Archive for 27 Abril, 2004

EURO 2004 (XXII) – 1980

GRUPO 1
Dinamarca – Irlanda – 3-3 / 0-2
Irlanda – I. Norte – 0-0 / 0-3
Dinamarca – Inglaterra – 3-4 / 0-1
Dinamarca – Bulgária – 2-2 / 0-3
Irlanda – Inglaterra – 1-1 / 0-2
I. Norte – Dinamarca – 2-1 / 0-4
Bulgária – I. Norte – 0-2 / 0-2
Inglaterra – I. Norte – 4-0 / 5-1
Bulgária – Irlanda – 1-0 / 0-3
Bulgária – Inglaterra – 0-3 / 0-2

1º Inglaterra (15); 2º I. Norte (9); 3º Irlanda (7); 4º Bulgária (5); 5º Dinamarca (4)

GRUPO 2
Noruega – Áustria – 0-2 / 0-4
Bélgica – Noruega – 1-1 / 2-1
Áustria – Escócia – 3-2 / 1-1
Portugal – Bélgica – 1-1 / 0-2
Escócia – Noruega – 3-2 / 4-0
Áustria – Portugal – 1-2 / 2-1
Portugal – Escócia – 1-0 / 1-4
Bélgica – Áustria – 1-1 / 0-0
Noruega – Portugal – 0-1 / 1-3
Bélgica – Escócia – 2-0 / 3-1

1º Bélgica (12); 2º Áustria (11); 3º Portugal (9); 4º Escócia (7); 5º Noruega (1)

[1248]

27 Abril, 2004 at 7:08 pm

CHIPRE DIVIDIDO

Esperando que seja “perdoada” esta “obsessiva insistência” com o Chipre, mas tenho que “lá voltar”…

Desta vez foram os cipriotas “gregos” que colocaram (mais) um entrave decisivo à reunificação do país (75 % de votos contra no referendo ao plano de reunificação proposto pela ONU).

E assim, com a adesão à União Europeia marcada para daqui a 4 dias, teremos esta originalidade de ter um novo Estado-membro cujo território está dividido em duas partes, apenas uma delas sendo reconhecida como integrando o espaço da União Europeia (precisamente a parte “cipriota-grega”…).

Desta forma, a famosa “linha verde” que separa as duas partes da ilha (uma espécie de “muro de Berlim”) passará a constituir a nova fronteira da União Europeia, ou seja, implicitamente, passa a “reconhecer-se a existência” do espaço (“exterior” à União Europeia) da República Turca do Norte de Chipre!… – o que sempre tinha sido negado até à data.

Pela sua parte, os “cipriotas-turcos” – provavelmente desejosos de abandonar as condições de “subdesenvolvimento” em que têm vivido nos últimos 30 anos -, votaram a favor desse referendo (65 %), o que, dados os resultados da outra parte da ilha, acabaria por se revelar “improdutivo”.

Não o entendeu assim (e bem, segundo me parece) a União Europeia, que decidiu contribuir com cerca de 260 milhões de euros para colocar termo ao isolamento em que têm vivido, continuando a percorrer o caminho que possa vir a permitir a (até agora bastante) complexa reunificação do país.

[1247]

27 Abril, 2004 at 12:38 pm

UMBERTO ECO – O PÊNDULO DE FOUCAULT (IX)

Só restava a calúnia, e aqui o rei tinha bom jogo. Boatos sobre os Templários, circulavam já há tempos…

Continue Reading 27 Abril, 2004 at 8:11 am


Autor – Contacto

Destaques

Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Abril 2004
S T Q Q S S D
« Mar   Maio »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.