Archive for 11 Outubro, 2005

ÍCONES DO SÉCULO (LXVI) – 1993 – MICK JAGGER

11 Outubro, 2005 at 6:09 pm Deixe um comentário

MUNDIAL 2006 (XIII) – 1938

Grupo 1
Suécia – Finlândia – 4-0
Suécia – Estónia – 7-2
Finlândia – Alemanha – 0-2
Finlândia – Estónia – 0-1
Alemanha – Estónia – 4-1
Alemanha – Suécia – 5-0

1º Alemanha, 6; 2º Suécia, 4; 3º Estónia, 2; 4º Finlândia, 0

Grupo 2
Noruega – Irlanda – 3-2 / 3-3

Grupo 3
Polónia – Jugoslávia – 4-0 / 0-1

Grupo 5
Suíça – Portugal – 2-1

Grupo 6
Palestina – Grécia – 1-3 / 0-1
Hungria – Grécia – 11-1

Grupo 7
Bulgária – Checoslováquia – 1-1 / 0-6

Grupo 8
Letónia – Lituânia – 4-2 / 5-1
Áustria – Letónia – 2-1

Grupo 9
Holanda – Luxemburgo – 4-0
Luxemburgo – Bélgica – 2-3
Bélgica – Holanda – 1-1

1º Holanda, 3; 2º Bélgica, 3; 3º Luxemburgo, 0

11 Outubro, 2005 at 1:54 pm Deixe um comentário

GOA OU O GUARDIÃO DA AURORA (III)

Desde crianças, a relação do inicialmente inseparável trio formado com a sua irmã Sofia e o primo “Wadi” tomara um rumo não ideal, com o “pequeno mouro” a revelar o seu pouco confiável carácter.

Francisco Xavier rapidamente afirmara um duvidoso ascendente sobre Sofia que como que se transfiguraria no contacto com ele, desenvolvendo-se entre ambos uma relação secreta que, potenciando a sua obstinação, iria repercutir-se dolorosamente sobre as pessoas que mais prezava: o pai e o irmão – impelindo-a a uma escolha entre o amor de um homem e o amor filial, que viria a perturbar decisivamente a harmonia familiar.

Paralelamente, vendo assim ferido de morte o amor filial que nutria pela irmã, Tiago – que havia conhecido entretanto a doce Tejal, estudante numa escola conventual de Goa, que, nos seus 15 anos, com o seu imponente sari, o conquistara definitivamente – aprestava-se a tomar uma decisão de oficializar o seu amor, o que, contudo, implicava quebrar uma nova barreira: para além de provirem de meios tão diversos e da diferença de castas sociais entre ambos, o maior obstáculo que agora se colocava entre eles parecia ser o de convencer o pai a aceitar que uma rapariga hindu pudesse ser a sua noiva, implicando a “necessidade” da sua conversão ao judaísmo.

Berequias encarregar-se-ia pessoalmente das lições de judaísmo, ficando acordado que iriam ler a Torá juntos; a Tejal era conferida a faculdade de poder fazer a sua opção final relativamente a uma eventual conversão.

Este estado de coisas seria abruptamente interrompido com a prisão do pai de Tiago pela Inquisição.

Não tardaria muito até que ele próprio tivesse o mesmo destino…

11 Outubro, 2005 at 8:42 am Deixe um comentário


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Outubro 2005
S T Q Q S S D
« Set   Nov »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.