           Fra      -	    1	    1	   1	  3
36   Standard Liège   Bél      -	    1	    1	   1	  3
41   Feyenoord        Hol      -	    -	    -	   3	  3
42   Antwerp          Bél      -	    1	    1	   -	  2
42   F. Dusseldorf    Ale      -	    1	    1	   -	  2
42   FC Porto         Por      -	    1	    1	   -	  2
42   Ferencvaros      Hun      -	    1	    1	   -	  2
42   Gornik Zabrze    Pol      -	    1	    1	   -	  2
42   Leeds            Ing      -	    1	    1	   -	  2
42   Lok. Leipzig     Ale      -	    1	    1	   -	  2
42   Mallorca         Esp      -	    1	    1	   -	  2
42   MTK Budapeste    Hun      -	    1	    1	   -	  2
42   Munchen 1860     Ale      -	    1	    1	   -	  2
42   Stuttgart        Ale      -	    1	    1	   -	  2
53   Benfica          Por      -	    -	    -	   2	  2

[2272]

13 Maio, 2005 at 8:31 am


Autor – Contacto

Destaques

Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Maio 2005
S T Q Q S S D
« Abr   Jun »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

  • RT @2010MisterChip: Los equipos ingleses en la Champions League 2017-18: 10 victorias 3 empates 0 derrotas 40 goles a favor 8 goles en cont… 1 hour ago
  • RT @fcancio: melhor intervencao d marcelo desde q foi eleito e das melhores d um pr d q m lembro. tirando o inicio q m pareceu um pouco for… 2 hours ago
  • RT @Vega9000: Este discurso do Marcelo foi de antologia. Que carga de porrada monumental. 2 hours ago

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.