Archive for 12 Junho, 2012

EURO 2012 – Grupo A – 2ª jornada – Polónia – Rússia

PolóniaRússia1-1

Embalada pelo robusta vitória da primeira jornada, a selecção da Rússia entrou confiante, em busca do golo… e de novo triunfo. Veria os seus esforços recompensados, novamente por intermédio de Dzagoev, que marcou o seu terceiro tento na competição.

No segundo tempo, a Polónia teve uma boa reacção, sendo também premiada com um bom golo de Błaszczykowski.

Até final, a Rússia (que, em caso de vitória, garantiria automaticamente, já hoje, o apuramento para os 1/4 Final) teve mais iniciativa, com os polacos a parecerem satisfeitos com o empate… que deixa tudo em aberto para a derradeira ronda, com qualquer das equipas a depender apenas de si.

Polónia Przemysław Tytoń, Lukasz Piszczek, Marcin Wasilewski, Damien Perquis, Sebastian Boenisch, Dariusz Dudka (73m – Adrian Mierzejewski), Eugen Polanski (85m – Adam Matuszczyk), Jakub Błaszczykowski, Rafal Murawski, Ludovic Obraniak (90m – Pawel Brożek) e Robert Lewandowski

Rússia Vyacheslav Malafeev, Aleksandr Anyukov, Aleksei Berezutskiy, Sergei Ignashevich, Yuri Zhirkov, Roman Shirokov, Igor Denisov, Konstantin Zyryanov, Alan Dzagoev (79m – Marat Izmailov), Andrei Arshavin e Aleksandr Kerzhakov (70m – Roman Pavlyuchenko)

0-1 – Alan Dzagoev – 37m
1-1 – Jakub Błaszczykowski – 57m

“Melhor em campo” – Jakub Błaszczykowski (Polónia)

Amarelos – Robert Lewandowski (60m) e Eugen Polanski (79m); Igor Denisov (60m) e Alan Dzagoev (75m)

Árbitro – Wolfgang Stark (Alemanha)

Estádio Nacional Narodowy – Varsóvia (19h45)

12 Junho, 2012 at 9:51 pm Deixe um comentário

EURO 2012 – Grupo A – 2ª jornada – Grécia – R. Checa

GréciaR. Checa1-2

A Grécia continua em “maré de azar”, também no futebol: depois de ter ficado sem a dupla de centrais com que iniciara a competição, o que poderia acontecer pior do que sofrer um golo aos 3 minutos? Sofrer outro golo apenas mais 3 minutos decorridos!

Podia acontecer pior? Podia… aos 23 minutos, o guarda-redes Chalkias lesionava-se, tendo de ser substituído por Sifakis… E, para cúmulo, um golo (porventura mal) invalidado pelo árbitro!

O golo conseguido no início da segunda parte, numa oferta de Petr Čech, faria ainda acreditar os gregos que seria porventura possível vencer a adversidade; porém, não obstante as tentativas de ataque, o resultado acabaria por não se alterar.

Grécia Kostas Chalkias (23m – Michalis Sifakis), Vasilis Torosidis, Kyriakos Papadopoulos, Kostas Katsouranis, José Holebas, Giorgos Fotakis (45m – Theofanis Gekas), Giannis Maniatis, Giorgos Karagounis, Dimitris Salpingidis, Kostas Fortounis (71m – Kostas Mitroglou) e Georgios Samaras

R. Checa Petr Čech, Theodor Gebre Selassie, Tomás Sivok, Michal Kadlec, David Limberský, Tomáš Hübschman, Jaroslav Plašil, Petr Jirácek, Tomáš Rosický (45m – Daniel Kolář) (90m – František Rajtoral), Václav Pilař e Milan Baroš (64m – Tomáš Pekhart)

0-1 – Petr Jirácek – 3m
0-2 – Václav Pilař – 6m
1-2 – Theofanis Gekas – 53m

“Melhor em campo” – Václav Pilař (R. Checa)

Amarelos – Vasilis Torosidis (34m), Kyriakos Papadopoulos (56m) e Dimitris Salpingidis (57m); Tomáš Rosický (27m), Petr Jirácek (36m) e Daniel Kolář (65m)

Árbitro – Stéphane Lannoy (França)

Estádio Municipal de Wroclaw – Wroclaw (17h00)

12 Junho, 2012 at 6:50 pm Deixe um comentário

«A Herança»

Todos os aspectos nefastos, propriamente científicos e culturais, deste AOLP foram já abundante e rigorosamente tratados por quem de direito. Parece, contudo, que os decisores políticos, por qualquer razão obscura, se mantêm imunes a todos esses argumentos, a pretexto de não poderem ter “opinião”… Revelam assim uma tremenda insensibilidade face ao valor patrimonial e identitário da nossa língua nacional, que é também, convém lembrar, património europeu, ao mesmo título que qualquer uma das outras 22 línguas nacionais da União Europeia.

Também as incongruências de carácter jurídico, que caracterizam todo este processo, têm sido repetidamente objecto de denúncias provenientes de personalidades da área do direito, aparentemente acolhidas com a mesma indiferença e alheamento. […]

(«A Herança» – Maria José Abranches – vale a pena ler o artigo completo)

12 Junho, 2012 at 2:15 pm Deixe um comentário


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Junho 2012
S T Q Q S S D
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Twitter

  • RT @FFigueiredoCor: "O Presidente da República não se imiscui na vida interna dos partidos". Marcelo Rebelo de Sousa acabou de dizer isto h… 1 hour ago
  • @AFN1982 Sim, não deverá ir além dos 2%, o que significará, talvez, 3 ou 4 deputados... 1 hour ago
  • @AFN1982 Receio que "tudo" à direita esteja subavaliado... (ups, onde foi parar o CDS?...) 1 hour ago

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.