Archive for 26 Dezembro, 2004

"BLOGOSFERA" EM 2004 (XXVI)

E, se o início de Novembro fica assinalado pelo abandono de actividade de dois “blogues históricos”, o Janela Indiscreta (página de relevância cultural) e o Valete Fratres! (“blogue” de referência, situado à direita do espectro político), respectivamente a 2 e a 3 de Novembro, no dias imediatos (4 e 5) nasciam o Esquerdices e o Torre de Menagem (este último agrupando autores de diversos “blogues” alentejanos).

A 24 de Novembro, o “Primeiro de Janeiro” atribui ao Abrupto, de Pacheco Pereira, o “Prémio Inovação”:

“O Abrupto, de Pacheco Pereira, recebe o primeiro prémio português atribuído a um blogue
«Imprensa deve estar atenta aos blogues»

Porque inovar é preciso, O PRIMEIRO DE JANEIRO, apesar de secular, não se esquece daqueles que se destacam pela criação e pela novidade. Assim, Pacheco Pereira viu o seu blogue Abrupto ser distinguido com o Prémio Inovação, o primeiro prémio a ser atribuído a um blogue.

Ana Caridade

“E o Prémio Inovação vai para… José Pacheco Pereira e o seu blogue Abrupto”. Ao anúncio feito aos microfones do salão Preto e Prata do Casino da Póvoa seguiu-se a apresentação do premiado, num dos momentos altos da noite. Lobo Xavier, colega de debate de Pacheco Pereira no programa «A quadratura do círculo», da SIC Notícias, ficou encarregue de falar sobre “o amigo Zé Pacheco Pereira”. Políticas à parte, Lobo Xavier optou por falar da pessoa, das suas qualidades de “independência”, “rigor” e “tenacidade”. Referindo as inúmeras áreas do saber nas quais Pacheco Pereira se distingue, até das menos conhecidas do público, como “aprendiz de astronomia”, o seu colega de debate salientou o facto de o autor do Abrupto nunca ficar “refém dos vícios dos sectores que domina”. Talvez por isso o Abrupto seja um diário “eclético”, exclusivamente “assente em Pacheco Pereira, na sua vontade indomável, mas também no enorme número de visitantes que o blogue já registou”. O diário digital de Pacheco Pereira é um reflexo seu, onde aqui e ali “despe a capa de comentador duro e cruel e deixa entrever a capacidade de se emocionar, quer seja no texto que escreveu sobre o envelhecimento do Papa, quer seja num poema ou na imagem de um quadro”.

Apesar de se considerar um amigo do “Zé”, Lobo Xavier sente que nunca se está “muito próximo de um espírito assim” atribuindo esse lugar de eleição “à Teresa”, mulher do premiado. E assim é ele, “o único pensador estruturado à direita”, embora Lobo Xavier saiba que Pacheco Pereira “não gosta de rótulos”. E tinha razão. Depois de agradecer a atribuição do prémio, e os elogios de Lobo Xavier, Pacheco Pereira fez questão de dizer que o puseram “num clube ao qual ele não pertence”. Quanto ao galardão, espera que este tenha o condão de avivar o debate político e cultural, pois afinal é esse o intuito dos blogues. Comparando esta nova forma de comunicar com os jornais anarquistas do início do século, “jornais que proliferavam no Porto e que tinham uma personalidade satírica e jovem”, Pacheco Pereira lembrou a importância que estes diários digitais têm no mundo da comunicação social. “São dois mundos complementares porque nos blogues encontra-se vivacidade e espírito crítico, qualidades que escasseiam na imprensa tradicional, e que, por isso, devem segui-los com atenção. Nos blogues encontra-se um retrato do Portugal que está a aparecer”. A terminar, Pacheco Pereira realçou que “a liberdade assenta no pluralismo e os blogues são o exemplo daquilo que desejamos para o Portugal do futuro”.”

[1937]

26 Dezembro, 2004 at 9:09 am


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Dezembro 2004
S T Q Q S S D
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.