Archive for 13 Outubro, 2013

U. Tomar – Centenário (III)

Centenario - 03

(“O Templário”, 10.10.2013)

Em partida a contar para a segunda jornada da “Liga Tomarense” dessa mesma época de estreia do União de Tomar na competição (1924-25), era anunciado:

«Hoje 23 [de Novembro de 1924] jogam em primeiras categorias o Victoria Foot-Ball Club contra União Foot-Ball Comercio Industria. Consta-nos que o Victoria traz para este encontro elementos de Vila Franca de Xira. O União pelo contrario joga este desafio com elementos de categoria inferior.»(1)

E, não obstante a prudência revelada na antevisão da partida, o União de Tomar viria mesmo a obter o que constituiria o primeiro triunfo da sua história em jogos de competições oficiais:

«União vence Victoria 1-0

Com regular assistência efectuou-se no passado dia 23, este encontro. O onze do União ia composto com 5 elementos de 2.as categorias e o Victoria reforçou a sua linha habitual com um guarda-rede e um medio centro de Vila Franca.

O dominio pertenceu sempre ao União, chegando a engarrafar o Victoria nitidamente nos primeiros 25 minutos da primeira parte, tempo em que remataram inumeras vezes às redes do Victoria, fazendo-o porem com muita infelicidade. O Vitoria conseguiu tambem algumas avançadas que nada resultaram, tendo beneficiado dum «penalty» que o guarda rede do União defendeu.

O União marcou mais um ponto que o arbitro sr. Manuel de Oliveira não validou. A arbitragem foi imparcial na 1.ª parte, o que não sucedeu na 2.ª.

Mostrou-se muito indeciso nas suas resoluções, taes como o não validar o «goal» do União quando não tinha apitado anteriormente para marcar a deslocação que depois marcou. Atendeu o juiz de linha, quando não devia, pois que a bola se encontrava já em jogo.»(2)

____________

(1) Cf. “Eco Sportivo”, 23 de Novembro de 1924
(2) Cf. “Eco Sportivo”, 7 de Dezembro de 1924

13 Outubro, 2013 at 12:00 pm Deixe um comentário

O pulsar do campeonato – 3ª jornada

Templario - 10-10-2013

(“O Templário”, 10.10.2013)

Após o desaire registado pelo União de Tomar no jogo inaugural do campeonato, revestia-se de crucial importância o desafio da terceira ronda, ante o Benavente, relevância acrescida ainda, em termos emocionais, pelo contexto associado a tal reencontro entre estas duas equipas, na sequência dos eventos da partida análoga da temporada passada, que haviam tido por consequência pesadas sanções disciplinares a vários dos jogadores unionistas, que se viram privados de actuar durante cerca de metade da época.

Assim, o desfecho do encontro do passado domingo, com o árduo triunfo do União de Tomar, por 3-2, poderá revelar-se determinante a nível motivacional, proporcionando ao grupo um sempre importante reforço de confiança e tranquilidade.

Isto a dar o mote para uma jornada repleta de golos – nada menos de 28 – ou seja uma fantástica média de 4 golos por jogo, sendo que U. Chamusca e Amiense em nada contribuíram para esta estatística, dado que o nulo não seria desfeito até final da partida em que foram opositores directos.

Nos restantes encontros, destaque para o triunfo do Fazendense no Cartaxo (4-2), assim como para alguma surpresa no empate a uma bola entre Mação e Coruchense. Também com bastantes golos, a igualdade entre Empregados do Comércio e At. Ouriense (3-3), e a vitória, também por 3-2, do Assentiz frente ao Pontével. Por fim, o Torres Novas, jogando em casa (por inversão da ordem de jogos sorteada), impôs o seu natural favoritismo, batendo a U. Abrantina por 3-1.

Desta forma, com três jornadas realizadas – mantendo-se em atraso o jogo da primeira ronda, entre U. Tomar e Torres Novas – começam já a perfilar-se alguns candidatos: Fazendense e Mação partilham o comando, com 7 pontos, enquanto Torres Novas (única equipa a somar só vitórias) e Pontével estão um ponto abaixo. Ainda sem perder, segue-se na pauta classificativa o o Amiense, com cinco pontos; Assentiz e U. Chamusca, que já experimentaram os três desfechos possíveis, fecham a primeira metade da tabela.

O U. Tomar reparte com o Coruchense (que também ainda não perdeu, contando empates em todos os jogos) o 8.º posto. Ainda sem qualquer vitória, de alguma forma surpreendentemente, seguem At. Ouriense e Cartaxo, com dois pontos; e, na cauda da classificação, apenas com um ponto, o trio formado por Benavente, Empregados do Comércio e U. Abrantina.

Na II Divisão Distrital, após a disputa da segunda jornada, o destaque vai para o At. Pernes (equipa que integra a série do União de Tomar na fase de grupos da Taça Ribatejo), U. Almeirim e Porto Alto, únicas equipas a vencerem os dois primeiros jogos. Ao invés, os históricos Alferrarede, Samora Correia e Rio Maior, assim como a outra equipa do município de Tomar, Sabacheira, foram derrotados nas duas partidas realizadas.

Da semana transacta – em desafio realizado em Torres Novas no passado dia 2 de Outubro – vem ainda a decisão da Supertaça Dr. Alves Vieira, com o Campeão Distrital da temporada anterior, Riachense, a conquistar o troféu, ganhando ao Amiense (detentor em título da Taça Ribatejo) por 3-1.

Mais acima na hierarquia futebolística, disputando o Campeonato Nacional de Seniores, tivemos, no passado fim-de-semana, mais um confronto directo entre duas equipas do Distrito, com o Fátima a receber e a golear por 4-0 (resultado que, aliás, já se registava ao intervalo) o Riachense. Por seu lado, o Alcanenense, recebendo o líder Mafra (única equipa das 80 concorrentes só com vitórias, após cinco jornadas – tendo o Boavista, que conta um jogo em atraso, ganho também os 4 jogos já realizados), não pôde evitar ser batido, não obstante pela margem mínima, de 0-1.

Nesta prova, que terá implicações directas no Distrital, uma vez que, caso haja alguma equipa do Distrito a descer, tal provocará a despromoção de equipas adicionais, em relação às duas últimas classificadas (que descerão automaticamente, para dar lugar às três que serão promovidas da II Divisão Distrital), o Fátima posiciona-se, para já, num bom 3.º lugar, com o Alcanenense num razoável 5.º posto. Com mais dificuldades, o Riachense reparte o último lugar com o Portomosense.

Na próxima jornada (quarta) do Distrital da I Divisão, o União de Tomar enfrentará uma tradicionalmente difícil deslocação até Amiais de Baixo (a última vitória unionista data já de Outubro de 2010), destacando-se também o confronto entre candidatos, em Torres Novas (que jogará o terceiro jogo consecutivo em casa), recebendo o Mação. O outro comandante terá, à partida, algum favoritismo no jogo ante o U. Chamusca (que, no entanto, já demonstrou ser capaz de surpreender em terreno alheio, como sucedeu em Benavente).

As equipas do At. Ouriense e Cartaxo, que se defrontam em Ourém, terão ensejo de procurar rectificar os maus resultados das jornadas iniciais; o mesmo acontece com o Benavente, favorito na recepção ao Assentiz. O Coruchense poderá alcançar o primeiro triunfo, jogando em casa com os Empregados do Comércio; por fim, em Pontével, não deverá ser fácil a tarefa da U. Abrantina, visando evitar novo desaire, que lhe poderia começar a provocar algumas dificuldades em termos de posicionamento na classificação.

(Artigo publicado no jornal “O Templário”, de 10 de Outubro de 2013)

13 Outubro, 2013 at 10:00 am Deixe um comentário


Autor – Contacto

Destaques

Benfica - Quadro global de resultados - Printscreen Tableau
Literatura de Viagens e os Descobrimentos Tomar - História e Actualidade União de Tomar - Recolha de dados históricos

Calendário

Outubro 2013
S T Q Q S S D
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Arquivos

Pulsar dos Diários Virtuais

O Pulsar dos Diários Virtuais em Portugal

O que é a memória?

Memória - TagCloud

Jogos Olímpicos

Eleições EUA 2008

Twitter

  • RT @alf_jons: Inacreditável que um clube se organize desta forma. O treinador só sabe que vai dar treino amanhã. Maior amadorismo não pode… 4 hours ago
  • Esta vitória do Benfica entra para a história: corresponde à 10.000.ª vitória das equipas visitadas, nos 19.104 jog… twitter.com/i/web/status/1… 5 hours ago
  • RT @AzevedoAlves: Uma abordagem bem mais razoável do que indignações patéticas para consumo interno ou teorias da conspiração absurdas. Pen… 5 hours ago

Categorias

Notas importantes

1. Este “blogue" tem por objectivo prioritário a divulgação do que de melhor vai acontecendo em Portugal e no mundo, compreendendo nomeadamente a apresentação de algumas imagens, textos, compilações / resumos com origem ou preparados com base em diversas fontes, em particular páginas na Internet e motores de busca, publicações literárias ou de órgãos de comunicação social, que nem sempre será viável citar ou referenciar.

Convicto da compreensão da inexistência de intenção de prejudicar terceiros, não obstante, agradeço antecipadamente a qualquer entidade que se sinta lesada pela apresentação de algum conteúdo o favor de me contactar via e-mail (ver no topo desta coluna), na sequência do que procederei à sua imediata remoção.

2. Os comentários expressos neste "blogue" vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião nem a concordância face aos mesmos do autor deste "blogue", pelo que publicamente aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me também o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional poderão ser também excluídos.