Archive for 11 Outubro, 2012

Responsabilidade e Seriedade

FMI pede travão à austeridade na Europa

A directora-geral do FMI, a francesa Christine Lagarde, pediu aos Estados que ponham uma travão às medidas de austeridade, dando sinais de que a sua instituição está ficar cada vez mais preocupada com o impacto dos cortes governamentais sobre o crescimento.

Lagarde advertiu contra a prioridade aos cortes na despesa e aumentos de impostos: “Por vezes é melhor ter um pouco mais de tempo”, disse durante as reuniões anuais do FMI e do Banco Mundial, em Tóquio, citada no Financial Times de hoje.

(Público)

Durão Barroso isenta troika de responsabilidade pela austeridade

O presidente da Comissão Europeia disse hoje, em Bruxelas, ser fundamental que se perceba que os Governos nacionais são responsáveis pelas medidas de austeridade que aplicam, e não a Comissão Europeia, o Banco Central Europeu ou o Fundo Monetário Internacional.

José Manuel Durão Barroso, que intervinha numa conferência sobre o “Estado da Europa” consagrada ao tema da política de austeridade, sublinhou que “as decisões não são tomadas pelas instituições europeias, mas sim pelos governos da Europa, e isso é muito importante em termos de responsabilidade, porque esta é parte do problema”, já que alguns governos tentam passar a ideia de que as medidas que adoptam lhes são impostas, “o que não é verdade”.

(Público)

Que outra interpretação podem ter estas palavras de dois dos mais altos responsáveis de entidades integrantes da Troika senão uma lamentável fuga às responsabilidades e falta de seriedade? A culpa morre sempre solteira…

P. S. Por cruel ironia, estas declarações são veiculadas no mesmo dia em que é anunciado o verdadeiro impacto do “enorme [brutal!] aumento de impostos”, com a publicitação dos novos escalões de IRS previstos para o próximo ano:

(via “Dinheiro Vivo“)

(Às taxas indicadas acresce a sobretaxa de 4%, em todos os escalões; no escalão mais alto – agora a partir de um rendimento de 80 000 €, acresce ainda a taxa de solidariedade, de 2,5%, elevando a taxa global até uns absurdos 54,5%!)

11 Outubro, 2012 at 11:48 pm Deixe um comentário

Prémio Nobel da Literatura – 2012

O prémio Nobel da Literatura 2012 foi hoje atribuído ao escritor chinês Mo Yan, «que, com um alucinatório realismo funde contos populares, história e o contemporâneo».

Mo Yan tem um único livro traduzido em Portugal, “Peito Grande, Ancas Largas”, publicado originalmente em 2005, editado em 2007 pela Ulisseia. Esta obra suscitou grande controvérsia na China, tendo o autor sido mesmo obrigado a escrever uma auto-crítica ao seu próprio livro, o qual, posteriormente, viria a ser retirado de circulação.

11 Outubro, 2012 at 12:41 pm Deixe um comentário

Eleições Presidenciais EUA – 2012 (I)

Eleições Presidenciais EUA - 2008

Já a menos de um mês das eleições Presidenciais nos EUA – agendadas, como é tradição, para terça-feira, dia 6 de Novembro -, aqui retomo (depois da alargada experiência de 2008) o acompanhamento da evolução das tendências, com o apoio de um grafismo disponibilizado pela CNN. Tendo por base as inúmeras sondagens realizadas até à data, preparei o seguinte mapa, por Estado:

A posição que é possível antecipar neste momento resume-se da seguinte forma:

Barack ObamaClaro favoritismo de Barack Obama – 16 Estados (indicando-se também o correspondente número de “Grandes eleitores”): California (55), Connecticut (7), Delaware (3), Hawaii (4), Illinois (20), Maine (4), Maryland (10), Massachussetts (11), Minnesota (10), New Jersey (14), New York (29), Novo México (5), Oregon (7), Rhode Island (4), Vermont (3) e Washington (12); para além do District of Columbia (3) – correspondendo a um total de 201 “Grandes Eleitores”.

Mitt RomneyClaro favoritismo de Mitt Romney  – 20 Estados: Alabama (9), Alaska (3), Arizona (11), Arkansas (6), Dakota do Norte (3), Dakota do Sul (3), Georgia (16), Idaho (4), Indiana (11), Kansas (6), Kentucky (8), Lousiana (8), Mississippi (6), Montana (3), Nebraska (5), Oklahoma (7), Texas (38), Utah (6), West Virginia (5) e Wyoming (3) – correspondendo a um total de 161 “Grandes Eleitores”.

Sendo a vitória nestas eleições alcançada com a obtenção de 270 “Grandes Eleitores”, tudo se deverá decidir nos restantes 14 Estados (os quais correspondem a um total de 176 “Grandes Eleitores”),  apresentando as seguintes tendências:

  • Ligeiro favoritismo de Barack Obama – Pennsylvania (20)
  • Ligeiro favoritismo de Mitt Romney – Carolina do Sul (9), Missouri (10) e Tennessee (11)
  • “Empate técnico” – Carolina do Norte (15), Colorado (9), Florida (29), Iowa (6), Michigan (16), Nevada (6), New Hampshire (4), Ohio (18), Virgínia (13) e Wisconsin (10)

Considerando que as tendências se confirmarão nos casos de Carolina do Sul, Missouri, Pennsylvania e Tennessee, a projecção de “Grandes Eleitores” passaria a totalizar 221 para Barack Obama, face a 191 para Mitt Romney – e a verdadeira grande disputa estaria reduzida a 10 Estados, onde estão em jogo 126 “Grandes Eleitores”.

Como é tradicional, os Estados da Florida e Ohio serão determinantes – quem ganhar os dois (se algum candidato o conseguir) deverá vencer a eleição -, sendo que, nesta altura, Barack Obama surge ligeiramente acima nas intenções de voto (tal como no Michigan, e ao contrário do que sucede na Carolina do Norte).

Em 2008, nos 10 Estados que se apresentam agora de resultado mais incerto, Barack Obama venceu então em todos eles!…

11 Outubro, 2012 at 9:40 am 1 comentário


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Outubro 2012
S T Q Q S S D
« Set   Nov »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.