Luxemburgo – Portugal (Mundial-2014 – Qualif.)

7 Setembro, 2012 at 10:12 pm Deixe um comentário

Luxemburgo Luxemburgo – Jonathan Joubert, Guy Blaise, Tom Schnell, Gilles Bettmer, Daniel da Mota (79m – Maurice Deville), Ben Payal, Aurelien Joachim, Ante Bukvic, Mario Mutsch, Mathias Jaenisch e Lars Gerson

Portugal Portugal – Rui Patrício, João Pereira, Bruno Alves, Pepe, Fábio Coentrão, Raul Meireles (67m – Custódio), Cristiano Ronaldo, João Moutinho, Miguel Veloso (45m – Silvestre Varela), Nani (81m – Ruben Micael) e Hélder Postiga

1-0 – Daniel da Mota – 14m
1-1 – Cristiano Ronaldo – 27m
1-2 – Hélder Postiga – 54m

Cartões amarelos – Bruno Alves (78m) e Silvestre Varela (86m)

Árbitro – Kristo Tohver (Estónia)

No início da caminhada rumo ao Brasil, em 2014, tão avisada estava a selecção portuguesa sobre a necessidade de “levar a sério” este adversário, quão inevitável é algum relaxe, tão díspares as forças em presença.

E a verdade é que – tendo a equipa de Portugal adoptado uma toada lenta no quarto de hora inicial – o Luxemburgo começaria por provocar grande surpresa, ao inaugurar o marcador, colocando-se em vantagem, com um remate indefensável do luso-descendente Daniel da Mota.

A equipa nacional percebeu então que teria de trabalhar ainda mais do que porventura suspeitava, acabando por beneficiar do facto de o golo do empate não ter demorado em demasia, com Ronaldo a aproveitar da melhor forma uma desconcentração da defensiva luxemburguesa, a perder a bola em “zona proibida”, perante a insistência dos centro-campistas portugueses.

Sem nunca elevar de forma significativa o ritmo de jogo, Portugal, depois de obtido o segundo golo, pouco depois do recomeço, não iria além da margem mínima, nesta sua primeira vitória.

Em regime de “serviços mínimos”, a selecção portuguesa não evitaria persistir, até final do jogo, à mercê de um qualquer lance fortuito, que pudesse eventualmente hipotecar a necessária conquista dos 3 pontos. Segue-se o Azerbeijão, esperando-se exibição e resultado mais convincentes.

GRUPO F                Jg   V   E   D     G     Pt
1º Rússia               1   1   -   -    2- 0    3
2º Portugal             1   1   -   -    2- 1    3
3º Azerbaijão           1   -   1   -    1- 1    1
4º Israel               1   -   1   -    1- 1    1
5º Luxemburgo           1   -   -   1    1- 2    -
6º I. Norte             1   -   -   1    0- 2    -

1ª jornada
07.09.12 – Rússia – I. Norte – 2-0
07.09.12 – Azerbaijão – Israel – 1-1
07.09.12 – Luxemburgo – Portugal – 1-2

Anúncios

Entry filed under: Desporto. Tags: , .

Declínio e Queda A ilusória receita da Troika

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Autor – Contacto

Destaques

Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Setembro 2012
S T Q Q S S D
« Ago   Out »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.


%d bloggers like this: