Portugal – Luxemburgo (Europeu 2020 – Qualif.)

11 Outubro, 2019 at 9:36 pm Deixe um comentário

Portugal Portugal – Rui Patrício, Nélson Semedo, Rúben Dias, Pepe, Raphaël Guerreiro, João Moutinho (90m – Rúben Neves), Danilo Pereira, Bruno Fernandes, Cristiano Ronaldo, João Félix (88m – João Mário) e Bernardo Silva (77m – Gonçalo Guedes)

Luxemburgo Luxemburgo – Anthony Moris, Florian Bohnert (45m – Danel Sinani), Lars Gerson, Maxime Chanot, Dirk Carlson, Laurent Jans, Olivier Thill, Leandro Barreiro Martins, Vincent Thill (88m – Stefano Bensi), Gerson Rodrigues e Dave Turpel (59m – Daniel da Mota)

1-0 – Bernardo Silva – 16m
2-0 – Cristiano Ronaldo – 65m
3-0 – Gonçalo Guedes – 89m

Cartões amarelos – Leandro Barreiro Martins (9m) e Gerson Rodrigues (72m)

Árbitro – Daniel Stefanski (Polónia)

Como que a querer sinalizar que pretendia “arrumar” o assunto rapidamente, a selecção de Portugal entrou em campo a “todo o gás”, empurrando o Luxemburgo para a sua grande área.

Mas, paralelamente, os jogadores pareceram denotar alguma ansiedade, desde logo pela forma algo exuberante como reclaramaram, por duas vezes, ainda nos minutos iniciais, inexistentes grandes penalidades.

O golo acabaria mesmo por chegar cedo, à passagem do quarto de hora, com Bernardo Silva a concluir com facilidade um lance iniciado, na lateral direita, por Nélson Semedo.

Pouco depois, Cristiano Ronaldo testaria ainda a concentração do guardião Moris, mas, afinal, a entrada de rompante acabaria por ser “sol de pouca dura”, com o ritmo de jogo a cair, algo compreensivelmente, mas demasiado.

Na segunda metade do primeiro tempo, a equipa luxemburguesa atrever-se-ia mesmo a algumas investidas, destacando-se um remate à malha lateral e outro lance que Rui Patrício deteria sem especial dificuldade.

No reinício da partida, Portugal voltaria a acelerar, e, sobretudo, ensaiaria então alguns remates de longe, mas sem efeito concreto. Só aos 20 minutos, Cristiano Ronaldo chegaria ao golo que, praticamente, confirmava o triunfo luso, com um “chapéu” de boa execução, sobre o guarda-redes contrário.

A fadiga começava a fazer-se notar no “onze” luxemburguês, o qual, não obstante, com boa atitude, nunca abdicaria de jogar o jogo pelo jogo, não se remetendo a uma defensiva porfiada.

O terceiro golo chegaria já em cima do final do tempo regulamentar, na sequência de um pontapé de canto, com a bola a ressaltar para a zona central, onde Gonçalo Guedes, liberto de marcação, não teve dificuldade em visar a baliza.

Pese embora em largos períodos dando a sensação de actuar em regime de “serviços mínimos”, Portugal cumpriu, vencendo com tranquilidade, um jogo que, de facto, nunca chegou a complicar-se, ficando a ideia de que, caso “necessário”, o marcador poderia ter sido mais dilatado.

Ainda com bastantes jogos por disputar, este grupo começa a aparentar contornos definidos no que respeita às selecções que se irão qualificar para a fase final: a Ucrânia está já com “um pé e meio” nessa fase (seria necessária uma muito improvável combinação de resultados para ficar fora dos dois primeiros, atendendo a que goleou a Sérvia por 5-0); a Portugal continua a “bastar” ganhar à Lituânia (em casa) e no Luxemburgo. A decisão do vencedor do grupo passará, todavia, pelo próximo encontro entre ucranianos e portugueses, já na próxima segunda-feira.

GRUPO B           Jg     V     E     D       G       Pt
1º Ucrânia         6     5     1     -    13 -  1    16
2º Portugal        5     3     2     -    13 -  4    11
3º Sérvia          5     2     1     2    10 - 12     7
4º Luxemburgo      6     1     1     4     5 - 11     4
5º Lituânia        6     -     1     5     4 - 17     1

7ª jornada

11.10.2019 – Portugal – Luxemburgo – 3-0
11.10.2019 – Ucrânia – Lituânia – 2-0

6ª jornada

10.09.2019 – Luxemburgo – Sérvia – 1-3
10.09.2019 – Lituânia – Portugal – 1-5

5ª jornada

07.09.2019 – Lituânia – Ucrânia – 0-3
07.09.2019 – Sérvia – Portugal – 2-4

4ª jornada

10.06.2019 – Sérvia – Lituânia – 4-1
10.06.2019 – Ucrânia – Luxemburgo – 1-0

3ª jornada

07.06.2019 – Lituânia – Luxemburgo – 1-1
07.06.2019 – Ucrânia – Sérvia – 5-0

2ª jornada

25.03.2019 – Luxemburgo – Ucrânia – 1-2
25.03.2019 – Portugal – Sérvia – 1-1

1ª jornada

22.03.2019 – Luxemburgo – Lituânia – 2-1
22.03.2019 – Portugal – Ucrânia – 0-0

Entry filed under: Desporto. Tags: , .

Prémio Nobel da Paz – 2019 O Pulsar do Campeonato – 4ª Jornada

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Outubro 2019
S T Q Q S S D
« Set    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.


%d bloggers like this: