EURO 2016 – 1/4 de final – P. Gales – Bélgica

1 Julho, 2016 at 8:50 pm Deixe um comentário

País de GalesBélgica3-1

País de Gales Wayne Hennessey, James Chester, Ashley Williams, Ben Davies, Neil Taylor, Joe Allen,  Joe Ledley (78m – Andy King), Aaron Ramsey (90m – James Collins), Chris Gunter, Hal Robson-Kanu (80m – Sam Vokes) e Gareth Bale

Bélgica Thibaut Courtois, Thomas Meunier, Toby Alderweireld, Jason Denayer, Jordan Lukaku (75m – Dries Mertens), Yannick Ferreira Carrasco (45m – Marouane Fellaini), Radja Nainggolan, Axel Witsel, Kevin De Bruyne, Eden Hazar e Romelu Lukaku (83m – Michy Batshuayi)

0-1 – Radja Nainggolan – 13m
1-1 – Ashley Williams – 31m
2-1 – Hal Robson-Kanu – 55m
3-1 – Sam Vokes – 86m

“Melhor em campo” – Hal Robson-Kanu

Amarelos – Ben Davies (5m), James Chester (16m), Chris Gunter (24m) e Aaron Ramsey (75m); Marouane Fellaini (59m) e Toby Alderweireld (85m)

Árbitro – Damir Skomina (Eslovénia)

Stade Pierre Mauroy – Lille (20h00)

A favorita selecção da Bélgica foi esta noite surpreendida pelo conjunto do País de Gales, que soube reagir da melhor forma a uma situação de desvantagem no marcador ainda na fase inicial do jogo – na sequência de um potente e colocado remate de “meio da rua” de Nainggolan , vindo a aproveitar da melhor forma as falhas defensivas dos belgas, hoje com o seu sector mais recuado adaptado devido a lesões de dois dos habituais titulares.

Após o segundo tento galês – uma acção de espectacular efeito de Hal Robson-Kanu, sozinho dentro da área, a rodar e a libertar-se de toda a marcação – a equipa belga procurou, de forma insistente, o golo do empate, podendo queixar-se de erros da arbitragem, deixando uma falta para grande penalidade por sancionar.

Mas, independentemente da maior pressão contrária, a partir de determinada altura já algo desordenada, o País de Gales, actuando como um bloco, soube sempre controlar de forma tranquila o jogo, aproveitando ainda o balanceamento atacante belga para marcar o golo que sentenciou o desfecho desta eliminatória.

De forma inesperada, os galeses acabam por confirmar a vantagem que tinham registado já na fase de qualificação, perante este mesmo adversário, tendo empatado a zero em Bruxelas e ganho (1-0) em Cardiff.

Na próxima quarta-feira, nas meias-finais, em Lyon, um sensacional Portugal-País de Gales.

Advertisements

Entry filed under: Desporto, Euro-2016.

EURO 2016 – 1/4 de final – Polónia – Portugal EURO 2016 – 1/4 de final – Alemanha – Itália

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Autor – Contacto

Destaques

Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Julho 2016
M T W T F S S
« Jun   Ago »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.


%d bloggers like this: