Ranking histórico global – Competições europeias

3 Junho, 2019 at 5:30 pm Deixe um comentário

Ranking global - Competições Europeias
(clicar na imagem para ampliar)

Prestes a finalizar esta semana de “rankings”, a adicionar ao “ranking” global de provas organizadas pela UEFA, o quadro final que agora apresento agrega também os dados relativos à antiga Taça das Cidades com Feiras, competição precursora da Taça UEFA (criada em 1955, a par da Taça dos Campeões Europeus, com 13 edições disputadas até 1970-71, tendo dado origem na época imediata à referida Taça UEFA), pese embora não oficialmente reconhecida pelo organismo que superintende o futebol europeu.

Com esta “nuance”, os números mudam de figura, com o Barcelona, beneficiando das 9 épocas em que participou na Taça das Cidades com Feiras, a alcandorar-se ao lugar mais alto do pódio dos clubes europeus, suplantando, em número de jogos (557) e em total de pontos (754), o Real Madrid (clube que nunca disputou tal prova, pelo que soma, respectivamente, 533 jogos e 717 pontos, respeitando exclusivamente a provas disputadas sob a égide da UEFA), passando assim a superar também a marca dos 1.000 golos (totaliza 1.105), ampliando, paralelamente, o seu registo de troféus, de 14 para 17.

As posições relativas dos clubes portugueses mantêm-se estáveis, com o Benfica a passar ao 7.º posto em termos históricos globais, praticamente a chegar à fasquia dos 500 pontos (em que actualmente se posiciona o AC Milan), já próximo da contagem de 700 golos marcados; o FC Porto a manter a 12.ª posição; e o Sporting a subir ao 21.º lugar. No caso específico do Benfica, que conta com um total de 199 vitórias e 99 empates, fica a curiosidade de saber se chegará primeiro aos 200 triunfos ou à centena de igualdades.

As equipas do Barcelona e do Real Madrid são as únicas que conseguiram já transpor a barreira das 300 vitórias, com o Bayern com 260 triunfos até à data. Para além do Benfica, estão próximos de integrar o “clube dos 200”, também outros históricos, como o Inter, Manchester United e Ajax.

Em termos de número de temporadas com participação em competições europeias, o Real Madrid continua a liderar o pelotão, com 62, contando o Barcelona com 61, seguidos pelo Anderlecht, com 59 – sendo que este registo dos belgas será igualado, já daqui a dois meses, por Benfica e o Sporting (ambos, actualmente, com 58 épocas na Europa). Segue-se, imediatamente, o FC Porto, com 57 anos de presenças em provas europeias, o que lhe confere o estatuto de 6.º clube europeu neste escalonamento – sendo Portugal o único país com três representantes nesta elite.

A nível pontual, Espanha, Inglaterra e Itália (com a entrada da Roma) passam a contar, cada um, com 4 clubes no “Top 25” global, únicos países a superar os 3 clubes de Portugal.

Deste lote de 25 clubes mais pontuados no historial de 64 anos das competições europeias, o Brugge (precisamente o 25.º classificado) é o primeiro de entre os que nunca venceram qualquer dessas provas (finalista da Taça UEFA em 1975-76 e da Taça dos Campeões Europeus em 1977-78, em ambas as ocasiões desfeiteado pelo Liverpool).

Por países, contando também (para além do Barcelona) com o contributo do Valencia (2 vezes vencedor da Taça das Cidades com Feiras) e do Zaragoza, a Espanha reforça a sua posição dominante a nível de troféus conquistados (na globalidade dos 207 títulos já disputados), com um magnífico total de 57 títulos (38 finais perdidas), seguindo-se, nos postos imediatos: Inglaterra (41 títulos e 34 finais perdidas); Itália (38 títulos e 32 finais perdidas); Alemanha (18 títulos e 29 finais perdidas); Holanda (13 títulos e 9 finais perdidas); Portugal (8 títulos e 14 finais perdidas); e Bélgica (7 títulos e 8 finais perdidas).

Outros 15 países tiveram clubes em finais, com 25 títulos ganhos e 43 finais perdidas. O pior registo em termos de “rentabilidade de finais” é, de forma destacada, o da França (apenas 2 títulos em 15 finais disputadas).

Podem consultar-se aqui os rankings parcelares, por competição, que fui apresentando ao longo da última semana.

Entry filed under: Desporto. Tags: , .

Ranking histórico global – Provas da UEFA Clubes portugueses nas Competições Europeias – Taça das Cidades com Feiras

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Junho 2019
S T Q Q S S D
« Maio   Jul »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

  • RT @2010MisterChip: Esos son los cinco mejores de la historia para mi, pero no en ese orden. Para mí Cristiano merece estar en esa mesa de… 3 hours ago
  • RT @Jaimefmacias: Parece haber pasado algo desapercibido en este futbol tan convulsionado Messi recibió hoy su 6ta Bota de Oro. Salvo Crist… 3 hours ago
  • RT @PCMagalhaes: Espero que não tenhamos de esperar pelo dia em que uma maioria absoluta dependa dos 4 deputados dos círculos Europa e Fora… 22 hours ago

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.


%d bloggers like this: