PORTUGAL – NASCIMENTO DE UMA NAÇÃO (III)

18 Fevereiro, 2004 at 6:25 pm

“O primeiro desembarque de tropas romanas na Península deu-se em 219 a. C. O quadro de povoamento que os Romanos vieram encontrar seria aproximadamente o seguinte: para norte do Douro viviam os Calaicos, uma palavra relacionada com kelticoi, nome que os Romanos davam aos Celtas e que veio a dar o termo galegos. Entre o Douro e o Tejo, mas alastrando muito para além da nossa actual fronteira, habitavam os Lusitanos, que os Romanos descreviam como um ramo de Celtiberos, isto é, como um povo que resultara da fusão de Celtas e de Iberos.

Para o sul do Tejo habitavam povos a que os antigos chamavam célticos. No Algarve viviam os Cónios, povo cuja longa emigração a caminho do sul está atestada nos topónimos Conímbriga e Coina. Eram talvez, do mesmo modo que os Lusitanos, celtas chegados cedo e deslocados para o sul pela pressão dos que foram chegando depois.”

“História concisa de Portugal”, José Hermano Saraiva

[1010]

Entry filed under: Semana da História.

"MÃE CORAGEM" BENFICA – CENTENÁRIO (XVIII)


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Fevereiro 2004
S T Q Q S S D
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.


%d bloggers like this: