Archive for 3 Julho, 2018

Mundial 2018 – 1/8 final

    1/8 FINAL              1/4 FINAL         1/2 FINAIS             FINAL

UruguaiPortugal2-1 UruguaiFrança--- FrançaArgentina4-3 ......---

BrasilMéxico2-0 ...- BrasilBélgica--- BélgicaJapão3-2


EspanhaRússia1-1 RússiaCroácia--- CroáciaDinamarca1-1 ...-

SuéciaSuíça1-0 ......--- SuéciaInglaterra--- ColômbiaInglaterra1-1

Marcadores (1/8 Final) – Antoine Griezmann (França); Ángel Di María e Gabriel Mercado (Argentina); Benjamin Pavard e Kylian Mbappé – 2 (França); Sergio Agüero (Argentina); Edinson Cavani – 2 (Uruguai); Pepe (Portugal); Sergey Ignashevich (Rússia – p.b. – Espanha); Artem Dzyuba (Rússia); Mathias Jørgensen (Dinamarca); Mario Mandžukić (Croácia); Neymar e Firmino (Brasil); Genki Haraguchi e Takashi Inui (Japão); Jan Vertonghen, Marouane Fellaini e Nacer Chadli (Bélgica); Emil Forsberg (Suécia); Harry Kane (Inglaterra); Yerry Mina (Colômbia)

Melhores marcadores:

6 golos – Harry Kane (Inglaterra)

4 golos – Cristiano Ronaldo (Portugal) e Romelu Lukaku (Bélgica)

3 golos – Denis Cheryshev (Rússia), Diego Costa (Espanha), Kylian Mbappé (França), Edinson Cavani (Uruguai), Artem Dzyuba (Rússia) e Yerry Mina (Colômbia)

2 golos – Mile Jedinak (Austrália), Luka Modrić (Croácia), Philippe Coutinho (Brasil), Ahmed Musa (Nigéria), Eden Hazard (Bélgica), John Stones (Inglaterra), Luis Suárez (Uruguai), Mohamed Salah (Egipto), Andreas Granqvist (Suécia), Heung-Min Son (Coreia Sul), Wahbi Khazri (Tunísia), Antoine Griezmann (França), Sergio Agüero (Argentina), Neymar (Brasil) e Takashi Inui (Japão)

Anúncios

3 Julho, 2018 at 9:53 pm Deixe um comentário

Mundial 2018 – 1/8 de final – Colômbia – Inglaterra

Colômbia Inglaterra 1-1 (3-4 g.p.)

Colômbia David Ospina, Santiago Arias (116m – Cristian Zapata), Yerry Mina, Davinson Sánchez, Johan Mojica, Wilmar Barrios, Carlos Sánchez (79m – Mateus Uribe), Jefferson Lerma (61m – Carlos Bacca), Juan Cuadrado, Juan Quintero (88m – Luis Muriel) e Radamel Falcao

Inglaterra Jordan Pickford, Kyle Walker (113m – Marcus Rashford), John Stones, Harry Maguire, Kieran Trippier, Ashley Young (102m – Danny Rose), Jordan Henderson, Dele Alli (81m – Eric Dier), Jesse Lingard, Raheem Sterling (88m – Jamie Vardy) e Harry Kane

0-1 – Harry Kane (pen.) – 57m
1-1 – Yerry Mina – 90m

Desempate da marca de grande penalidade:

1-0 – Radamel Falcao
1-1 – Harry Kane
2-1 – Juan Cuadrado
2-2 – Marcus Rashford
3-2 – Luis Muriel
Jordan Henderson permitiu a defesa a David Ospina
Mateus Uribe rematou à trave
3-3 – Kieran Trippier
Carlos Bacca permitiu a defesa a Jordan Pickford
3-4 – Eric Dier

Cartões amarelos – Wilmar Barrios (41m), Santiago Arias (52m), Carlos Sánchez (54m), Radamel Falcao (63m), Carlos Bacca (64m) e Juan Cuadrado (118m); Jordan Henderson (56m) e Jesse Lingard (69m)

Árbitro – Mark Geiger (EUA)

Spartak Stadium – Moskva (19h00)

O último dos desafios dos 1/8 de final confirmou o equilíbrio que se antevia entre as duas equipas, pese embora a Inglaterra se tivesse colocado em vantagem, na conversão de uma grande penalidade (a terceira apontada por Harry Kane, que atinge já a marca de seis golos neste Mundial), apenas deixando escapar o triunfo já em período de compensação.

Efectivamente, a Colômbia apenas conseguiu criar lances de maior perigo já na fase derradeira da partida, acabando por ver a sua insistência recompensada, na sequência de um pontapé de canto, com o defesa Yerry Mina a notabilizar-se com a obtenção do seu terceiro tento – todos de cabeça – na competição, o único defesa a alcançar tal registo.

No desempate da marca de grande penalidade – sistema que, historicamente, tem penalizado a Inglaterra (seis eliminações em sete ocasiões anteriores, assim tendo sido afastada dos Mundiais de 1990, 1998 e 2006) -, os ingleses seriam, desta vez, mais eficazes, garantindo assim o apuramento para os 1/4 de final.

3 Julho, 2018 at 9:52 pm 1 comentário

Mundial 2018 – 1/8 de final – Suécia – Suíça

Suécia Suíça 1-0

Suécia Robin Olsen, Mikael Lustig (82m – Emil Krafth), Victor Lindelöf, Andreas Granqvist, Ludwig Augustinsson, Viktor Claesson, Gustav Svensson, Albin Ekdal, Emil Forsberg (82m – Martin Olsson), Marcus Berg (90m – Isaac Kiese Thelin) e Ola Toivonen

Suíça Yann Sommer, Michael Lang, Johan Djourou, Manuel Akanji, Ricardo Rodríguez, Valon Behrami, Granit Xhaka, Xherdan Shaqiri, Blerim Džemaili (73m – Haris Seferović), Steven Zuber (73m – Breel Embolo) e Josip Drmić

1-0 – Emil Forsberg – 66m

Cartões amarelos – Mikael Lustig (31m); Valon Behrami (61m) e Granit Xhaka (68m)

Cartão vermelho – Michael Lang (90m)

Árbitro – Damir Skomina (Eslovénia)

St. Petersburg Stadium – St. Petersburg (15h00)

O jogo que se antecipava como, possivelmente, o mais entediante destes 1/8 de final não fugiu às expectativas, com ambas as equipas muito “encaixadas”, sem grandes ocasiões de perigo.

Defrontando-se duas equipas muito compactas e sólidas em termos defensivos, o colectivo sueco acabaria por se impor, com o tangencial desequilíbrio no marcador a surgir mercê de um remate de longe, que contou ainda com um involuntário desvio de um defesa suíço, traindo o seu guarda-redes.

Depois de ter contribuído para afastar a Holanda (ainda na fase de qualificação), a Itália (no “play-off” de apuramento) e a Alemanha (na fase de grupos, a Suécia avança na competição, já para os 1/4 de final.

3 Julho, 2018 at 4:53 pm Deixe um comentário


Autor – Contacto

Destaques

Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Julho 2018
S T Q Q S S D
« Jun   Ago »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.