Archive for 13 Dezembro, 2008

Blogosfera em 2008 (XIII)

A 4 de Junho, os sociólogos Hugo Mendes e Renato Carmo – tendo por base a citação de Albert Camus, no seu livro “O Homem Revoltado”, «No meio-dia do pensamento, o revoltado recusa assim a divindade, a fim de partilhar as lutas e os destinos comuns» – davam início ao “Pensamento do Meio-Dia”, espaço para abordar algumas das “inquietudes do espírito”: «a privação, a abundância, a (des)igualdade, a desconfiança, a cooperação, o crescimento, a (re)distribuição, as instituições, a política, a educação».

No dia seguinte nascia o “Novo Benfica” – visando «devolver ao Benfica “a voz de outros tempos”» -, com a participação de: António de Souza-Cardoso, Armindo Monteiro, Bruno Carvalho, Júlio Machado Vaz, Miguel Esteves Cardoso, Miguel Álvares Ribeiro, Miguel Osório,  Paulo Ferreira, Pedro Fonseca e Pedro Ribeiro.

Seria então criado o “40 horas em Serralves”, um blogue especificamente dedicado ao evento “Serralves em Festa” (realizado a 7 e 8 de Junho), com uma efémera vida de apenas uma semana!

A 12 de Junho era apresentado o blogue da Fundação José Saramago.

Antecedendo em poucos dias, o início (a 15) do “Caminhos da Memória”, que se apresentava como «um blogue que pretende dar voz a diferentes formas de lembrar, de evocar e de interpretar o passado, recorrendo a leituras contemporâneas da história e da memória». Com uma redação constituída maioritariamente por membros da Associação “Não Apaguem a Memória!”, ainda que não possua um vínculo formal com a mesma, agregava nomes como Diana Andringa, Irene Pimentel, Joana Lopes, Maria Manuela Cruzeiro, Miguel Cardina, Raimundo Narciso e Rui Bebiano, contando ainda com a colaboração regular de José Luís Saldanha Sanches, José Medeiros Ferreira, José Vera Jardim, Nuno Brederode Santos, para além de colaborações pontuais de Ana Vicente, Eduardo Graça, Jorge Martins, Maria João M. Pires e Nuno Teotónio Pereira.

No mesmo dia, Manuel Maria Carrilho começava a escrever num novo blogue, denominado Contingências.

A 19 de Junho, João Paulo Meneses – não disfarçando algum cansaço e esgotamento do modelo, a que as sucessivas controvérsias, polémicas e, inclusivamente, «animosidades» que os seus escritos vinham gerando não terão sido alheias – colocava termo à publicação do Blogouve-se. Uma perda importante para este segmento da blogosfera, em particular no que respeita à ética no jornalismo.

13 Dezembro, 2008 at 12:20 pm Deixe um comentário


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Dezembro 2008
S T Q Q S S D
« Nov   Jan »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.