Archive for Novembro, 2005

ÍCONES DO SÉCULO (C) – 2005 – SCARLETT JOHANSSON

30 Novembro, 2005 at 6:55 pm Deixe um comentário

FERNANDO PESSOA

Partiu há 70 anos:

“Não sou nada.
Nunca serei nada.
Não posso querer ser nada.
À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo.
[…]
Estou hoje vencido, como soubesse a verdade.
Estou hoje lúcido, como se estivesse para morrer”


Fernando Pessoa:
http://memoriavirtual.weblog.com.pt/arquivo/042412.html (Autobiografia)
http://memoriavirtual.weblog.com.pt/arquivo/042415.html
http://memoriavirtual.weblog.com.pt/arquivo/042416.html
http://memoriavirtual.weblog.com.pt/arquivo/045517.html

Alberto Caeiro:
http://memoriavirtual.weblog.com.pt/arquivo/045519.html
http://memoriavirtual.weblog.com.pt/arquivo/045522.html (O Guardador de Rebanhos)

Ricardo Reis:
http://memoriavirtual.weblog.com.pt/arquivo/045525.html
http://memoriavirtual.weblog.com.pt/arquivo/045526.html (Poesia)

Álvaro de Campos:
http://memoriavirtual.weblog.com.pt/arquivo/045527.html
http://memoriavirtual.weblog.com.pt/arquivo/045528.html (Tabacaria)

Bernardo Soares:
http://memoriavirtual.weblog.com.pt/arquivo/045529.html
http://memoriavirtual.weblog.com.pt/arquivo/045530.html

Carta a Adolfo Casais Monteiro:
http://memoriavirtual.weblog.com.pt/arquivo/045531.html
http://memoriavirtual.weblog.com.pt/arquivo/045532.html
http://memoriavirtual.weblog.com.pt/arquivo/045533.html
http://memoriavirtual.weblog.com.pt/arquivo/053662.html
http://memoriavirtual.weblog.com.pt/arquivo/045534.html

30 Novembro, 2005 at 12:31 pm Deixe um comentário

MUNDIAL 2006 (XLIX) – 1966

PortugalInglaterra1-2

Portugal José Pereira; Festa, Alexandre Baptista, José Carlos e Hilário; Jaime Graça e Coluna; José Augusto, Eusébio, José Torres e Simões

Inglaterra Banks; Cohen, Jack Charlton, Moore e Wilson; Stiles e Bobby Charlton; Ball, Hurst, Hunt e Peters

0-1 – Bobby Charlton – 31m
0-2 – Bobby Charlton – 79m
1-2 – Eusébio (g.p.) – 82m

Árbitro – Pierre Schwinte (França)

Estádio de Wembley – Londres (26.07.1966)

30 Novembro, 2005 at 11:08 am 1 comentário

O PULSAR DOS DIÁRIOS VIRTUAIS EM PORTUGAL (XXX)

A sindicância de conteúdos proporcionada pela norma RSS será também um dos pilares de desenvolvimento, informando os leitores, em tempo real, das actualizações dos seus blogues favoritos.

O futuro passará provavelmente pela dinamização dos moblogs (actualização dos blogues a partir de terminais móveis, para além do acesso wireless), do audioblogging, do videoblogging (com o aperfeiçoamento de hardware e software, permitindo uma nova expressão da criatividade individual, com “vídeos caseiros” complementando o sistema tradicional de comunicação por imagem, eliminando a necessidade de downloads – tendo a “vlogosfera” sido já objecto de artigo na revista “Pública” [125], suplemento do “Público”, de 21 de Agosto de 2005), eventualmente associados a uma intensificação da inserção publicitária (“blogvertising”) – assumindo o papel de um novo suporte publicitário, como o foram, por exemplo, as caixas Multibanco ou, noutro género, a exposição de marcas em programas televisivos), num veículo que favorece a segmentação do público-alvo, com especificidades próprias, consumido preferencialmente por potenciais “opinion makers”, beneficiando de uma “humanização das mensagens” proporcionada por um canal que assegura uma relação directa com os consumidores – e, no limite, com o nascimento dos “bloggers profissionais”.

Uma interrogação subsiste também sobre o futuro dos blogues no ensino, na literatura e na ciência.

E, concluindo, com a “final frontier”, a do espaço, tendo uma empresa norte-americana (MindComet) começado já a enviar blogues para o espaço (“Blog In Space” [126]), na expectativa de poder vir a estabelecer contacto com outras formas de vida inteligente…

Mas, em boa verdade, o futuro passará mesmo é por aqui: pelos protagonistas dos “babyblogs”!…[127]

Leonel Vicente, 15.10.2005

(Comunicação apresentada no II Encontro de Weblogs, na Universidade da Beira Interior, Covilhã)
__________________________
125 Revista “Pública”, http://jornal.publico.clix.pt/default.asp?sid=3956
126 Blog in space – http://www.bloginspace.com/
127 Babyblogs – http://www.babyblogs1.blogspot.com
– “Blogs, podcasts and camera phones fill the airwaves”, The Guardian, 20 de Julho de 2005 – http://www.guardian.co.uk/business/story/0,,1531932,00.html
– “En direct du globe: les blogs – Nouvelle ère de l’internet ou nouvelle bulle?”, « Dossier de veille – Aquitaine Europe Communication », nº 15, 17.06.05
– Barbosa, Elisabete – Blog Clipping – http://blogclipping.blogspot.com/
– Nogueira, Joaquim Paulo e Nogueira, João L. – Metablogue – http://metablogue.weblog.com.pt/
– Querido, Paulo e Ene, Luís – Blogs (2003)

30 Novembro, 2005 at 8:36 am 2 comentários

ÍCONES DO SÉCULO (XCIX) – 2005 – GEORGE CLOONEY

29 Novembro, 2005 at 6:04 pm 1 comentário

MUNDIAL 2006 (XLVIII) – 1966

PortugalCor. Norte5-3

Portugal José Pereira; Morais, Alexandre Baptista, Vicente Lucas e Hilário; Jaime Graça e Coluna; José Augusto, Eusébio, José Torres e Simões

Cor. Norte Li Chan Myung; Oh Yoon Kiung, Shin Yung Kyoo, Ha Yung Won e Lim Yung Sun; Park Seung Zin e Im Seung Hwi; Han Bong Zin, Pak Doo Ik, Lim Dong Woon e Yang Seung Kook

Inglaterra - 19660-1 – Park Seung Zin – 1m
0-2 – Lim Dong Woon – 21m
0-3 – Yang Seung Kook – 24m
1-3 – Eusébio – 27m
2-3 – Eusébio (g.p.) – 42m
3-3 – Eusébio – 56m
4-3 – Eusébio (g.p.) – 60m
5-3 – José Augusto – 79m

Árbitro – Menachem Ashkenazi (Israel)

Estádio Goodison Park – Liverpool (23.07.1966)

29 Novembro, 2005 at 12:37 pm 1 comentário

O PULSAR DOS DIÁRIOS VIRTUAIS EM PORTUGAL (XXIX)

8. FUTURO

A realidade é que é ainda demasiado prematuro fazer a “história da blogosfera”, assim como para avaliar a extensão das mutações que a explosão dos blogues veio trazer a nível da comunicação; é verdade que a blogosfera não adquiriu ainda a “massa crítica” suficiente.

Não obstante o mediatismo de que beneficiou desde 2003, não é ainda familiar à generalidade dos portugueses; mesmo nos EUA, o “grande público” apenas a descobriu aquando da última campanha presidencial (um estudo recente anunciava que apenas 16 % dos americanos serão leitores de blogues). Para se avaliar do estado ainda “quase embrionário” da blogosfera, apenas no final de 2004, a ABC News elegeu como “Homem do Ano” a comunidade de bloggers, enquanto que Merriam-Webster, um dos editores de dicionários de referência no mundo destacava o termo “blog” como palavra do ano.

Uma plataforma que é dirigida a todos – o Technorati rastreava, no início de Agosto de 2005, mais de 14 milhões de blogues –, desde particulares, associações, colectividades locais, escolas, empresas e que permite uma multiplicidade de variantes, passando pelos blogues pessoais, diarísticos, de viagens, de fotos, políticos, jornalísticos, de gestão de projectos, de partilha de conhecimentos, beneficiando de características como a mobilidade, o espírito comunitário, a instantaneidade, e o multimédia, parece ter hoje ainda um largo potencial de desenvolvimento futuro.

Ainda muito centrados nos conteúdos de texto, são inúmeras as possibilidades por explorar; tendencialmente, os blogues integrarão todos os conteúdos multimédia disponíveis, partindo das já bastante utilizadas fotos (fotologs), prosseguindo pelos conteúdos áudio (tendência que tem vindo a acentuar-se, com a disponibilização de “música de fundo”), chegando até ao vídeo e à partilha de aplicações.

29 Novembro, 2005 at 8:38 am Deixe um comentário

ÍCONES DO SÉCULO (XCVIII) – 2004 – ANGELINA JOLIE

28 Novembro, 2005 at 6:11 pm Deixe um comentário

O FIM DO BLOGUE DE ESQUERDA

No Diário de Notícias de hoje.

(via Mas certamente que sim!)

28 Novembro, 2005 at 4:09 pm Deixe um comentário

“A CNN DO SÉCULO XXI?”

É o título do artigo de opinião de José Carlos Abrantes, Provedor do Leitor do Diário de Notícias, de que apresento de seguida um extracto:

«”Blogo porque quero existir.” Esta entrada de um blogue traduz o sentir de milhões de criadores de blogues. Outras motivações existirão, pois a diversidade humana também se reflecte, necessariamente, neste domínio. A explosão dos blogues tem levantado algumas interrogações sobre o seu papel. Nos media tem-se discutido, sobretudo, se os blogues são ou não jornalismo. Uma corrente considera que a actividade jornalística está ao alcance de todos, pois existe hoje a possibilidade de seguir os acontecimentos, de recolher informação sobre eles e de a publicar nas páginas dos blogues. Outros consideram que a actividade jornalística é uma actividade institucional onde os controlos são múltiplos um texto, mesmo de um director, é visto por outros profissionais antes de ser editado. Estes controlos múltiplos dariam, ao jornalismo, fiabilidade e credibilidade, que os blogues não poderiam reivindicar, pois são formas de expressão imediatas.»

(via Jornalismo e Comunicação)

28 Novembro, 2005 at 1:35 pm Deixe um comentário

Artigos Mais Antigos


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Novembro 2005
S T Q Q S S D
« Out   Dez »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.