Campeonato do Mundo de Hóquei em Patins – Final

14 Novembro, 2022 at 2:21 am Deixe um comentário

Final – Argentina – Portugal – 4-2

3.º / 4.º lugar – França – Itália – 5-5 (5-5 a.p.) (3-2 g.p.)

5.º / 6.º lugar – Espanha – Angola – 8-0

7.º / 8.º lugar – Chile – Alemanha – 4-2

“INTERCONTINENTAL CHAMPIONSHIP”

9.º / 10.º lugar – Colômbia – Moçambique – 7-4

11.º / 12.º lugar – Andorra – Suíça – 3-2

13.º / 14.º lugar – Brasil – Áustria – 5-2

15.º / 16.º lugar – Israel – Austrália – 1-0

“CHALLENGER’s CHAMPIONSHIP”

17.º / 18.º lugar – EUA – Uruguai – 4-2 (12.11.2022)

19.º / 20.º lugar – Egipto – África Sul – 2-0 (12.11.2022)

21.º / 22.º lugar – Nova Zelândia – México – 10-4 (12.11.2022)

A equipa de Portugal entrou muito bem no jogo, marcando logo no segundo minuto, vindo a ampliar a vantagem, para 2-0, a cerca de dez minutos do final da primeira parte. Porém, a Argentina reduziria para 1-2 a menos de minuto e meio do intervalo, reentrando na disputa da final.

Na segunda metade, impulsionada por um ambiente fervoroso do “Estadio Aldo Cantoni”, restabeleceria a igualdade, apenas com seis minutos decorridos, completando a reviravolta no “placard” com onze minutos para jogar. Daí até final, a selecção portuguesa porfiou, mas não conseguiu encontrar soluções para voltar a bater o guardião contrário.

Nos derradeiros dois minutos, arriscando tudo, o seleccionador, Renato Garrido, fez sair o guarda-redes, Ângelo Girão, substituindo-o por mais um “jogador de rinque”, num 5×4 de último recurso, que não só não foi bem sucedido, como, numa inevitável perda de bola, proporcionou o quarto tento da Argentina, a doze segundos do final, confirmando a conquista do título.

Foi um jogo bem disputado, muito equilibrado, decidido nos detalhes, com a selecção alvi-celeste a aproveitar da melhor forma o factor casa.

De assinalar que, dos novos Campeões do Mundo, nada menos de nove (!) militam presentemente em clubes portugueses: Constantino “Conti” Acevedo (guarda-redes, do Óquei de Barcelos); Carlos Nicolía (este, com dupla nacionalidade, argentina e portuguesa), Lucas Ordóñez e Pablo Álvarez (os três no Benfica); Gonzalo Romero e Matías Platero (ambos no Sporting); Tomás Mena (FC Porto); Lucas Martinez (Oliveirense); e Facundo Bridge (Valongo). A  única excepção é a do guarda-redes, Valentín Grimalt (que representa o Amatori Lodi, de Itália). O seleccionador é o histórico José Luis Páez.

Destaque ainda, nesta 45.ª edição do Campeonato do Mundo, para o excelente 3.º lugar da França, a sua melhor classificação de sempre dos actuais vice-campeões europeus. Ao invés, a Espanha ficou fora dos quatro primeiros, o que não sucedia desde o 30.º campeonato, em 1991.

No palmarés da prova, a Espanha mantém a liderança, com 17 títulos (1951, 1954, 1955, 1964, 1966, 1970, 1972, 1976, 1980, 1990, 2001, 2005, 2007, 2009, 2011, 2013 e 2017), seguida de muito perto por Portugal,  com 16 campeonatos ganhos (1947, 1948, 1949, 1950, 1952, 1956, 1958, 1960, 1962, 1968, 1974, 1982, 1991, 1993, 2003 e 2019); a Argentina conquistou a prova por 6 vezes (1978, 1984, 1995, 1999, 2015 e 2022); a Itália obteve 4 títulos (1953, 1986, 1988 e 1997); e, por fim, a Inglaterra foi 2 vezes Campeã Mundial, nas duas edições inaugurais da competição (1936 e 1939).

A selecção de Portugal soma agora 44 lugares de honra (em todas as edições da competição, à excepção da do ano de 2007, em que se quedou na 6.ª posição):

               Campeão      2.º      3.º      4.º      Total
Espanha           17         12        8        4        41
Portugal          16         11       15        2        44
Argentina          6          9       10        4        29
Itália             4          9       10        9        32
Inglaterra         2          1        -        -         3
Suíça              -          1        1        4         6
Bélgica            -          1        -        5         6
Holanda            -          1        -        2         3
França             -          -        1        1         2 
Alemanha           -          -        -        6         6
Chile              -          -        -        4         4
Brasil             -          -        -        3         3
Moçambique         -          -        -        1         1

Entry filed under: Desporto. Tags: .

O Pulsar do Campeonato – 8ª Jornada O Pulsar do Campeonato – 9ª Jornada

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Novembro 2022
S T Q Q S S D
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.


%d bloggers like this: