Mundial 2018 – 1/4 de final – Uruguai – França

6 Julho, 2018 at 4:53 pm Deixe um comentário

Uruguai França 0-2

Uruguai Fernando Muslera, Martín Cáceres, José María Giménez, Diego Godín, Diego Laxalt, Nahitan Nández (73m – Jonathan Urretaviscaya), Lucas Torreira, Matías Vecino, Rodrigo Betancur (59m – Cristian Rodríguez), Luis Suárez e Cristhian Stuani (59m – Maximiliano Gómez)

França Hugo Lloris, Benjamin Pavard, Raphaël Varane, Samuel Umtiti, Lucas Hernández, Kylian Mbappé (88m – Ousmane Dembélé), Paul Pogba, N’Golo Kanté, Corentin Tolisso (80m – Steven Nzonzi), Antoine Griezmann (90m – Nabil Fekir) e Olivier Giroud

0-1 – Raphaël Varane – 40m
0-2 – Antoine Griezmann – 61m

Cartões amarelos – Rodrigo Betancur (39m) e Cristian Rodríguez (69m); Lucas Hernández (33m) e Kylian Mbappé (69m)

Árbitro – Nestor Pitana (Argentina)

Nizhny Novgorod Stadium – Nizhny Novgorod (15h00)

Tal como sucedera frente à Argentina, também hoje a superioridade da França foi notória, pese embora o tento inaugural tenha surgido apenas próximo do termo da primeira metade, num livre apontado por Griezmann, com um centro “milimétrico” para a cabeça de Varane, a antecipar-se a toda a defesa contrária, para, com um toque subtil, desviar a bola do alcance do guarda-redes, anichando-se no fundo da baliza.

Curiosamente, a melhor ocasião de perigo do Uruguai surgiria pouco depois, sendo então a vez de Lloris brilhar, com uma excelente intervenção.

Sem poder dispor de Cavani, lesionado no jogo frente a Portugal, a equipa sul-americana acabaria por ficar sempre “muito curta”, incapaz de chegar à zona de finalização.

Da parte da França, não pretendendo arriscar a que se pudesse repetir o susto que passou perante os argentinos, a prioridade foi o controlo do jogo, gerindo a vantagem e o tempo. Até porque, apenas com cerca de um quarto de hora decorrido no segundo período, outra vez Griezmann, a desferir um remate em que a bola sairia com uma trajectória caprichosa, traindo Muslera, que a viu escapar-se entre as mãos.

Estava sentenciado o desfecho da eliminatória e, até final, esteve sempre mais perto a possibilidade de um terceiro tento gaulês que a hipótese de os uruguaios reduzirem a desvantagem.

Depois de ter afastado o Campeão da Europa em título (Portugal), o Uruguai não conseguiu resistir a uma exibição muito segura dos vice-campeões europeus, que, assim, avançam para as meias-finais, nas quais poderão eventualmente ter de defrontar o Brasil (após terem já eliminado três selecções sul-americanas: Peru, Argentina e Uruguai).

Anúncios

Entry filed under: Mundial 2018.

Optimista Mundial 2018 – 1/4 de final – Brasil – Bélgica

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Autor – Contacto

Destaques

Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Julho 2018
S T Q Q S S D
« Jun    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.


%d bloggers like this: