Archive for 6 Agosto, 2003

65ª VOLTA A PORTUGAL EM BICICLETA

Tem início hoje um grandioso espectáculo que percorrerá as estradas portuguesas nos próximos dias (até 17 de Agosto): a .serpente multicolor. constituída por um conjunto de .heróis. cuja capacidade de sacrifício será sujeita às mais duras provas.

Este é talvez o desporto de alta competição de maior .violência física., pelo desgaste acumulado de realizar, diariamente, ao longo de quase duas semanas, entre 150 a 200 km de bicicleta, praticamente sem pausas para recuperação.

Ocasião para relembrar os grandes campeões: de José Maria Nicolau e Alfredo Trindade; a Alves Barbosa; ao .maior. de todos, Joaquim Agostinho; passando pelo detentor do maior número de vitórias (4), Marco Chagas; chegando ao actual responsável pela organização (Director Técnico), Joaquim Gomes (também vencedor, por duas vezes; aliás um dos últimos portugueses a triunfar, a par de Orlando Rodrigues e Vítor Gamito).

Nos últimos anos, os portugueses têm experimentado algumas dificuldades em impor-se ao enorme pelotão estrangeiro (principalmente de ciclistas espanhóis e italianos); na ausência do nosso actual melhor ciclista, José Azevedo, fica a expectativa de podermos assistir ao nascimento de um .novo campeão..

A acompanhar diariamente. (Este ano, com uma .camisola da solidariedade., uma iniciativa que merece aplauso, visando a recolha de fundos para prestar apoio a quem mais sofreu com os acontecimentos dos últimos dias).

P. S. Ao falar de Joaquim Agostinho, que foi, a par de Carlos Lopes, uma das maiores figuras de todos os tempos do Sporting, não posso deixar de felicitar este clube, na pessoa dos seus adeptos, no dia da inauguração do novo Estádio Alvalade XXI, um símbolo de modernidade que . polémicas à parte . deverá constituir um motivo de orgulho para todos os portugueses, comprovando que somos capazes das maiores realizações.

[135]

6 Agosto, 2003 at 6:11 pm 1 comentário

A EUROPA DAS LÍNGUAS (III)

“Limitando-nos ao âmbito europeu, distinguem-se os seguintes grupos:

1) o balto-eslavo, com dois subgrupos: o subgrupo báltico . o lituano e o letão . e o subgrupo eslavo, que a partir do antigo eslavo se subdivide hoje em três subgrupos: o meridional . búlgaro, servo-croata e esloveno .; o oriental . russo ou grande russo, bielorusso ou pequeno russo e ucraniano ou russo branco .; o ocidental . checo, eslovaco e polaco.

2) o ilírico: representado hoje pelo albanês.

3) o germânico, a partir de um proto-germânico falado em tempos na Escandinávia e norte da Alemanha e do qual derivaram vários grupos actuais: o subgrupo do gótico, com o gótico, língua falada pelos Godos, ., o vândalo e o borgúndio; o subgrupo nórdico com as línguas escandinavas . o dinamarquês, o sueco, o norueguês, o islandês. -; o subgrupo do anglo-saxão, o .old english. que falavam os Anglos e os Saxões que se estabeleceram nas ilhas britânicas a partir do século V destronando os Celtas e de que descende o inglês actual; o subgrupo do alto-alemão, falado no sul da Alemanha e de que procede o alemão actual; e, finalmente, o sub-grupo do baixo-alemão, falado no norte da Alemanha e de procedem o neerlandês e o frísio.

4) o helénico: em que historicamente se podem distinguir o grego micénico, o grego helénico e os seus dialectos, o grego bizantino e o grego moderno.

5) o céltico: com o céltico continental representado pelo galo, hoje extinto, e o céltico insular ou britânico de que derivaram o galês, possivelmente o bretão e, por outro lado, o gaélico nas suas diversas formas . irlandês, escocês, córnico, manques.

6) o itálico, com as línguas osco-úmbricas, entre elas o latim, ou língua do Lácio, de que derivaram as línguas românicas . italiano, espanhol, catalão, galego e português, provençal, francês.”.

.A EUROPA DAS LÍNGUAS., de Miquel Siguan (coedição da Terramar com a SILC)

P. S. Na sequência do .bug. do .blogspot. de ontem à noite (e se o sistema .falhasse de vez.? . desapareceria uma parte substancial da .blogosfera..), ficaram por apresentar novos agradecimentos: ao serendipitous-cacophonies e ao the night of the hunter do Martin Pawley (um .Blogue. cuja temática é o cinema)… e ao leitor de Liverpool, que só pode ser o carimbo

[134]

6 Agosto, 2003 at 7:50 am

1905 – DOMINGO SANGRENTO

“Em Sampetesburgo, tropas do czar disparam indiscriminadamente contra uma manifestação pacífica e fazem centenas de vítimas. O “Domingo Sangrento”, como ficou conhecido, dá origem a sucessivas insurreições que são o ponto de partida para a revolução bolchevique de 1917.” 

[133]

6 Agosto, 2003 at 7:47 am


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Agosto 2003
S T Q Q S S D
« Jul   Set »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.