NOVOS PAÍSES MEMBROS DA UNIÃO EUROPEIA – R. CHECA (I)

12 Abril, 2004 at 8:27 am 13 comentários

Entre os primeiros habitantes da região estiveram povos celtas Boji (de onde viria a designação de Boémia). Sucessivos movimentos de povos provocariam invasões da região da Boémia, destacando-se, no século V, várias tribos eslavas, desenvolvendo uma economia baseada na agricultura, construindo as características vilas circulares eslavas (.okroulice.).

A pacífica vida das tribos eslavas seria afectada no século VI pela invasão dos Ávaros, povo de origem desconhecida, que estabeleceria um império entre os rios Labe (Elba) e Dniepr.

Os Boémios e Moravos seriam submetidos ao domínio de Carlos Magno no século VIII, destruindo o Império Ávaro. O Reino Eslavo da Boémia estabeleceu-se com a lendária dinastia de Premyslidas no ano 800, gozando de considerável independência.

Cerca de 830, os Moravos formaram o primeiro Estado, que agruparia mais tarde, sob a Grande Morávia (incluindo o sul da Polónia e o oeste da Hungria), os Checos e Eslovacos, a qual viria a ser desmembrada com as invasões húngaras do século X, deslocando-se o domínio para a Boémia.

Em 863, o Imperador Miguel de Bizâncio enviava ao Grande Império Moravo Cyril e Methodius, introduzindo os ritos e a liturgia em idioma eslavo da Igreja Cristã do Oriente, sendo então adoptado o alfabeto cirílico. Em 885, com a morte de Methodius, arcebispo da Morávia, o Império Moravo caía sob a influência da Igreja Católica Romana, provocando que os checos e eslovacos adoptassem o alfabeto latino, diferenciando-se dos eslavos orientais.

No século X, estabelece-se o Principado da Boémia, em resultado da unificação das tribos Boémias. São Venceslau, grande difusor dos ensinamentos de Cristo, converte-se num símbolo do território checo, incluindo a Morávia, Silésia e uma parte da Eslováquia.

Em 1086, a Boémia convertia-se num reino conhecido como .Estados da Coroa Checa.. No século XI, seria submetido pelo império Germânico. Em 1198, estabeleceu-se um reino independente, integrante do Sacro Império Romano.

Mais tarde, com o Reinado de Otakar II (1253-78), a Boémia e a Morávia atravessariam um período de grande esplendor, estendendo-se os seus limites desde o Báltico até ao Mar Adriático.

O Imperador Carlos IV (1346-78) transferiria o centro do seu governo para Praga, fundando a primeira universidade na Europa Central.

A partir de 1471, governaria a dinastia polaca (sendo o território integrado no reino unido da Polónia e Hungria), até que, com Luís II (1516-26) se uniriam as coroas da Boémia e da Hungria. Em 1526, seria eleito o Rei Fernando da dinastia austríaca de Habsburgo. Os Estados da Coroa Checa integrariam o Império Austro-Húngaro dos Habsburgo até à I Guerra Mundial.

[1183]

Entry filed under: Novos países União Europeia.

REVISTA DA SEMANA EURO 2004 (XI) – 1972

13 comentários

  • 1. Ana [Lua]  |  15 Abril, 2004 às 2:35 pm

    Podias falar dos outros novos países da UE: como a Hungria!

  • 2. Ñ enteressa  |  18 Abril, 2004 às 10:12 pm

    Que bosta de site comoalguem pode acessar essa porra ñ devia ter acessado

  • 3. Jonas Skörzewski  |  28 Abril, 2004 às 3:16 pm

    quais são todos os países que integram a união européia?

  • 4. NeoMan  |  2 Maio, 2004 às 11:50 pm

    acho que a informação deveria ser muito mais actual, isto é o qualquer pessoa que goste de história sabe, mas economica, politica e socialmente nos dias que correm como é a R. Checa? actualizem-se

  • 5. Ludimilla  |  11 Maio, 2004 às 10:52 pm

    Acho que vcs deveriam falar sobre os cada novos países que está fazendo parte da União Européia, pois estou fazendo um trabalho e não encontrei nada neste site!!!

  • 6. catatrina  |  20 Maio, 2004 às 5:18 pm

    é pah…deviam era mas é flr dos novos países..pois não encontro nada sobre ixo!!!!e tenhu um trab. pa fazer!

  • 7. catatrina  |  20 Maio, 2004 às 5:19 pm

    é pah…deviam era mas é flr dos novos países..pois não encontro nada sobre ixo!!!!e tenhu um trab. pa fazer!

  • 8. José João C. M. F. Mendes  |  6 Julho, 2004 às 2:24 pm

    Tenho um trabalho para fazer e não encontro nada sobre todos os países actuais da U.E. neste site.

  • 9. Quero lá saber!  |  6 Julho, 2004 às 2:30 pm

    Não é para dizer mal, mas, podiam ter mais informação actual sobre o assunto.
    Eu acho que deveriam esforçar-se mais.
    Boa sorte no trabalho.

  • 10. clarissa  |  23 Setembro, 2004 às 3:05 pm

    serah q dah pra enrola menos e falar mais sobre os novos paises da UE??? eu tenho prova amnha!!!

  • 11. xana  |  6 Dezembro, 2004 às 7:38 pm

    podiam falar sobre os países da união europeia e as suas capitais tenho teste amanhâ e ainda não os sei todos faltam-me alguns.plese falem sobre eles! na sei se sabem mas nos tabem fazemos parte dela

  • 12. 888888888  |  12 Dezembro, 2004 às 11:51 am

    Karalho q site de merda , entrei p/ procurar uma cooisa e achri outra totalmente diferente

  • 13. willian  |  12 Janeiro, 2005 às 7:53 am

    epa este site tem muita pouca informacao podiam por mais informacao


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Abril 2004
S T Q Q S S D
« Mar   Maio »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

  • RT @ConstancaSa: E a comunicação social, Paulo, tira as devidas consequências? Ou ele são todos iguais e nós somos os arautos dos boas prát… 6 hours ago
  • RT @MundoMaldini: Justo triunfo del Valencia. Por muchas cosas. Sobre todo premio a la paciencia por aguantar a Marcelino en el momento crí… 6 hours ago
  • RT @pedro_sales: @jcaetanodias errado. dois para sporting, um para benfica e hipótese de um destes clubes vencer ainda a supertaça 2018/19. 6 hours ago

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.


%d bloggers like this: